Erros da equipe de Everaldo convocar Ver. A 3 sessões extraordinárias

Erros Da Equipe De Everaldo Faz Prefeitura De Brasiléia Convocar Vereadores A Três Sessões Extraordinárias

Chiquinho Chaves

MAIS ERROS DE EVERALDO DO PMDB

Na manhã desta segunda-feira 10, a Câmara Municipal de Brasiléia foi convocada pela terceira vez em caráter extraordinário para apreciação e aprovação do orçamento do município.

O vereador Presidente Mário Jorge (SDD), disse que o primeiro orçamento enviado para a Câmara apresentava algumas irregularidades.”O Executivo apresentou um orçamento com erros, correndo o risco de comprometer o nosso município, e nós na qualidade de vereadores, eu a vereadora Erizete e a Vereadora Fernanda Hassem tivemos o cuidado de ir até Rio Branco no Tribunal de Contas do Estado ( TCE), para buscar informações para que não prejudique o município”, contou.

Mário Jorge comenta ainda que o TCE alertou não haver possibilidade de perca de recurso relacionado a emendas parlamentares conforme foi ventilado, caso os vereadores não votassem o dito orçamento na segunda Sessão Extraordinária.”

A vereadora Petista Fernanda Hassem pontuou que a dita sessão extraordinária é uma seqüência da outra que foi convocada no sábado de carnaval tratando do orçamento municipal, para ela, agora as coisas tendem a caminhar corretamente passando pelas comissões.

Fernanda aborda ainda que foi detectado tantos pelos vereadores como por técnicos da prefeitura um desequilíbrio entre Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a  Lei Orçamentária Anual (LOA). “Uma coisa é ajustar esse desequilíbrio e outra coisa é o que foi detectado, nos enviaram um novo orçamento, e precisa ser analisado criteriosamente, estudar o projeto e ajudar como sempre fizemos”, disse.

Os vereadores oposicionistas no município conseguiram abrir mais uma vez os olhos da atual administração ao justificar que haviam erros no projeto encaminhado por Everaldo Gomes, e o projeto passa agora a ser estudado pelas comissões da Câmara Municipal de Brasiléia, para posterior aprovação.

Vereador É Investigado Por Usar Cargo Em Troca De Sexo

Diálogos pornográficos no Facebook mostram Alexandre Gomes negociando emprego

Por=Isabella Lacerda e Lucas Pavanelli

Diálogos pornográficos no Facebook mostram Alexandre Gomes negociando emprego

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) instaurou novo inquérito para investigar o uso do cargo público pelo vereador de Belo Horizonte Alexandre Gomes (PSB) em troca de favores sexuais. É a segunda vez que o parlamentar é alvo da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público pelo mesmo motivo. Em setembro do ano passado, o socialista foi denunciado à Justiça por prática de improbidade administrativa ao empregar uma mulher na Regional Noroeste da prefeitura.

Dessa vez, a promotoria recebeu nova denúncia que aponta um possível envolvimento do vereador com outras 18 mulheres. Em grande parte das conversas, obtidas com exclusividade por O TEMPO, o parlamentar, por meio de seu perfil no Facebook, aparece em diálogos pornográficos enquanto negocia vagas de emprego na Câmara e em outros órgão públicos da capital (Veja arte ao lado).

Apuração. A Promotoria de Defesa do Patrimônio Público começou a apurar a denúncia neste ano. Até o momento, uma mulher foi ouvida e confessou ter conseguido uma entrevista de emprego após trocar mensagens com o vereador. Outra será interrogada nos próximos dias.

No alvo

Benefícios. O MPMG quer saber se as mulheres conseguiram o emprego prometido. A data em que as conversas ocorreram ainda é desconhecida, mas os prints ocorreram entre 2012 e 2013.

Colunista Propõe Prêmio Pinochio Do Ano Para Márcio Bittar

Pelas Mentiras: Colunista Propõe Prêmio Do Ano Para Márcio Bittar

Coluna Poronga

Pelas Mentiras a marcio

Deputado Marcio Bittar (PSDB) é candidato a “Pinóquio do Ano”. Disse na quinta-feira, no programa Gazeta Entrevista, que todos sabem que ele defendeu “a vida inteira” a aliança contra os petistas e comunistas.

