Alunos desenvolvem projeto que beneficia comunidades indígenas

A ideia dos alunos do 2º ano da escola estadual Raimunda Silva Pará era ajudar estudantes de localidades distantes da zona urbana de Rio Branco.

Por Agnes Cavalcante

Foi então que a turma decidiu criar um projeto voltado para a reutilização da água: o sistema de captação de água proveniente da precipitação (chuva) para as escolas indígenas.

O trabalho, elaborado para ser apresentado na edição 2018 da Mostra de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação do Acre – Viver Ciência, consiste na fabricação de um instrumento de bambu – planta utilizada na fabricação de diversos objetos como móveis, cestos e até na construção civil- que filtra impurezas existentes na água captada por meio da chuva.

Kétila da Silva Magalhães é professora de biologia e orientou os estudantes neste projeto. Para ela, o tema desta edição da Mostra influenciou a escolha por uma pesquisa direcionada aos povos da floresta. “Pensamos em retratar a situação da água e fizemos esse projeto relacionando os alunos indígenas com a dificuldade em obter água potável em comunidades distantes. O consumo de água não tratada acaba implicando na aprendizagem desse aluno indígena, que pode se contaminar ingerindo esse líquido, adoecer e perder o ano letivo”, diz.

A partir disso, foi criado um filtro biológico para tratar a água proveniente da chuva. Os materiais utilizados na fabricação do utensílio partem de recursos encontrados no próprio ambiente da floresta, como o próprio bambu, o algodão e o carvão.

 “Desenvolvemos esse filtro visando ajudar as crianças das aldeias indígenas, para que consumam água potável não só dentro da escola, mas também fora dela. Em nossas pesquisas, detectamos que em crianças de algumas aldeias estavam tomando água sem o devido tratamento, ocasionando a elas doenças como cólera e diarreias”, afirma Francisco Rian, de 16 anos, integrante do projeto.

A aluna da rede pública Jéssica Braga, de 17 anos, visitou o estande da escola e exaltou o trabalho, cujo objetivo primordial é melhorar a qualidade de vida nas comunidades indígenas. “Sabemos que em lugares afastados é muito comum a utilização de água da chuva para alimentação e outros afazeres, mas sem limpá-la. Com esse filtro é possível beber água da chuva sem correr o risco de adoecer por contaminação”, observa.

O processo de limpeza da água ocorre porque o bambu armazena a água e filtra a água, absolvendo 90% dos germes e bactérias. Os outros 10% são retidos no algodão. Já a brita e o carvão absolvem partículas menores. “É bom repetir esse processo mais de uma vez para garantir que a água realmente esteja limpa”, reitera a professora de biologia.

Viver Ciência 2018

A Secretaria de Estado de Educação e Esporte, a Universidade Federal do Acre – UFAC, o Instituto Federal do Acre – IFAC e todos os parceiros apresentam a 4ª Mostra Viver Ciência com uma programação que aposta na força jovem para a garantia de um futuro melhor. Trata-se de uma oportunidade para a troca de conhecimentos, estímulo à criatividade, valorização da experimentação, da ação investigativa, da atividade inovadora, de trabalhos interdisciplinares e da promoção da iniciação científica.

Urgente: Plantão 3 de Julho Notícias

Vereador Mário Jorge retorna ao Legislativo e vereador Valadares volta a suplência.

Tribunal Superior Eleitoral decide cancelar afastamento de Mário Jorge, Valadares volta a ser suplente. Mário Jorge retoma sua vaga de vereador.

Telejornal 3 de Julho Noticias 15ª Edição

Veja nesta edição do Telejornal 3 de Julho noticias, as prisões e apreensões que aconteceram na Fronteira, Prefeita de Brasiléia Fernanda Hassem e Vereadores participaram de reunião em comunidade rural, Vereador Alcione pedindo providências quanto aos caos infraestrutural em Epitaciolândia e outros.

Gestora é homenageada na VII Semana Acadêmica da FAAO

Entendemos que o bom profissional, que está em formação acadêmica, conhece o funcionamento de como são desenvolvidos os trabalhos na SGA.

