Mutirão de cirurgias eletivas é realizado em Sena Madureira

A equipe formada por médicos, cirurgiões, anestesista, enfermeiros e técnicos, já realizou no dia 14 deste mês o primeiro mutirão, atendendo 15 pacientes da fila de espera.

Com parte das ações para reduzir a fila de espera de cirurgias, o Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre), vem realizando uma série de mutirões de cirurgias eletivas em várias regionais.

Neste fim de semana está sendo realizado no Hospital João Câncio Fernandes o segundo mutirão de cirurgias de hérnia e vesícula, que visa reduzir a demanda da regional do Purus que abrange os municípios de Sena Madureira, Santa Rosa e Manoel Urbano.

Nos dois dias, 25 e 26, serão realizadas um total de 50 cirurgias. E o terceiro mutirão também de hérnia e vesícula já está com data marcada para os dias 7, 8 e 9 de setembro, atendendo 25 pacientes por dia. 

De acordo com Michael Kelles, Diretor geral do Hospital João Câncio Fernandes, de Sena Madureira, “Essas cirurgias além de reduzir a fila de espera, garantem maior acesso a população, pois se fossem realizados na capital, iria ser um custo para família e para o paciente, e sendo feitas aqui, o paciente além de não ter que se deslocar para longe, também fará todo o acompanhamento no próprio hospital”, explica.

O diretor do hospital acrescenta que o total de pacientes que estavam na fila espera na regional do Purus era de 140 pessoas, e a estimativa é que até o fim do ano, a fila seja zerada.

Telejornal 3 de Julho Notícias 14ª Edição

Veja mais uma edição do Telejornal 3 de Julho e saiba tudo o que anda acontecendo na nossa região e no estado do Acre, dentre os acontecimentos estão prisões, morte alheia de animal, denúncias do Vereador Alcione de Epitaciolândia e outros.

Obras do acelerador linear no Hospital do Câncer são concluídas

A boa notícia é a conclusão da obra, cujo termo de conclusão do espaço físico será entregue na próxima semana.

Tão esperado por pacientes da Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia do Acre (Unacon), o acelerador linear, aparelho de radioterapia utilizado em diversos tratamentos contra o câncer, entra na fase final de implantação.

Com a sala pronta para receber o acelerador linear dentro Hospital do Câncer, a implantação do dispositivo entra em uma nova fase, que, por ser complexa, é feita em etapas por engenheiros da empresa do fabricante.

O gerente administrativo da Unacon, Fernando de Abreu, explica que os engenheiros trabalham primeiro com a instalação mecânica do aparelho, para depois instalarem o software. Passada essa etapa, são realizados diversos testes no aparelho, inclusive por uma equipe técnica da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), responsável por fornecer a licença de operação do aparelho.

“Atualmente estão sendo feitas a montagem mecânica e a automação do ambiente, para depois realizar a habilitação de softwares, testes de funcionamento, testes de irradiação, treinamento da equipe técnica, testes e autorização da CNEN para o comissionamento do aparelho, o que deve levar aproximadamente dez semanas”, observa.

Foram R$ 8 milhões disponibilizados pelo Ministério da Saúde para a construção da sala e a compra do aparelho, que dispõe de alta tecnologia e é desenvolvido para emitir a radiação utilizada em diversos tratamentos para combater o câncer. A aquisição desse dispositivo vai permitir a ampliação da oferta, além disso, não será mais necessário encaminhar pacientes para o Tratamento Fora de Domicílio (TFD).

“A capacidade de tratamento da unidade vai triplicar. Técnicas mais modernas poderão ser aplicadas e os efeitos adversos do tratamento serão minimizados. Um ganho para os pacientes da Unacon”, ressalta Abreu.

Atualmente, cerca de 20 pacientes fazem radioterapia por meio do TFD em Porto Velho (RO), uma pactuação de serviços entre os governos do Acre e de Rondônia. A distribuição desses equipamentos no país pelo Ministério da Saúde foi pensada de maneira a atenuar a falta de vagas para radioterapia que existe em boa parte do Brasil e, assim, fornecer melhor assistência aos pacientes oncológicos.

Sobre o aparelho

O acelerador linear é um dispositivo utilizado dentro do serviço de radioterapia, que tem como função emitir a radiação utilizada em diversos tratamentos. As radiações emitidas por ele são os raios-x de alta energia ou elétrons acelerados (partícula beta) e ambos são provenientes do processo de conversão de energia elétrica em energia radiante. 

O aparelho direciona para a área que se deseja tratar. A radiação no tecido doente promove a destruição desse tecido. 