Só pra relembrar

Bittar crê que na memória curta do eleitor. E que por isso tenha esquecido que ele, antes de tentar a prefeitura de Rio Branco pelo PPS em 2004, esteve na aliança com a Frente Popular do Acre, em defesa das candidaturas majoritárias do PT.

Aprendiz de comunista

Outra mentira do deputado tucano é que tenha combatido (“a vida toda”) os comunistas. Até outro dia, filiado ao PPS de Roberto Freire, ele se jactava de ter estudado na extinta União Soviética.

Somos parvos?

Mas bastou pousar no ninho tucano, o deputado Marcio Bittar se apressou em apagar seu currículo escolar e histórico político, como se os eleitores acreanos fossem parvos.

É cada uma…

O parlamentar tucano também teve o desplante de dizer que a interdição da BR-364, no trecho submerso pelo Rio Madeira, deu-se por responsabilidade dos governos do PT.

Ilações vigaristas

Marcio Bittar quer porque quer estabelecer uma ligação entre fenômenos climáticos e qualidade das obras de infraestrutura, pois assim poderia responsabilizar o atual governo pela cheia do Rio Madeira. Mais cara de pau que isso impossível, não é mesmo?

Um exemplo para aclarar

Para informação de Bittar, o tsunami que se abateu sobre o Japão e arrasou cidades litorâneas serve de exemplo. Mas se o tucano fosse político no Japão ele colocaria a culpa da tragédia nos governos locais ou no primeiro-ministro japonês?

Era só o que faltava

Na impossibilidade de responsabilizar São Pedro pelo excesso de chuva, que causou a maior alagação de Rondônia nos últimos cem anos, o deputado tucano precisa arrumar um responsável pela tragédia.

Eleitor esperto

Mas a mania de alguns de se acharem muito espertos pode esbarrar na constatação de que o eleitor não engole qualquer balela.

Cadê o projeto?

Enquanto Marcio Bittar perde tempo em arrumar ligações inexistentes entre um fenômeno climático e os governos de Tião Viana e Dilma Rousseff, deveria se preocupar em elaborar um projeto de governo para o Estado, já que até hoje não apresentou nenhum.

jornal pagina20

Sibá Machado Diz Que Código De CT&I” Está Pronto Para Ser Votado.

Novo marco para a ciência está pronto para ser votado em comissão especial. 

Novo marco para a ciência está pronto para ser votado em comissão especial

O projeto (PL 2177/11) do Código Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação já está pronto para ser votado pela comissão especial criada para analisá-lo. A proposta deverá compor o novo marco para a ciência no País.

O substitutivo ao texto orignal do deputado Bruno Araújo ( (PSDB-PE) foi apresentado em outubro do ano passado pelo relator, deputado Sibá Machado (PT-AC), depois de várias rodadas de discussões com o governo e empresas de pesquisa, privadas e públicas, que participaram de audiências e seminários promovidos pela comissão.

Segundo Sibá Machado, a ideia é criar ambientes cooperativos e de geração de produtos inovadores. O caminho encontrado pelo relator passa, por exemplo, pela polêmica flexibilização do regime de dedicação exclusiva de pesquisadores vinculados a entidades públicas. Pela proposta, o pesquisador que for servidor público poderá trabalhar para uma empresa privada por até 416 horas ao ano, o equivalente a cerca de 7 horas semanais. Este ponto encontrou resistências no governo, mas Sibá Machado explica que o diálogo avançou.

“Conseguimos já. De certa forma está praticamente acertado, só estamos decidindo ainda o banco de horas. O governo só aceita 260 horas e nós estamos querendo avançar para 416, que é a média da Europa, Japão, China, Estados Unidos. Todos usam esse banco de 416 horas para o pesquisador público trabalhar em outra empresa. Então, acreditamos que isso está praticamente acordado.”

Sibá Machado apontou ainda outra questão a ser resolvida: o acesso à biodiversidade.