Por Agnes Cavalcante

A secretária de Estado da Gestão Administrativa, Sawana Carvalho, foi homenageada nesta semana por alunos do curso de Tecnologia em Gestão Pública, durante a VII Semana Acadêmica da Faculdade da Amazônia Ocidental (FAAO). 

A homenagem se deu em reconhecimento à parceria público-privada entre as instituições, que proporcionou a centenas de estudantes a oportunidade de colocar em prática os conhecimentos adquiridos na sala de aula, no serviço público. 

A VII Semana Acadêmica, que se iniciou na segunda-feira, 27, fornece minicursos, palestras, mesas-redondas e workshop, abordando as temáticas principais dos cursos de graduação oferecidos na instituição. O evento oferece certificação para os inscritos.

“O Estado moderno exige uma nova geração de gestores públicos com o necessário conhecimento, habilidades, ampla visão, capazes de planejar, elaborar e gerenciar projetos públicos, assim como otimizar os serviços prestados à sociedade, pois esses serão os futuros gestores públicos do Acre. Entendemos que o bom profissional, que está em formação acadêmica, conhece o funcionamento de como são desenvolvidos os trabalhos na SGA”, declarou Sawana  Carvalho.

VII Semana Acadêmica

A VII Semana Acadêmica tem como objetivo proporcionar, de forma motivada, aos participantes do evento a realização de atividades acadêmicas complementares, com a experiência transdisciplinar, o que enriquece ainda mais a transformação dos que buscam uma educação de qualidade.

Urgente: Plantão 3 de Julho Notícias

Vereador Mário Jorge retorna ao Legislativo e vereador Valadares volta a suplência.

Tribunal Superior Eleitoral decide cancelar afastamento de Mário Jorge, Valadares volta a ser suplente. Mário Jorge retoma sua vaga de vereador.

Telejornal 3 de Julho Noticias 15ª Edição

Veja nesta edição do Telejornal 3 de Julho noticias, as prisões e apreensões que aconteceram na Fronteira, Prefeita de Brasiléia Fernanda Hassem e Vereadores participaram de reunião em comunidade rural, Vereador Alcione pedindo providências quanto aos caos infraestrutural em Epitaciolândia e outros.

Estudantes do Ifac ganha medalha de prata nas Olimpíadas Nacionais de História

A equipe disputou a final com mais 310 equipes representantes de todos os estados. Da região Norte, somente o Acre e o Pará conquistaram medalha.

Da sede do Instituto Federal do Acre (Ifac), em Cruzeiro do Sul, no interior do Estado, os alunos da equipe “Jesus, Maria e José” foram homenageados pelos colegas de aula e professores nesta segunda-feira (27). A equipe participou da X Olimpíada Nacional de História e conquistou a medalha de prata na competição.

Pela primeira vez, o Ifac levou três equipes, todas do Campus de Cruzeiro do Sul, para participar da fase nacional das Olimpíadas de História que foram disputadas em Campinas (SP), nos dias 18 e 19 de agosto.

O instituto disputa a competição desde 2015 e os professores avaliam que foi a experiência e a dedicação dos alunos que fizeram a equipe “Jesus, Maria e José” chegar à final e conquistar a medalha de prata para o Acre.

“São dez anos de Olimpíadas de História e de todos eu participei. E é um processo bem custoso, porque é muito estudo, muita produção de texto e análise de documento e os meninos crescem e aprendem bastante. Às vezes, me davam até umas lições”, avaliou a professora Blenda Cunha.

A equipe disputou a final com mais 310 equipes representantes de todos os estados. Da região Norte, somente o Acre e o Pará conquistaram medalha.

Para o estudante Igor Castro, a conquista é o resultado de muita dedicação, tanto dos professores, quanto dos alunos.

“Foi um trabalho muito árduo. Passamos semanas nos preparando para poder chegar à final, que é o que todo muito deseja, mas só tenho que agradecer aos professores Bráulio e Glenda pelo apoio que nos deram para chegarmos lá”, comemorou Castro.

A participação na Olimpíada ocorre entre equipes formadas de um professor e três alunos matriculados nos 8º e 9º anos do ensino fundamental e todos os anos do ensino médio. A competição é realizada em seis fases com provas online, com duração de uma semana cada.

As questões de múltipla escolha e realização de tarefas são respondidas pelos participantes por meio de debate, pesquisa em livros, internet e orientação do professor.