Telejornal 3 de Julho Notícias 14ª Edição

Veja mais uma edição do Telejornal 3 de Julho e saiba tudo o que anda acontecendo na nossa região e no estado do Acre, dentre os acontecimentos estão prisões, morte alheia de animal, denúncias do Vereador Alcione de Epitaciolândia e outros.

Ação de saúde traz pacientes do Juruá para exames na capital

Um total de 33 pacientes realizaram diversos exames no Hospital das Clínicas (HC), nesta semana.

Eles são da Regional do Juruá, e foram beneficiados por uma ação de apoio da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre), por meio das equipes da Regulação do Hospital Juruá e HC, e parceria do Corpo de Bombeiros.

A iniciativa visa reduzir a demanda reprimida da saúde municipal e agilizar procedimentos de alta e média complexidade que na maioria dos casos são realizados na capital. Os pacientes, entre adultos e crianças foram trazidos até Rio Branco em um ônibus cedido pelo Corpo de Bombeiros de Cruzeiro do Sul.

Exames como ressonância e tomografia com e sem contraste, eletroencefalograma e ecocardiograma foram alguns dos procedimentos realizados durante o mutirão, além do Bera, um exame para a avaliação auditiva com cerca de 10 crianças.

A meta é zerar a fila de espera por procedimentos como esses no Juruá já em setembro, quando uma nova ação é preparada para trazer novos pacientes até Rio Branco.

Debora Maia é mãe do pequeno Tomás, de cinco anos. A criança que é acompanhada pelo neuropediatra em Cruzeiro do Sul, aguardava ser chamado para fazer o exame auditivo há cerca de quatro meses.

“A viagem foi ótima, mesmo não sendo fácil se deslocar com criança pequena. Mas deu tudo certo e já estamos com o resultado do exame só para mostrar para a médica. Fico feliz em termos esse suporte do Estado por meio do Tratamento Fora de Domicílio”, conta a mãe.

Para o Secretário Estadual de Saúde, Rui Arruda, o objetivo é fazer com que cada vez se espere menos por exames, mesmo os pacientes que estão no interior do estado. “Esse tipo de ação permite que os nossos pacientes dos municípios possam ser atendidos com mais rapidez e qualidade. Não podemos deixar de lembrar da grande parceria com o Corpo de Bombeiros que nos cedeu o ônibus para o transporte dessas pessoas”, afirma.

Telejornal 3 de Julho Notícias 14ª Edição

Veja mais uma edição do Telejornal 3 de Julho e saiba tudo o que anda acontecendo na nossa região e no estado do Acre, dentre os acontecimentos estão prisões, morte alheia de animal, denúncias do Vereador Alcione de Epitaciolândia e outros.

Dia D de vacinação contra sarampo imuniza mais de 25 mil crianças no Acre

Com o objetivo de imunizar e garantir a saúde das crianças do Acre, no último sábado, 18, aconteceu o dia D de vacinação contra o sarampo e a poliomielite.

Por Agnes Cavalcante

Com o tema “Se tem infância, tem vacinação”, o dia nacional de mobilização foi uma ação para fortalecer o índice de vacinação em todo o Brasil.

No Acre, durante todo o dia, cerca de 180 postos ficaram em funcionamento, com o envolvimento de aproximadamente 700 profissionais reunindo esforços e trabalhando na imunização do público alvo da campanha, que são crianças de 1 a menos de 5 anos de idade.

O reflexo desse trabalho resultou na vacinação de 40% do público prioritário, o que equivale a aproximadamente 25,8 mil crianças. Ao todo já são 28,8 mil crianças vacinadas no estado.

“Apesar de não termos alcançado a meta estipulada pelo Ministério da Saúde, que era de 60% da vacina durante o dia D, o número de crianças vacinadas já é bastante satisfatório. Nosso objetivo é de vacinar 95% do grupo prioritário até o fim da campanha” diz Núbia Moreira, enfermeira da equipe do Programa Nacional de Imunização (PNI).

O foco maior da campanha é o sarampo, já que o Brasil vive um surto da doença, que não circulava no país desde 2001. Já são mais de 1,2 mil casos em todo o Brasil, sendo que sete pessoas já morreram. O Acre, que durante 18 anos não apresentou nenhum caso da doença, já totaliza quatro registros confirmados.

O sarampo é uma doença altamente contagiosa e que pode levar à morte e é transmitida por tosse, espirro e até mesmo pela fala. Vale lembrar que a única maneira de prevenção contra a doença é a vacina.