“O medo é a biopirataria legalizada, uma coisa sem controle. A rigidez é tamanha que hoje um pesquisador que precisa de uma amostra viva para fazer um doutorado ou um mestrado quando vai ter a licença para poder ter acesso a essa amostra o mestrado ou o doutorado já estão, praticamente, se encerrando.”

O texto também busca simplificar procedimentos de contratação, de compras e de importações. O deputado Sibá Machado observa que o objetivo é reduzir o esforço e o risco administrativos associados a projetos de pesquisa. Conforme ressaltou, ao fazer uma aquisição, o pesquisador se submete à mesma legislação de licitação aplicada a gestores como prefeitos e governadores, o que constantemente atrasa o andamento dos trabalhos.

O relator disse ainda que outro ponto importante é a criação de um mecanismo para incentivar micro e pequenas empresas a investirem em inovação tecnológica. Segundo ele, não se trata de subsídio para compor o capital da empresa, mas sim um investimento na pesquisa.

Sibá Machado lembrou ainda que dados do Ministério do Desenvolvimento Econômico revelam que o Brasil poderia economizar US$ 85 bilhões em importação de produtos que não são fabricados internamente justamente por falta de tecnologia.

Depois de aprovado na comissão especial, o projeto do Código Nacional de Ciência segue para votação em Plenário.

 

Petecão Deve Abandonar Bocalom E Juntar-Se Ao Grupo De Bittar

Curiosamente, Petecão defendia a estratégia de várias candidaturas da oposição

Chiquinho Chaves

Curiosamente, Petecão defendia a estratégia de várias candidaturas da oposição

Após perceber que sua pré-candidatura ao governo do Acre não caiu nas graças do povo, senador Petecão (PSD), deve anunciar até meio dia desta segunda-feira 10, adesão ao bloco oposicionista encabeçado por Márcio Bittar(PSDB), grupo esse que internamente briga para tentar minar o prefeito de Cruzeiro do Sul, Wagner Sales(PMDB), da indicação ao cargo mais almejado de todos.

Curiosamente, Petecão defendia a estratégia de várias candidaturas da oposição, jogando inclusive Tião Bocalom (DEM), como pré-candidato ao governo, o abandonando agora para se juntar aos que  ele (Petecão), sempre discordou pelas falácias e atitudes.

Se confirmada a adesão de Petecão ao bloco , afunila-se a boataria de que a oposição vai sair somente com uma candidatura, forçando Bocalom a ir pelo beiço caminhar mais uma vez ao lado do ex-aliado Márcio Bittar, que forçou sua saída do ninho tucano no Acre.

Segundo informações Sérgio Petecão e  correligionários do Partido Social Cristão (PSC), da deputada federal Antônia Lúcia  se reúnem  c,  no auditório da  Assembleia Legislativa onde definirão o apoio ou não ao grupo que já conta com PP, PMDB e PSDB.

(Pagamento sem contracheque) Mais uma de Everaldo, agora é com mecânicos e motoristas

A prefeitura de Brasiléia terceirizou uma empresa que está só no papel 

Por Alemão Monteiro

Foto elustrativa

Foto = ilustrativa

A Prefeitura de Brasiléia pagou na última semana de fevereiro, de FORMA SINISTRA,os salários atrasados dos operadores de máquinas e mecânico da secretaria de obras. prefeitura não tem uma legalidade na contratação destes prestadores de serviços, uma vez que eles não passaram por processo seletivo ou concurso público.

A prefeitura de Brasiléia terceirizou uma empresa para prestar serviços de limpeza, capina, vigilância e artífice, porém, esse tipo de serviço (operador de máquinas) não é oferecido pela empresa, portanto a prefeitura mantém de forma irregular esses prestadores de serviços.

Segundo um dos operadores que não quer se identificar, disse que o secretário de obras Cleudo Gadelha e o vice-prefeito Jorge da Fazenda chegaram com o dinheiro em mãos e distribuiu entre eles conforme a divisão salarial proposta pelo prefeito sem obedecer a padrões nacionais e descontando ainda 5% deste valor como forma de arrecadar o imposto devido.

