25 anos da morte de Chico Mendes 60 mil pessoas prestigiaram

Nesses 247 dias, a estimativa é de que as ações chegaram a um público de cerca de 60 mil pessoas.

André Gonzaga

A programação se encerra no dia 22 de dezembro. (Foto: Diego Gurgel/Secom)

A programação se encerra no dia 22 de dezembro. (Foto: Diego Gurgel/Secom)

A Comissão Especial “25 Anos Chico Mendes Vive Mais” – formada por mais de 30 instituições de governo, não governamentais e ecumênicas – se reuniu na última quarta-feira, 4, no Gabinete Civil, para apresentar as demandas realizadas durante o ano, como agendas culturais, palestras e mobilização nas escolas da rede pública de ensino, e fazer os últimos ajustes na programação, que começou em maio deste ano.

Nesses 247 dias, a estimativa é de que as ações chegaram a um público de cerca de 60 milpessoas. “Sem contar o número de downloads da versão virtual do livro ‘A História de Chiquinho’, que foi para todas as bibliotecas públicas do país”, comenta o professor Marcos Afonso, diretor da Biblioteca da Floresta. A obra foi escrita pela acreana Walquíria Raizer, com ilustração do cartunista Ziraldo.

As atividades em alusão ao legado de Chico Mendes se encerram no dia 22 de dezembro – data em que o líder seringueiro foi assassinado –, com um ato solene em frente ao Palácio Rio Branco. Segundo a primeira-dama Marlúcia Cândida, que coordena a comissão, o bispo da Igreja Católica Dom Moacyr Grechi deve participar. “Ele vai realizar uma manifestação religiosa para homenagear o Chico”, disse.

Para mais informações, a página inicial da Agência de Notícias (www.agencia.ac.gov.br) possui um banner que redireciona o leitor para as ações já executadas.

Prefeitura De Assis Brasil Não Paga Piso Nacional Da Educação

Prefeitura De Assis Brasil Não Paga Piso Nacional Da Educação E Sindicato Decide Entrar Com Ação Judicial

Prefeitura De Assis Brasil

Prefeitura De Assis Brasil

Jerry Correia-Assis Agora

O Sindicato dos Profissionais da Educação – Núcleo de Assis Brasil decidiu na noite desta quarta-feira (04), ingressar com Ação Judicial contra a Prefeitura Municipal de Assis Brasil que deixou de pagar os salários dos professores de acordo com o Piso Nacional que em 2013 sofreu reajuste de 7,97%.

A presidente do Sinteac de Assis Brasil, professora Tânia Maria, revelou que todas as negociações com a Prefeitura foram esgotadas e que diversos documentos foram encaminhados e até o momento nenhuma resposta obtida. “Desde o início do ano estamos tentando dialogar com a Prefeitura, mas não tivemos nenhum posicionamento da gestão municipal. Agora o que nos resta fazer é procurar nossos direitos na Justiça”, disse.
 
A presidente do Sinteac em todo o estado do Acre, professora Rosana, também participou da reunião e deu total apoio aos profissionais de Assis Brasil. Segundo ela, não há mais o que esperar e o sindicato deve ingressar com uma Ação Judicial imediatamente. “A Prefeitura simplesmente está descumprindo o que diz a Lei e trazendo prejuízo ao bolso dos professores desta cidade. Casos como este a Justiça resolve rapidamente, por isso mesmo vamos dá todo apoio jurídico para o Sinteac de Assis Brasil ingressar com uma Ação Judicial que vai garantir o pagamento destas percas”, afirmou.
 
O sindicato decidiu encaminhar documento ao gabinete do prefeito informando o conteúdo da reunião e noticiando a possível Ação Judicial. Os profissionais ameaçam ainda não iniciar o ano letivo de 2014 caso o impasse não seja resolvido.
Presidente do Sinteac garantiu total apoio aos profissionais/imagem assisagora

Presidente do Sinteac garantiu total apoio aos profissionais/imagem assisagora

Aprovado financiamento de US$ 250 milhões para o Acre

Na reunião, o senador Jorge Viana (PT-AC) destacou que o Acre conseguiu a aprovação do crédito

Senadores Aníbal Diniz e Jorge Viana se empenharam na aprovação do crédito para financiamento junto ao Senado (Foto: Assessoria)

Senadores Aníbal Diniz e Jorge Viana se empenharam na aprovação do crédito para financiamento junto ao Senado (Foto: Assessoria)

Tatiana Campos

Foi autorizado pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE) nesta quarta-feira, (4), a contratação de operação de crédito externo entre o Estado do Acre e o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD), no valor de até US$ 250 milhões. O recurso, que será liberado em duas parcelas, será utilizado para o financiamento parcial do “Programa de Desenvolvimento das Políticas Públicas do Estado do Acre”.