A boa notícia para os pais que não puderam levar os filhos para se vacinar durante o Dia D é que a vacina continua disponível nos postos de saúde de todo o estado. Lembrando que a vacina contra o sarampo protege também contra caxumba e rubéola.

Telejornal 3 de Julho Notícias 14ª Edição

Veja mais uma edição do Telejornal 3 de Julho e saiba tudo o que anda acontecendo na nossa região e no estado do Acre, dentre os acontecimentos estão prisões, morte alheia de animal, denúncias do Vereador Alcione de Epitaciolândia e outros.

Paciente deverá receber indenização por ser tratada com equipamento de 3ª

2ª Turma Recursal manteve sentença que condenou unidade de saúde a pagar R$ 4 mil de indenização por danos morais a paciente.

Os membros da 2ª Turma Recursal dos Juizados Especiais da Comarca de Rio Branco decidiram manter condenação de unidade de saúde a pagar R$ 4 mil de indenização por danos morais, por ter colocado paciente em risco de contaminação quando funcionários do hospital usaram máquina de outra pessoa para tratamento de hemodiálise no reclamante.

Na decisão, publicada na edição n°6.171 do Diário da Justiça Eletrônico, da quarta-feira (8), os juízes de Direito Marcelo Coelho, Gilberto Matos e Zenice Mota, seguiram, à unanimidade, o voto da juíza-relatora, Mirla Regina, para manter a sentença emitida pelo Juizado Especial da Fazenda Pública da Comarca de Rio Branco.

A juíza de Direito Mirla Regina registrou que houve “risco real de contaminação” e “temor em contrair doenças por meio do aparelho de outros pacientes”, por isso, houve “abalo psíquico” da paciente e configurou dano moral.

Recursos e Decisão

Ambas as partes entraram com pedido de reforma da sentença (Recurso Inominado n°0604904-72.2015.8.01.0070). A unidade hospitalar pediu o afastamento da condenação ou redução do valor arbitrado e a paciente buscou a majoração da indenização por danos morais.

A relatora do apelo enfatizou que “a sentença merece ser confirmada por seus próprios fundamentos”. Portanto, a magistrada votou por “negar-se provimento a ambos os recursos, condenando os recorrentes ao pagamento das custas e honorários advocatícios”.

Por tjac.jus

Mutirão de cirurgias em Sena Madureira beneficia mais de 140 pessoas

O governo do Estado realizou mais de 600 cirurgias em mutirões recentemente, com ações em Senador Guiomard e Brasileia.

O governador Tião Viana visitou nesta terça-feira, 14, em Sena Madureira, os pacientes internados para mais um mutirão de cirurgias realizado pelo Estado no Hospital João Câncio Fernandes.

Mais de 140 pessoas estão na fila cirúrgica de vesícula e hérnia de disco no município, com pretensões de ser zerada nos próximos dias.

Com o mutirão, em vez de precisar viajar, agora essas pessoas terão suas cirurgias na comunidade, cercadas dos familiares, podendo se recuperar em casa.

Tião Viana destacou que em sua gestão mais de duas mil cirurgias já foram realizadas no hospital de Sena Madureira e mais de 700 crianças nascem na unidade por ano. Além de vesícula e hérnia, a expectativa é zerar as cirurgias ginecológicas até setembro.

“Agradeço profundamente a toda a equipe de médicos, enfermeiros e técnicos, além de anunciar para o povo de Sena Madureira que estamos superando a fase de licitação e vamos contratar a empresa que vai reformar o hospital da cidade para atender todos os sonhos e necessidades da comunidade”, disse o governador.

Ainda serão feitos mutirões em Tarauacá e Cruzeiro do Sul. Se interessou pela pauta? Para mais informações, basta entrar em contato com a assessoria da Secretaria de Estado de Saúde.

3 de Julho Entrevistas 12ª Edição

Veja nesta edição a entrevista com o Vice-presidente da Câmara de Brasileia, Rozevete Honorato ele que vai contar um pouco da sua carreira política e também falará da sua experiência como vereador de primeiro mandato.

3 de Julho Entrevistas 12ª Edição

Nesta entrevista o vereador Edu Queiroz falou da sua trajetória  política, inclusive dos seus três mandatos seguidos em legislaturas anteriores, assista!!!!

Acre vacinou mais de três mil crianças contra o sarampo

A Campanha Nacional de Vacinação Contra o Sarampo e a Poliomielite foi iniciada oficialmente em todo o país no último dia 6. No Acre, o governo antecipou e desde o 30 de julho já realiza a campanha.