As perguntas a serem feitas são as seguintes:

Qual a legalidade que a Prefeitura de Brasiléia tem e qual a forma que usou para a contratação destes operadores? 

Porque o pagamento é feito sem contracheques e ainda descontando 5% do salário? 

De que forma a Prefeitura de Brasiléia conseguiu burlar toda a burocracia e sacar esse

montante em dinheiro sem que fosse empenhado no orçamento?

Perguntas como essas vão ficando sem respostas dentro de uma administração PEEMEDEBISTA desacreditada e cometendo os mesmos erros de gestores passados

que já fizeram parte desta sigla e com pessoas que fazem o que querem com o dinheiro público.

Enquanto o Ministério Público e o tribunal de contas não se manifestarem, cenas em Brasiléia como essas chamadas de BRANQUEAMENTO DE CAPITAIS vão se tornando comum diante de uma sociedade que clama por justiça.

Senadores Anibal e Wellington Dias visitam projetos econômico e social no AC

O senador Aníbal Diniz, estava se referindo, neste caso, ao Complexo de Piscicultura “Peixes da Amazônia S.A.”

O senador Aníbal Diniz, estava se referindo, neste caso, ao Complexo de Piscicultura “Peixes da Amazônia S.A.”

Ao acompanhar a agenda do senador Wellington Dias (PT-PI), que esteve no Acre nesta sexta-feira (07) para conhecer de perto programas e projetos do governo do Estado na área de desenvolvimento econômico e social, o senador Aníbal Diniz disse constatar com orgulho que as iniciativas bem sucedidas estão servindo de modelo para outros estados e para o Brasil.

“Com estas experiências estamos mostrando como o fazer política pode ser algo muito positivo quando serve de instrumento para transformar a vida das pessoas e gerar o desenvolvimento para o nosso estado e esses resultados são fruto de muito trabalho do governador Tião Viana o que é motivo de muito orgulho”, disse.

O senador Aníbal Diniz, estava se referindo, neste caso, ao Complexo de Piscicultura “Peixes da Amazônia S.A.” e ao Complexo agroindustrial de suínos “Dom Porquito”, ambos de iniciativa do governo do estado que agregam participação da produção familiar e empresários de médio e grande porte que atuam em todo o ciclo da cadeia produtiva que envolve basicamente, em ambos, a produção de ração, tecnologias em genética, a criação, o processamento e a comercialização.

A comitiva do senador Wellington Dias era ainda composta pelo ex-ministro da pesca do governo Lula, José Fritz, e o engenheiro Marllos de Melo, representante de piscicultores do Piauí.  O governador Tião Viana, o vice-governador César Messias, o deputado federal Sibá Machado (PT-AC), a deputada federal Perpétua Almeida (PC do B) e o secretário de estado de Indústria e Comércio, Edvaldo Magalhães, acompanharam a visita e apresentaram os empreendimentos.

O senador Aníbal Diniz destacou o compromisso de Tião Viana com o desenvolvimento econômico e social do Acre. “O ex-ministro e o senador estão aqui para ver de perto e sentir como as experiências desse governo têm contribuído para esse salto na nossa economia e como tem mudado a vida das pessoas”, reafirmou.

Wellington Dias agradeceu o convite feito por Tião Viana e a oportunidade de poder visitar, mais uma vez, o estado. Dias falou com satisfação e orgulho da preocupação do governo com a economia e o aspecto social dos programas. O senador lembrou os exemplos dados pelo Acre para os demais estados brasileiros. “Sempre que venho ao Acre me surpreendo com o que o governo tem feito aqui. No Acre estão boas iniciativas e por isso o estado têm se tornado referência para restante do país”, disse.

A comitiva visitou ainda a Cidade do Povo, após ser recebida pelo governador Tião Viana em seu gabinete onde fez uma exposição técnica do projeto que pretende zerar o déficit habitacional de Rio Branco e está sendo executado com recursos do programa “Minha Casa, Minha Vida” do governo federal. 