Telejornal 3 de Julho Noticias 15ª Edição

Veja nesta edição do Telejornal 3 de Julho noticias, as prisões e apreensões que aconteceram na Fronteira, Prefeita de Brasiléia Fernanda Hassem e Vereadores participaram de reunião em comunidade rural, Vereador Alcione pedindo providências quanto aos caos infraestrutural em Epitaciolândia e outros.

Estudantes de Rio Branco e Tarauacá se consagram campeões do FEC 2018

A noite do último domingo, 26, terminou com música e alegria na Concha Acústica Jorge Nazaré, no Parque da Maternidade.

Por Agnes Cavalcante

A final estadual do Festival Estudantil da Canção 2018 (FEC) deixou as arquibancadas lotadas de estudantes, professores, comunidade e familiares dos competidores.

Ao todo, 31 candidatos disputaram os troféus e medalhas do festival. O evento reuniu representantes de todos os municípios do Acre. Foram R$ 18 mil em premiação, distribuídos entre os vencedores das categorias Intérprete e Música Autoral.

“O FEC 2018 é uma construção coletiva. Envolvemos instituições públicas estaduais e municipais, além dos parceiros da iniciativa privada. É um momento de confraternização entre os estudantes da rede.

Nessa competição, temos a oportunidade de conhecer e incentivar o talento dessa juventude”, lembrou o secretário de Estado de Educação e Esporte, Marco Brandão.

Vencedores Estudante da Escola Djalma Batista, a campeã da categoria autoral foi Emika K-kaw. A jovem levou para a regional Tarauacá/Envira o cheque de R$ 4 mil e o troféu da competição.

“Até agora não estou acreditando que cheguei ao primeiro lugar, mas estou muito feliz. Quero continuar levando a Palavra de Deus por meio dos meus louvores e alcançando vidas”, disse Emika.

O vencedor na categoria intérprete é de Rio Branco. Fernando Oliveira ficou em quarto lugar na disputa realizada há duas semanas entre os estudantes da capital, mas se preparou bastante e levou para casa o troféu e o cheque da fase estadual do FEC.

“Ensaiei bastante e escolhi uma música um pouco difícil de cantar. A disputa foi bastante acirrada, muita gente boa cantando. Não esperava que o meu melhor fosse render o primeiro lugar, mas estou muito feliz com o resultado”, comemorou.

Festival Estudantil da Canção

Em sua fase estadual, o Festival Estudantil da Canção é uma realização do governo do Acre, por meio da Secretaria de Educação e Esporte (SEE), Fundação de Cultura e Comunicação Elias Mansour (FEM) e Assessoria Especial de Juventude (Assejuv).

Este ano o FEC conta com o apoio institucional da Fundação de Cultura Garibaldi Brasil (FGB) e da Secretaria Adjunta da Juventude (Sejuv).

Telejornal 3 de Julho Noticias 15ª Edição

Veja nesta edição do Telejornal 3 de Julho noticias, as prisões e apreensões que aconteceram na Fronteira, Prefeita de Brasiléia Fernanda Hassem e Vereadores participaram de reunião em comunidade rural, Vereador Alcione pedindo providências quanto aos caos infraestrutural em Epitaciolândia e outros.

Governo inaugura quatro novas escolas indígenas em Tarauacá

O investimento, superior a R$ 360 mil, vai beneficiar estudantes de aldeias localizadas ao longo dos rios Muru, Tauari e Tarauacá.

Por Agnes Cavalcante

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação e Esporte (SEE), entregou esta semana quatro novas escolas indígenas em Tarauacá. O investimento, superior a R$ 360 mil, vai beneficiar estudantes de aldeias localizadas ao longo dos rios Muru, Tauari e Tarauacá.

As novas unidades educacionais fazem parte da política de expansão e modernização da rede implementada pelo governo do Estado. Só este ano a SEE licitou a construção de dez escolas indígenas, beneficiando também comunidades de Feijó e Jordão.

Para o titular da SEE, Marco Brandão, esses investimentos representam o compromisso da atual gestão estadual com os povos tradicionais. “Desde 2011, construímos quase 80 novas escolas indígenas, num investimento de R$ 3,5 milhões de reais na educação e valorização da cultura dessas populações.”