Atualmente o foco da campanha é o sarampo, doença infecciosa e extremamente contagiosa que atinge principalmente as crianças e pode ser transmitida por meio de gotículas do nariz, da boca ou da garganta da pessoa infectada, quando ela fala, tosse ou espirra. Seus sintomas incluem manchas no corpo e no rosto, coceira, febre e tosse persistente, entre outros, e se não cuidada pode levar até a morte.

Em 2016, o Brasil recebeu da Organização Pan-Americana da Saúde o certificado de eliminação da circulação do vírus. Todavia, a doença voltou e a saúde de todo o país tem reunido esforços para controlar e eliminar o vírus.

No país, já são mais de 1,1 mil casos confirmados. No Acre, após 18 anos sem nenhum caso da doença, dois registros tiveram a confirmação pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre). Para que esse numero não cresça, é de grande importância que os pais levem os filhos aos postos de saúde, já que a única maneira de prevenir a doença é a vacina (tríplice viral), que protege não só contra o sarampo, mas também contra a rubéola e a caxumba.

Segundos dados do Programa Nacional de Imunização do Acre (PNI), até o momento foram imunizadas pouco mais de três mil crianças, mas o objetivo é bem maior e tem como meta imunizar aproximadamente 63,5 mil até 31 de agosto, quando se encerra a campanha. Vale lembrar que o público alvo são crianças de um a menores de cinco anos.

“Não há outro método de prevenção que não seja a vacina. O número ainda é baixo, mas esperamos que os pais levem seus filhos até um posto ou centro de saúde mais próximo de casa e possa, com a vacina, proteger seu filho de uma doença que pode matar”, destaca Moisés Viana, diretor de Vigilância em Saúde da Sesacre.

3 de Julho Entrevistas 12ª Edição

Veja nesta edição a entrevista com o Vice-presidente da Câmara de Brasileia, Rozevete Honorato ele que vai contar um pouco da sua carreira política e também falará da sua experiência como vereador de primeiro mandato.

3 de Julho Entrevistas 12ª Edição

Nesta entrevista o vereador Edu Queiroz falou da sua trajetória  política, inclusive dos seus três mandatos seguidos em legislaturas anteriores, assista!!!!

Saúde divulga resultados preliminares de casos de sarampo no estado

A Secretaria de Saúde do Estado (Sesacre), informou em coletiva realizada na tarde desta sexta-feira, 10, dois casos com confirmação preliminar de sarampo no Acre.

Por Andrey Santana

“Estamos fazendo a divulgação de resultados preliminares positivos do sarampo, em que, dos 16 casos suspeitos, dois receberam confirmação preliminar, pois de acordo com o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde somente após o resultado feito pela unidade referência, que é a Fiocruz, é que se pode afirmar o resultado conclusivo da doença”, explica do diretor de Vigilância em Saúde da Sesacre, Moisés Viana.

O primeiro caso é de uma criança de nove meses que está internada no Hospital da Criança em Rio Branco, devido complicações respiratórias em decorrência da doença. O segundo é uma adolescente de 13 anos, do município de Capixaba que já está fora de risco de complicações. Ambas passaram por exames clínicos em que foi confirmada a doença pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen).

Com o planejamento da campanha nacional de vacinação contra poliomielite e sarampo, a secretaria já vinha realizando o alinhamento com as demais unidades de saúde estaduais e municipais para a forma de condução, em casos de suspeita da doença.

O diretor de Vigilância em Saúde, Moisés Viana, explica que as medidas de contenção são tomadas antes mesmo da confirmação do sarampo, por se tratar de uma doença altamente contagiosa.

“Todo caso suspeito é conduzido pela saúde estadual e dos municípios como um caso confirmado, por que o sarampo é uma doença altamente contagiosa, que se espalha muito rápido, ou seja, um profissional de saúde que atenda um paciente com suspeita de sarampo, imediatamente notifica esse caso, coleta a amostra para o exame que é feito no Lacen”, explica.

Viana completa que enquanto o resultado laboratorial é concluído, as equipes de saúde dos municípios realizam o bloqueio vacinal, “que é feito ao redor da localidade em que a pessoa com suspeita da doença reside, sendo vacinadas inclusive, crianças com mais de seis meses”, ressalta o diretor.

Há 18 anos o Acre não registrava nenhum caso de sarampo. Os pais precisam estar atentos à caderneta de vacinação das crianças para que essa doença não se torne um surto no estado.

Meta de vacinação

A campanha que teve início em 30 de julho tem a meta de alcançar 95% do público alvo que são crianças de até cinco anos de idade. O Ministério da Saúde enviou para o Acre um total de 73,3 mil doses de vacina contra o sarampo e 85,5 mil vacinas contra a poliomielite.

