Presidente da Comissão de Relações Exteriores voltaram ao Acre

Novas estratégias deverão ser traçadas com a vinda do presidente da Comissão ao Acre.

Haitianos:

Haitianos:

Que o número de haitianos no Acre é alto todos já sabem. O que muitos não sabem é que este número não para de crescer. A situação é tão preocupante, que já repercutiu na imprensa nacional e internacional.

Em recente publicação, o colunista do jornal online O Povo, Leandro Mazzini, alerta que tal situação culminou com a vinda do presidente da Comissão de Relações Exteriores, senador Ricardo Ferraço, ao Acre:

“O presidente da Comissão de Relações Exteriores, senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES), voltará ao Acre para conferir a situação dos haitianos”.

O colunista destaca o grande número de haitianos em Brasileia – porta de entrada – e afirma que a situação é preocupante:

“Eles não param de chegar a Brasileia. E a situação é pior que antes: 800 moram sob tenda feita para 200”. Isso significa que, o número de haitianos no Acre é 300% maior do que o esperado. Informações como estas também colocam em cheque a situação destes imigrantes em terras acreanas: há um local projetado para um número x de imigrantes, e há um número deles 4 vezes maior vivendo no local.

Novas estratégias deverão ser traçadas com a vinda do presidente da Comissão ao Acre.

Agência ContilNet

A pousada vila Brasilia em Brasiléia foi invadida por sem tetos

A pousada foi construída em 2006, com uma estrutura de 13 chalés

ALEMÃO MONTEIRO

11A pousada vila Brasilia em  Brasiléia foi invadida por sem tetos as 06 Horas da manhã deste sábado,os invasores falam que  a vila Brasilia está abandonada pela administração municipal,eles não tem casa para morar;como a pousada está entregue as baratas decidimos tomar posse já que o poder publico municipal fecha os olhos como se nada estivesse acontecendo.

A senhora (Maria A.P.DE S.) fala ainda que não vão sair enquanto o prefeito não se manifesta com a situação,nós somos mais de 40 sem tetos e não vamos sair somos mães e pais de famílias temos nossos filhos e pasçamos necessidade não podemos mais pagar aluguel e o poder municipal não olha para nós que somos tão carente não temos empregos,como vamos dar um futuro para nossos filhos? se o Prefeito prometeu que se ganhasse as eleições iria resolver todos os problemas de Brasiléia mais a situação só está piorando,parece uma zona,não resolveram nada, desabafou a senhora Maria.      

A pousada foi construída em 2006, com uma estrutura de 13 chalés, piscina, parque infantil, quadra de areia e restaurante, graças a uma parceria entre Prefeitura de Brasiléia e Governo do Acre. Os recursos vieram da Suframa e Caixa Econômica Federal.

FOTOS ALEMÃO MONTEIRO

0102030405060789

Vereador Ofende Professora E Diz Que ‘Daria Um Couro’ Nelas

Vereador Mineiro Ofende Professora

vereador de sãoO vereador Pastor Altemar (PSDB), de Montes Claros (418 km de Belo Horizonte), fez ofensas e ameaças à professora Iara Pimentel durante entrevista à TV Câmara do município, realizada no último dia 26. O parlamentar estava irritado com as manifestações de protesto da docente em sessões da Câmara.

“Pense numa mulher desclassificada, sem caráter (…) ela vem inferniza, faz as manifestações. Se pudesse eu mesmo dava um couro nela. Pensa numa mulherzinha de baixo nível. É aquela Iara”, afirmou.

Em seguida, Pastor Altemar ataca a professora ao dizer que ela vai à Câmara porque quer “arranjar um marido”. “Tá aí, encalhada, e vem pra cá querendo arranjar um marido. Ou então tá interessada em algum vereador (..) É um lugar público, não é uma zona, um cabaré não. Eu vomito ela (sic).”

O caso provocou revolta nas redes sociais. A professora, que integra movimentos sociais que acompanham as sessões plenárias na Câmara, apresentou denúncia na Casa e pediu a cassação do parlamentar.

Na segunda-feira (9), a abertura de processo de cassação de Pastor Altemar foi rejeitada por 13 votos a nove. Agora, a Comissão de Ética analisa a conduta do vereador.