As escolas inauguradas esta semana funcionam na modalidade multisseriada, atendendo alunos indígenas em dois turnos. O governo vai encerrar 2018 com a construção das últimas escolas indígenas. Obras de reconstrução, manutenção e reforma de unidades também estão sendo executadas.
Educação Indígena no Acre

O ensino nas aldeias atende em média cinco mil alunos todos os anos. Os professores que atuam na educação indígena são capacitados permanentemente, o que tem garantido a elevação nos índices de aprendizagem.

O governo mantém mais de 160 escolas indígenas e anexos funcionando. Houve expansão da rede para atender o aumento dessa população e a criação de novas aldeias.

Além das aldeias, as etnias ocupam outros espaços no âmbito da Secretaria de Educação e Esporte (SEE). É o caso do Centro de Estudo de Línguas (CEL), que realiza oficinas para ensinar à comunidade os dialetos falados por alguns povos acreanos.

Telejornal 3 de Julho Noticias 15ª Edição

Veja nesta edição do Telejornal 3 de Julho noticias, as prisões e apreensões que aconteceram na Fronteira, Prefeita de Brasiléia Fernanda Hassem e Vereadores participaram de reunião em comunidade rural, Vereador Alcione pedindo providências quanto aos caos infraestrutural em Epitaciolândia e outros.

Estudantes da Escola Djalma Teles conhecem trabalho do Bope

A iniciativa é realizada pelo Departamento de Policiamento Escolar, vinculado à Coordenadoria de Polícia Comunitária da PM.

Promover a integração entre a comunidade e instituições de segurança pública. Esse é um dos objetivos do Projeto Profissões da Segurança, que nesta sexta-feira, 24, promoveu a visita dos estudantes do sexto ano da Escola Djalma Teles, em Rio Branco, às instalações do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope).

A iniciativa é realizada pelo Departamento de Policiamento Escolar, vinculado à Coordenadoria de Polícia Comunitária da PM. À tarde, turmas da Escola Josué Fernandes também visitaram o posto policial da Polícia Rodoviária Federal, na BR-364.

Para Camila da Silva, 17 anos, a experiência foi positiva. “Meu sonho é ser delegada, e estar aqui hoje me aproximou desse sonho. Pude ver de perto como funciona o trabalho dos policiais, o que me deixou muito feliz.”

O projeto proporciona aos estudantes visitas às unidades e instituições que compõem o Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), para acompanhar a rotina de trabalho dos profissionais e manter contato direto com o operacional permanente a cada área de atuação.

“Nossa proposta é mostrar à sociedade os lados de parceria da Polícia Militar, que é amiga da comunidade. Ao mesmo tempo, propiciamos aos estudantes que almejam uma carreira como agentes das forças de segurança conhecimentos específicos sobre o nosso trabalho”, salientou o tenente Rui da Silva Costa.

Segundo o diretor da Djalma Teles, José Claudio Silva, a experiência gerou mais informação. “Há muita distorção sobre a função dos policiais, como se eles fossem apenas agentes de repressão. A visita ao Bope demonstrou que, na verdade, a polícia é parceira da comunidade.”

Telejornal 3 de Julho Notícias 14ª Edição

Veja mais uma edição do Telejornal 3 de Julho e saiba tudo o que anda acontecendo na nossa região e no estado do Acre, dentre os acontecimentos estão prisões, morte alheia de animal, denúncias do Vereador Alcione de Epitaciolândia e outros.

Ufac faz 9ª chamada para candidatos aprovados no Sisu 2018

Essa é a 9ª chamada do Sisu, edição 2ª/2018, conforme relação divulgada no site.

Foi publicada nesta sexta-feira, dia 24, pela Universidade Federal do Acre (Ufac), a classificação dos candidatos no processo seletivo para ingresso nos cursos de graduação da instituição, regulado pelo Edital no 17/2018, da Pró-Reitoria de Graduação. 

Os candidatos classificados nesta chamada deverão efetuar, nos dias 27 e 28 de agosto de 2018, no horário das 8h30min às 12 horas e das 14horas às 17h30min, a matrícula institucional, que compreenderá duas fases: um virtual e outra presencial, com a entrega de documentação necessária à efetivação da matricula.