Fonte=Ac Purus

DSC00099DSC00190DSC00244
DSC00305

Emenda de Perpétua garante caminhão para trabalhadores rural

A deputada Perpétua Almeida disse, ao longo do evento, que tem procurado priorizar a área rural

EMENDA DE PERPÉTUA ALMEIDA GARANTE CAMINHÃO NOVO PARA TRABALHADORES RURAIS

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Sena Madureira foi contemplado neste ano com um caminhão novo, através de uma emenda parlamentar destinada pela deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB). A entrega do veículo aconteceu na manhã de hoje no Centro de Formação dos Trabalhadores Rurais, localizado no bairro do Bosque.

O prefeito Mano Rufino se encontrar em Manaus tratando de assuntos pertinentes ao município, o Prefeito em exercício  Hermano Filho (PCdoB) falou em nome da prefeitura. “Estamos aqui representando a administração municipal e ficamos felizes em face desse benefício. Esse caminhão novo dará uma ajuda substancial no escoamento da produção”, comentou

O caminhão terá grande utilidade para o sindicato e atenderá os produtores de diversas localidades. Trata-se de uma reivindicação feita no passado pelo ex-vereador Adamor das Mercês, já falecido. Ele era correligionário da deputada e sempre ergueu a bandeira em prol do homem do campo.

A deputada Perpétua Almeida disse, ao longo do evento, que tem procurado priorizar a área rural atavés de suas emendas. “Parte da minha luta tem sido direcionada à área rural do Acre porque está a metade da população, sendo responsável pelo abastecimento das cidades. Essas pessoas tem que ser tratadas com muito carinho e atenção. Colocando esse caminhão aos cuidados do Sindicato Rural, estamos colocando nas mãos do povo”, enfatizou.

“Trata-se de uma vitória para nosso sindicato. Só temos é que agradecer a deputada pelo apoio. Atualmente temos apenas uma Toyota que não se encontra em boas condições. Esse caminhão terá grande utilidade no sentido de transportar a produção dos colonos”, comentou Cirleide Souza, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

Também participaram do encontro os vereadores Mastró Furtado (PR), Alex Sales (PCdoB) e Biléu do Incra (PR), além de outras lideranças das zonas urbana e rural.

Posteriormente serão encaminhados para Sena Madureira mais dois tratores pequenos para aradagema e construção de açudes e, ainda, trilhadeiras de arroz.

Fonte=Ac Purus=Fotos: Duan Souza 

DSC08615unnamed (1)unnamed (3)unnamed (4)
unnamed (6)

Acre Solidário faz terceira entrega de produtos às famílias acreanas

Marlúcia Cândida e Gicélia Viana com as mulheres abrigadas no Parque de Exposiçõe

Celis Fabrícia 

Marlúcia Cândida e Gicélia Viana com as mulheres abrigadas no Parque de Exposiçõe

Como resultado do Carnaval Solidário: Baile à Fantasia, a primeira-dama e coordenadora do Acre Solidário, Marlúcia Cândida, realizou a terceira entrega de produtos às famílias acreanas afetadas pela cheia dos rios no Estado este ano.

Com o valor aproximado de R$ 45 mil, arrecadados no baile realizado no dia 21 de fevereiro, já foram distribuídos mantimentos para Sena Madureira e Rio Branco.

Desta vez foram comprados 39 fardos de leite em pó, 50 caixas de mingau e 30 fardos de fraldas descartáveis.

“Traz uma segurança para as mulheres que estão aqui essa suplementação alimentar e material de higiene ”, observa Gicélia Viana, primeira-dama de Rio Branco e coordenadora da ação Rio Branco Amiga.

entrega_de_alimentos_acre_solidário_parque_de_exposições_foto_luciano_pontes-13_Fotor_Collage-580x434

Um das famílias beneficiadas é a de Tatiane de Sousa, mãe da Heloá Vitória, de apenas 11 meses. A dona-de-casa, moradora do bairro Taquari, está no Parque de Exposições Marechal Castelo Branco, na capital acreana, desde o dia 20 de fevereiro.

“Representa muito carinho e eu agradeço do fundo do coração”, comenta a dona-de-casa, que no domingo, 9 de março, completa 34 anos de idade.