Do UOL, em São Paulo

Vídeo-Professor é Humilhado Pela gestão de André Hassem

O professor afirma que está sendo perseguido pela prefeitura por ter participado da paralisação

veja o vídeo com a palavra do professor

Na manhã dessa quarta-feira (11) durante reunião de pais e mestre da Escola Santa Fé, localizada na comunidade do Guajará, o professor Sebastião “MACUAPA” foi humilhado por funcionários da prefeitura de Epitaciolândia. Ele foi obrigado a pedir desculpas os Coordenadores: Francineide dos Santos Costa e Jose Rodrigues Furtado, por ter usado um termo pejorativo para classificar a conduta dos coordenadores.

O professor afirma que está sendo perseguido pela prefeitura por ter participado da paralisação dos funcionários da educação no mês de agosto, e de lá pra cá as perseguições não pararam. E por ter denunciado professores que recebem dobra sem trabalhar: “Há professores que tem dobra sem trabalhar só porque é puxa saco do prefeito”.

professorSebastião lecionava na Escola Castelo Branco, localizado no km 20, como represália foi lotado em outra escola contra a sua vontade, tendo que percorrer 72 km diariamente, e gastar parte de seu salário com combustível e manutenção de seu veiculo (moto).

Em uma audiência na Delegacia de Policia Civil de Epitaciolândia o professor Sebastião pediu desculpas aos coordenadores Francineide dos Santos Costa e Jose Rodrigues Furtado, os mesmo não aceitaram, disseram que só aceitaria perante reunião com a presença dos pais de alunos.

A Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação, Graça Rocha, foi até a escola para ver de perto a situação. Ao presenciar o ato, ela classificou como uma forma de humilhar o professor, haja vista, que tentou pedir desculpas na Delegacia e não foi aceito. “Estou estarrecida com que estou vendo aqui, isso é abuso de poder, isso não vai ficar assim”.

“È um ato de grandeza a pessoa admitir que errou.O fato de querer que ele pedisse desculpas perante aos pais, foi porque ele ofendeu em uma reunião de pais. Disse o coordenador Jose Rodrigues.

70% da população do Acre aprova governo Tião Viana

A pesquisa foi realizada a pedido da Confederação Nacional da Indústria

(Foto: Sergio Vale/Secom)

(Foto: Sergio Vale/Secom)

Da redação com informações da CNI

Pesquisa realizada pelo Ibope, a pedido da Confederação Nacional da Indústria – CNI, mostra que 70% da população acreana aprova a maneira de governar de Tião Viana. A pesquisa foi realizada entre os dias 23 de novembro a 02 de dezembro, e ouviu 15.414 pessoas com mais de 16 anos de idade, em 727 municípios de todo o país.

Segundo verificou o Ibope, o governo Tião Viana aparece com 70% de aprovação, ao lado dos governadores do Amazonas, Omar Aziz (PSD) com 84%, e de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB) com 75%.

No quesito confiabilidade, Tião Viana sobe para o segundo lugar. Se tornando para 66% dos entrevistados o mais confiável do Brasil. No Acre apenas 3% das pessoas abordadas não quiseram opinar, o menor índice de todo o país. O que demonstra ainda mais a força dos números apresentados para o governo acreano.

A pesquisa também mostrou a avaliação do governo da presidente Dilma Rousseff e apontou que a aprovação do mesmo subiu para 43%. No último levantamento, divulgado em setembro deste ano, o índice era de 37% para ótimo; 39% regular; 22% ruim ou péssimo; e 1% dos entrevistados não souberam ou não responderam à pesquisa.

A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

Suely Melo desmente prefeito de Porto Acre sobre saúde no município

Suely afirmou que o governo do Estado investe mais de R$ 600 mil por ano.

Álefe Souza

Suely Melo desmente prefeito de Porto Acre sobre saúde no município

Suely Melo desmente prefeito de Porto Acre sobre saúde no município

A secretária de Estado de Saúde, Suely Melo, rebateu, nesta quinta-feira, 12, as acusações do prefeito de Porto Acre, Antônio Carlos Portela, de que estariam faltando medicamentos na rede básica de saúde do município. De acordo com as declarações do prefeito à imprensa, o Estado não estaria repassando o valor que o Ministério da Saúde (MS) estabelece para os municípios, referente à compra de medicamentos.

Suely afirmou que o governo do Estado investe mais de R$ 600 mil por ano, com ações de exclusiva responsabilidade municipal. “O Estado arca com as despesas de três médicos, seis agentes de vigilância em saúde, medicamentos. Somente neste ano, foram repassados, aproximadamente, R$ 10 mil em medicamentos, além de ter disponibilizado um carro e seis motos para a vigilância em saúde, pagando, ainda, as despesas com manutenção de veículo e combustível, mesmo sendo responsabilidade do município”, explicou. 