A matrícula curricular deverá ser solicitada presencialmente, no período de 28 de agosto a 05 de setembro de 2018, na Coordenação de cada curso. Abaixo, o link para a pré-matrícula virtual, o edital e, ainda, a lista de convocados.

Edital de Convocação

Anexo I – Lista de Convocados

Link para a realização da pré-matrícula institucional: http://sistemas.ufac.br/sisu

Telejornal 3 de Julho Notícias 14ª Edição

Veja mais uma edição do Telejornal 3 de Julho e saiba tudo o que anda acontecendo na nossa região e no estado do Acre, dentre os acontecimentos estão prisões, morte alheia de animal, denúncias do Vereador Alcione de Epitaciolândia e outros.

Projeto ensina práticas ambientais para crianças da rede pública de ensino

Apostar na educação das crianças é plantar um novo amanhã. Com 87% de floresta nativa, o Acre desenvolve políticas de desenvolvimento sustentável.

É com esse conceito que a Escola Infantil Menino Jesus, em Rio Branco, desenvolve seu projeto de educação ambiental. Nesta quinta-feira, 22, os pequenos estudantes conversaram sobre meio ambiente e preservação.

Compreendendo a importância de compartilhar conhecimento com as crianças, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) apoia a iniciativa.

“É muito importante ensinar as crianças a respeitarem o meio ambiente. Hoje, falamos sobre os malefícios das queimadas. Esse conhecimento adquirido é dividido em casa, gerando a conscientização dos adultos, ao mesmo tempo em que forma cidadãos mais responsáveis”, frisou a chefe do Departamento de Qualidade Ambiental e Cidades Sustentáveis da Sema, Esmília Medeiros.

Além das rodas de conversa, música e brincadeiras, a escola municipal Menino Jesus trabalha com o cultivo de hortaliças. A horta é produzida e cuidada com o auxílio dos estudantes, que também ajudam na colheita dos alimentos.

Segundo o técnico de gestão pública Ledejam Ferreira, há seis anos o colégio desenvolve o projeto. “Todos os anos promovemos atividades com eles, que quando chegam em casa repassam à família como cuidar do meio ambiente, ter uma vida e alimentação saudável. Estamos formando cidadãos conscientes”, salientou.

Empolgada com a brincadeira e a conversa sobre floresta, animais e rios, a pequena Késia Carloine Coelho, de 4 anos, fez questão de partilhar suas ideias. “Meio ambiente é floresta. Nós temos que cuidar com amor, não pode queimar”, alertou.

Com 87% de floresta nativa, o Acre desenvolve políticas de desenvolvimento sustentável que asseguram melhoria da qualidade de vida, crescimento econômico e inclusão social, ao mesmo tempo em que garantem a preservação do planeta.

Telejornal 3 de Julho Notícias 14ª Edição

Veja mais uma edição do Telejornal 3 de Julho e saiba tudo o que anda acontecendo na nossa região e no estado do Acre, dentre os acontecimentos estão prisões, morte alheia de animal, denúncias do Vereador Alcione de Epitaciolândia e outros.

Escola de Brasiléia proporciona entretenimento e cultura à comunidade 

A arte de educar vai além do aprendizado dentro da sala de aula. A gestora da Escola, Alessandra Furtado, falou desse importante momento.

As práticas pedagógicas estão sempre voltadas para a criatividade e a inovação, visando um maior aprendizado e aproveitamento dos alunos.

A equipe da Escola Municipal Ruy Lino em parceria com a Prefeitura de Brasiléia através da Secretaria de Educação, inovou e inaugurou nesta quarta-feira, 22, a 1ª sessão de cinema dentro de uma escola municipal, o Cine Estrela, que também estará aberto à comunidade, com sessões todas as quartas e sábados, a partir das 20 h.

Além disso, também foi entregue à comunidade escolar, um espaço ao ar livre, destinado à prática da leitura, sendo de fundamental importância para os alunos.

A gestora da Escola, Alessandra Furtado, falou desse importante momento.

 “Estamos muito felizes com essa inovação em nossa escola, pois reconhecemos a importância do incentivo à cultura, leitura e o entretenimento. Organizamos tudo isso com muito carinho para os alunos e também para a comunidade que poderá desfrutar desse espaço agradável”.