“É uma grande satisfação ter a oportunidade de poder ajudar essas mulheres que estão aqui e poder deixa-las mais tranquilas,” diz Marlúcia Cândida, primeira-dama do Estado e coordenadora do Acre Solidário.

A entrega das doações foi feita no sábado, 8 de março, dia  Internacional da Mulher. Uma programação especial, com palestras, música, brincadeiras e entrega de brindes foi realizada no local.

“Desejamos um feliz dia a todas as mulheres que estão aqui, as de Rio Branco e de todo o Acre e agradecemos à Marlúcia por esse ato de solidariedade” comenta Gicélia Viana.

“Que as acreanas sejam fortalecidas na fé, no amor, na paz, na justiça e que tudo de bom recaia sobre elas neste dia tão maravilhoso”, finaliza Marlúcia Cândida.

Prefeito De Assis Brasil Não Sanciona Projetos e Perde Benefícios

O Vereador ainda lembrou outros Projetos de Lei que também não foram sancionados pelo o prefeito Betinho.
.
Alemão Monteiro com  blog.Assis Agora
vereador Jerry Correia (PT) 13
O vereador Jerry Correia (PT) criticou a atitude do prefeito de Assis Brasil, Humberto Filho (PSDB), que deixou de sancionar alguns Projetos de Lei que, segundo o parlamentar, trariam benefícios à comunidade. O petista quer saber agora os motivos e a justificativa do prefeito para “engavetar” Projetos que só trariam melhorias à população.
 
Jerry Correia citou dois Projetos de Lei de sua autoria que foram aprovados por unanimidade na Câmara dos Vereadores. O primeiro foi um PL que autoriza o Poder Executivo dá nomes às ruas do Bairro Bela Vista onde residem centenas de moradores que sofrem diariamente com a falta de endereçamento oficial, o que atrapalha vários outros serviços como, por exemplo, os Correios que enfrentam dificuldades para entregar as correspondências. Além disso, os moradores deixam de ter o mínimo de dignidade com a falta de um endereço oficial e permanente.
 
Outro PL de autoria do Vereador Jerry Correia não sancionado pelo prefeito de Assis Brasil foi o que cria o Programa Municipal Dinheiro Direto na Escola (PMDDE). Entre outros benefícios às escolas municipais, o PL destinava recursos financeiros para atender pequenas demandas nos estabelecimentos educacionais. Segundo o vereador, as gestoras das escolas municipais sofrem com a falta de recursos para atender pequenas necessidades em suas escolas. “A direção das escolas municipais não dispõem de recursos para comprar um kg de prego, sempre que precisam resolver algum problema em suas escolas são obrigadas a bater na porta da Secretaria Municipal de Educação”, disse Jerry.
 
O Vereador ainda lembrou outros Projetos de Lei que também não foram sancionados pelo prefeito Betinho.  Entre eles estão o PL de autoria do Vereador Neudo Lopes (PT) que aumenta para R$ 1,40 o valor do subsidio pago pelo município pelo kg de FDL (Folha Defumada Líquida) produzida pelos seringueiros de Assis Brasil. Outro PL que também foi “engavetado” pelo prefeito foi o que oficializa a semana municipal da juventude de autoria da Vereadora Antônia Cavalcante (PC do B).
 
O Vereador Jerry Correia garantiu que vai reapresentar seus Projetos e pede o envolvimento da comunidade no sentido de cobrar do Executivo a sanção dos Projetos que tragam benefícios à população. “O prefeito sempre diz que não olha pra cor partidária, mas na prática a coisa é diferente já que nenhum PL de minha autoria e outros colegas de oposição foi sancionado. Quem perde com isso é a comunidade. Tenho vários outros Projetos para apresentar este ano, mas, espero que o senhor prefeito olhe para os moradores e sancione os que já estão em sua mesa”, enfatizou Jerry.
 
Todos os Projetos de Lei citados foram aprovados pela Câmara no ano passado, por isso, como não foram sancionados pelo prefeito, precisam ser reapresentados e aprovados pela Casa Legislativa e então encaminhados para a sanção ou veto do prefeito.