De acordo com a secretária, o MS repassa o valor de R$ 5,10 por habitante, ao ano, para o município, cerca de R$ 75 mil anuais. De acordo com a legislação, a prefeitura deve investir R$ 1,87 per capta por ano, de recursos próprios, em um total de, aproximadamente, R$ 27 mil anuais. Somado a esse recurso, o governo do Acre deve investir igual valor em contribuição ao município. Recursos estes que deverão ser repassados aos municípios, provavelmente, ainda neste ano.

“O Estado deve recursos da farmácia básica para o município de Porto Acre, mas, se formos realizar um encontro de contas entre o que é gasto com medicamentos, insumos, combustível, pessoal, o município teria que devolver mais de meio milhão de reais por ano, ao Estado. Então, o prefeito não pode responsabilizar o governo do Estado por suas dificuldades de gerir o município”, finaliza Suely.

Governador do Acre fica em 3º lugar na avaliação, diz pesquisa CNI/Ibope

Governador do Acre fica em 3º lugar na avaliação entre os Estados, diz pesquisa CNI/Ibope

Governador Tião Viana

Governador Tião Viana

Escrito Por Uol

Na pesquisa sobre governos estaduais, o segundo pior avaliado é o governador do DF, Agnelo Queiroz (PT), com 9%. Sérgio Cabral (PMDB), governador do Rio de Janeiro, tem 18% e é o terceiro com a pior avaliação, empatado com o governador do Amapá, Camilo Capiberibe (PSB). O governador do Pará, Simão Jatene (PSDB), com 22%, e o Mato Grosso, Silval Barbosa (PMDB), com 23%, ocupam a quarta e a quinta colocações, respectivamente. 

Cabral teve a pior avaliação (12%) entre os 11 Estados na pesquisa do CNI/Ibope divulgada em 25 de julho. O levantamento também analisou o impacto das manifestações sobre a avaliação de governadores.

Rosalba e Agnelo também têm a pior colocação na avaliação da maneira de governar, com 13% e 16%, respectivamente. Capiberibe tem 26% e é o terceiro entre os mais mal avaliados.

Também apresentam os piores índices de confiança na pesquisa Rosalba, Agnelo e Capiberibe, com 11%, 13% e 25%, respectivamente.

Topo da lista
O governador do Amazonas, Omar Aziz (PSD), é o mais bem avaliado na pesquisa, com 74% de aprovação. Em segundo lugar, vem o presidenciável Eduardo Campos (PSB), governador de Pernambuco, com 58%. O terceiro mais bem avaliado é o governador do Acre, Tião Viana (PT), com 55%.

Os governadores do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), e do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), estão empatados na quarta colocação, com 49%.

Aziz também tem a melhor avaliação na maneira de governar, com 84% de aprovação. Campos ocupa o segundo lugar, com 76%, e Viana, a terceira, com 70%.

Deputados aprovam orçamento de R$ 5,3 bilhões em sessão

O projeto de lei 73/2013 do Poder Executivo com 16 votos favoráveis e seis votos contrários

asDa redação, com ac24horas

Os deputados estaduais aprovaram em sessão coruja na noite desta quinta-feira (12), na Aleac, o projeto do orçamento de 2014, que prevê uma receita de R$ 5.331.877.449,95 – tendo um crescimento de 3,97% em relação a 2013. Os parlamentares divergiram e debateram acaloradamente suposta inconsistência nos números apresentados nos anexos da lei do governo do Acre.

A surpresa da noite ficou por conta do posicionamento do governista Luis Tchê (PDT), que se posicionou e votou contra o projeto orçamentário do governador Sebastião Viana (PT), alegando desequilíbrio nas despesas que não estariam batendo com a receita. Tchê considerou que os secretários de Estado teriam preparado um tipo de pegadinha para ridicularizar os deputados.

O projeto de lei 73/2013 do Poder Executivo com 16 votos favoráveis e seis votos contrários de Major Rocha (PSDB), Antonia Sales (PMDB), Chagas Romão (PMDB), Luis Tchê (PDT), Toinha Vieira (PSDB) e Gilberto Diniz (PTdoB), que justificaram que não iriam assinar um cheque em branco ao concordar que o governo remaneje 30% do orçamento como achar conveniente.