No Acre estão montados 185 postos fixos e móveis de vacinação, com 713  profissionais envolvidos . Sendo que o dia D da campanha será no dia 18 de agosto, em que as ações serão ainda mais intensificadas.

3 de Julho Entrevistas 12ª Edição

Nesta entrevista o vereador Edu Queiroz falou da sua trajetória  política, inclusive dos seus três mandatos seguidos em legislaturas anteriores, assista!!!!

Sesacre recebe doação de kits para instalação em Unidades de Saúde

Os kits serão instalados nas Unidades de Saúde, como UPA’s e hospitais.

Por Agnes Cavalcante

A Secretaria de Saúde do Estado (Sesacre) recebeu na manhã desta quinta-feira, 09, a entrega de 55 kits conversores e antenas digitais, realizado pela Seja Digital, instituição responsável por operacionalizar a troca de sinal de televisão analógico para o digital.

Os kits serão instalados nas Unidades de Saúde, como UPA’s e hospitais.

A partir da próxima terça-feira, 14, os municípios do Bujari, Senador Guiomard e Rio Branco, serão os primeiros, no Acre, a terem o sinal analógico desligado, sendo substituído pelo digital.

O porta-voz da Seja Digital, Cleber Meireles, destaca a ação e que objetivo é que a população não fique desassistida. “Os usuários poderão acompanhar por meio dos televisores as chamadas aos atendimentos pelo o qual eles esperam. Além disso, poderão assistir com mais qualidade de som e imagem as programações televisivas”.

O Secretário de Saúde, Rui Arruda, enfatiza a entrega dos kits realizado pela Seja Digital. “É importante nesse momento em que o sinal analógico deixará de ser disponível no nosso estado, e a Seja Digital nos ofereceu esses kits. Então, todas as nossas unidades serão digital e podendo acompanhar as emissoras de televisão”.

A Seja Digital é uma corporação não governamental e sem fins lucrativos, responsável por realizar a troca de sinal analógico para o digital nas televisões no país. Criado por determinação da Anatel e tem como objetivo garantir que a população tenha acesso ao serviço.

3 de Julho Entrevistas 12ª Edição

Nesta entrevista o vereador Edu Queiroz falou da sua trajetória  política, inclusive dos seus três mandatos seguidos em legislaturas anteriores, assista!!!!

Segunda fase da Operação Gota começa nesta sexta

A campanha começou dia 25 de julho e já atendeu mais de 25 comunidades rurais e quase três mil pessoas nas regiões do Juruá e Tarauacá/Envira.

Por Agnes Cavalcante

Teve início nesta sexta-feira, 3, no Aeroporto Internacional de Rio Branco, a segunda fase da Operação Gota, que tem por objetivo melhorar os índices de cobertura vacinal nas comunidades de difícil acesso.

Até esta segunda-feira, 6, a operação, que tem a participação de enfermeiros, técnicos de enfermagem, servidores das secretarias estadual e municipal de Saúde, militares do Ministério da Defesa e da Aeronáutica, entre outros profissionais, atende 20 comunidades rurais de Xapuri e Sena Madureira.

Durante a ação, são ofertadas todas as imunizações disponíveis pelo Sistema Único de Saúde (SUS), como vacinas contra sarampo, febre amarela e meningite, além de outras doenças que podem ser prevenidas, incluídas no Calendário Nacional de Vacinação e no Calendário Básico de Vacinação Indígena.

Com o apoio da Força Aérea Brasileira (FAB) a operação está sendo realizada no Acre e em outros estados da Região Norte, com o objetivo de garantir a atualização do calendário vacinal para as comunidades de difícil acesso.

De acordo a gerente de Imunização e Rede de Frios da Sesacre, Dora Holanda, a primeira etapa foi um sucesso. “Conseguimos atender comunidades de Feijó, Tarauacá, Jordão, Cruzeiro do Sul, Porto Walter e Marechal Thaumaturgo. Essa é uma ação de extrema importância para a promoção da saúde de quem mora em áreas de difícil acesso”.

Apoio

A força-tarefa é uma operação conjunta entre o Ministério da Saúde, Ministério da Defesa, Secretaria Estadual de Saúde do Acre (Sesacre) e municípios, e para alcançar as áreas de difícil acesso terá o auxílio de helicópteros da FAB.

A meta é alcançar as populações ribeirinhas, rurais e comunidades indígenas, imunizando cerca de quatro mil pessoas em 46 localidades rurais.