A Prefeita Fernanda Hassem parabenizou toda a equipe por esse trabalho de cultura e cidadania ofertado aos alunos e a comunidade em geral.

“Sempre destaco a importância desse cuidado com as pessoas, dos detalhes, das ações que fazem uma grande diferença. É isso que vejo nesse projeto tão bonito, um incentivo à leitura e à cultura com muita criatividade. Gostaria de agradecer a equipe, em nome da professora Shanda Furtado pelo excelente trabalho. Isso é cultura e arte motivando a educação”, finalizou Fernanda Hassem.

Telejornal 3 de Julho Notícias 14ª Edição

Veja mais uma edição do Telejornal 3 de Julho e saiba tudo o que anda acontecendo na nossa região e no estado do Acre, dentre os acontecimentos estão prisões, morte alheia de animal, denúncias do Vereador Alcione de Epitaciolândia e outros.

Governo do Estado entrega Escola Rita Maia como a maior de Xapuri

A escola leva o nome de Rita Maia, professora que dedicou toda sua vida aos avanços da educação na cidade de Xapuri.

Foi com muita alegria que o governador Tião Viana entregou na manhã desta terça-feira, 21, as obras da Escola de Ensino Fundamental Professora Rita Maia, que, com 500 vagas, torna-se a maior unidade de ensino básico pública do município.

A escola, que trabalhará com sistema misto entre governo e prefeitura, atenderá crianças do 1º ao 9º ano, nos turnos da manhã e da tarde, num investimento do Estado de R$ 3,2 milhões por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

“É a maior escola, a mais bonita e cheia de esperança aqui, construtora de grandes futuros e destinos. Xapuri já gerou grandes nomes para o Brasil, tem uma história fantástica no meio da floresta amazônica e agora chegamos a uma escola com este investimento, que vai acolher essas crianças”, destacou o governador.

O conceito da escola traz todos os equipamentos pedagógicos necessários ao ensino, além de uma arquitetura moderna que valoriza a acústica, com biblioteca e espaço para brincadeiras e esportes. 

Celebrando conquistas

O governo de Tião Viana celebra chegar ao fim de sua gestão com uma grande escola inaugurada pelo menos a cada três meses e com diversas outras em obras quase prontas para entrega, como quatro na Cidade do Povo, em Rio Branco, além de construir cerca de 80 escolas indígenas no interior do Acre.

Esses investimentos marcam diversos avanços na educação ao longo de quase oito anos, como a implantação de dois colégios militares, a criação do programa Quero Ler para zerar o analfabetismo, o Instituto de Matemática, Ciência, Filosofia e Ética (IMCFE), o Centro de Estudo de Línguas (CEL) e a adesão de sete escolas ao sistema de Ensino Integral.

Com políticas públicas integradas, investimentos em infraestrutura física de escolas públicas e qualificação de professores, entre outras ações executadas pelo governo do Estado, o Acre se destacou com avanços nos indicadores de educação, como confirmam os números divulgados pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), que apontou o estado como o primeiro lugar da Região Norte no Ensino Fundamental I e II.

O secretário de Educação e Esporte, Marco Brandão, completa: “Aqui temos depositada a esperança de construção de pessoas melhores. De crianças que vão se tornar adultos e que serão grandes nomes para o país”.

Parceria

O prefeito de Xapuri, Bira Vasconcelos, esteve presente na entrega da escola e destacou a boa parceria que o governo do Estado tem realizado pelo benefício da população em sua gestão. Além da recuperação das vias urbanas e agora a entrega da maior escola do município, um investimento conjunto de R$ 7 milhões está sendo realizado na zona rural.

“Esse é o resultado de um compromisso muito bonito do governo do Estado com Xapuri. Estamos com investimentos na área produtiva, recuperação de ramais e faltando poucos meses para o fim de sua gestão, o governador Tião Viana não para de trabalhar”, relata o prefeito.

 

Telejornal 3 de Julho Notícias 14ª Edição

Veja mais uma edição do Telejornal 3 de Julho e saiba tudo o que anda acontecendo na nossa região e no estado do Acre, dentre os acontecimentos estão prisões, morte alheia de animal, denúncias do Vereador Alcione de Epitaciolândia e outros.