A maior fatia do bolo ficará com a área de educação, que tem previsão orçamentária de R$ 930,7 milhões – seguida pela Saúde, com R$ 678,1 milhões. Luis Tchê questionou que os percentuais de repasse estariam em desacordo com o que estabelece a Constituição Estadual. “O governo não está cumprindo com a Constituição que diz que tem que investir na saúde e na educação”, diz Tchê.

Os deputados que votaram contra o orçamento questionaram a falta de tempo para analisar a peça orçamentária. De acordo com Major Rocha e Luis Tchê, os quatro volumes com mais de 2.500 páginas teriam chegado à Casa, apenas dois dias antes de o projeto ser votado, impossibilitando que os deputados pudessem debater. Eles reclamam ainda que não participam da elaboração do projeto.

O relator do projeto Geraldo Pereira (PT) disse que concordava com a falta de tempo para analisar a matéria, mas discordava que os números não estavam corretos. O petista admitiu que “pode ter acontecido algum erro de soma em alguns dos volumes do anexo, mas a conta aqui está fechando”, destacou ao informar que não teve tempo para analisar todos os volumes.

O deputado Luis Tchê informou que no mês de fevereiro apresentará um estudo mostrando os equívocos cometidos na elaboração do orçamento. Ele questionou a falta de profissionais na Casa, para analisar os projetos apresentados pelo governo do Acre. “É preciso contratar técnicos para puder discutir o orçamento. Nós precisamos qualificar esta casa”, finaliza.

Governador Tião Viana Parabeniza Vereador Carlinhos Do Pelado

Lealdade: Governador Tião Viana Parabeniza Vereador Carlinhos Do Pelado Pela Dedicação A Frente Popular Em Brasileia

Tião Viana Parabeniza Vereador Carlinhos Do Pelado Pela Dedicação A Frente Popular Em Brasileia

Tião Viana e Vereador Carlinhos Do Pelado Pela 

Almir Andrade

Na manhã desta quinta-feira 12,  o Governador Tião Tiana veio a região do Alto Acre, onde realizou várias atividades.

Na oportunidade agradeceu o trabalho do Vereador Carlinhos do Pelado do PSB, pelos relevantes serviços junto a população,  já que o vereador é um dos que mais faz reivindicação de melhorias para a população de Brasileia.

Tião Viana, agradeceu em publico o parlamentar. Em pronunciamento  Carlinhos agradeceu o Governo do Estado, pelos investimentos para a região do Alto Acre, em especial ao município de Brasileia. ” Esse mandato de vereador é do povo e sempre vou trabalhar para dá melhores dias para essa população tão sofrida de Brasileia”, disse Carlinhos.

ETA II : Brasiléia Ganha Segunda Estação De Tratamento De Àgua

Com recursos próprios oriundos da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), 

Governador ressalta como o abastecimento de água é importante, principalmente na saúde da população (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Governador ressalta como o abastecimento de água é importante, principalmente na saúde da população (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Num dia que entrou para a história de Brasileia, o governador Tião Viana inaugurou na manhã desta quinta-feira, 12, a Estação de Tratamento de Água II do município (ETA II), que abastecerá não só toda a cidade, como em breve também parte da vizinha Epitaciolândia. Com capacidade de tratar 90 litros de água por segundo, a ETA é sozinha capaz de dar conta da necessidade de água de Brasileia pelos próximos 20 anos.

Com recursos próprios oriundos da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), o investimento na ETA feito pelo Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa) foi de mais de R$ 2 milhões. “Esse é um avanço verdadeiro na qualidade de vida da população de Brasileia. Com água limpa e de qualidade chegando às suas casas, a saúde melhora, as crianças ficam menos suscetíveis a doenças e a população tem apenas a comemorar”, ressalta o governador Tião Viana.

Segundo o diretor do Depasa, Felismar Mesquita, a ETA não foi o único investimento. “Com o programa Ruas do Povo, aumentamos em 20 quilômetros a rede de distribuição de água de Brasileia. Já estamos fazendo licitação para aumentar a rede até Epitaciolândia, além do programa de abastecimento ser 24 horas por dia”, completa.

Para moradores de Brasileia como Francisco Artrolos, o município está vivendo um novo momento. “Hoje Brasileia é outra. A gente carregava água na carroça de boi. Agora eu estou com ela chegando em casa. Eu tenho muito a agradecer ao governador”, conta o morador.