O secretário de Planejamento do Acre, Márcio Veríssimo, explica que o recurso – que terá a primeira parcela de US$ 150 milhões liberada neste mês – será investido nos programas prioritários de governo, como os programas voltados para o desenvolvimento industrial, cadeias produtivas e saneamento.

“Como contrapartida o Governo do Estado se compromete a melhorar o sistema de gestãopública, através de decretos, políticas e outras ações, informatização dos sistemas. É importante dizer que o investimento significa a busca pela emancipação econômica onde as operações de crédito vem para que possamos dar um passo além nesse processo”, disse.

O relatório favorável do senador José Pimentel (PT-CE) destacou que o objetivo é permitir açõesorientadas para o fortalecimento da gestão pública, inclusão social e produtiva, visando à melhoria das condições de vida do povo do Acre.

Senadores acreanos agradecem apoio para aprovação

O senador Aníbal Diniz (PT-AC) agradeceu a presença de todos os senadores presentes e ressaltou a importância do crédito para o Estado. “Agradeço a todos os senadores que conferiram hoje quórum tão qualificado para a aprovação deste empréstimo para o Acre. Esses recursos darão prosseguimento ao fortalecimento do programa de política pública do Acre”, afirmou.

Na reunião, o senador Jorge Viana (PT-AC) destacou que o Acre conseguiu a aprovação do crédito porque se organizou econômica e financeiramente. “É um Estado que tem crédito. Para conseguir isso, tivemos de transpor obstáculos quase intransponíveis. Estão de parabéns a equipe de planejamento do Estado, o governo de Tião Viana e a equipe do Ministério da Fazenda”, disse.

O que eles disseram

“A Secretaria do Tesouro Nacional entendeu que o Acre apresenta capacidade financeirasuficiente para contratar a operação em exame e, fundamentada nos parâmetros que utiliza, manifestou-se favoravelmente à sua concessão”, senador José Pimentel (PT-CE), relator do projeto.

“Foi longa e bem-sucedida a trajetória do Estado do Acre para chegar até a essa aprovação na CAE. A aprovação do crédito significa a consagração de um projeto bem executado”, Lindbergh Farias (PT-RJ), presidente da CAE.

Orçamento do governo do AC para 2014

Valor proposto pelo governo chega a R$ 5,3 bi.
Maiores fatias são para Educação, Saúde e mão de obra.

Valor proposto pelo governo chega a R$ 5,3 bi.

Valor proposto pelo governo chega a R$ 5,3 bi.

O orçamento do governo do Acre para 2014 já foi enviado à Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) para apreciação. O valor levantado para os gastos do próximo ano é de R$ 5,3 bi. Em comparação com o orçamento deste ano, a quantia supera os R$ 200 mi.

Segundo o deputado Geraldo Pereira,presidente da Comissão de Orçamentos e Finanças da Aleac, o montante apresentado já está praticamente todo com destino certo. “A maior fatia é para a Educação, R$ 930 mi, e a segunda maior é para Saúde, em torno de R$ 670 mi. Mas a maior despesa ainda é com pessoal. Mais de R$ 1,2 bi é a despesa do estado com pessoal”, explica.

Pereira aponta ainda as porcentagens que os outros poderes vão receber do valor. “O Tribunal de Justiça participa com 8%. A Aleac com 5,3%, o Ministério Público com 4% e o Tribunal de Contas com 1,9%”, enumera.

O deputado Luiz Tchê (PDT-AC) diz que a Casa vai analisar a proposta de orçamento e estudar se emendas serão feitas. “Nós temos por característica nossa, todos os anos, apresentar algumas emendas no orçamento. Vamos estudar de que forma a gente vai trabalhar este ano”, acrescenta.

De acordo com o presidente da Aleac, Élson Santiago, a proposta orçamentária deve ser votada no próxima semana, no dia 12 de dezembro.

Colaborou Débora Ribeiro, da TV Acre.Do G1 AC

Santiago destaca esforço de Tião para garantir exploração de gás.

Exploração de gás e petróleo no Juruá

PRESIDENTE da Aleac comemora o retorno das pesquisas da Petrobras no Alto Juruá - Foto: Agência Aleac

PRESIDENTE da Aleac comemora o retorno das pesquisas da Petrobras no Alto Juruá – Foto: Agência Aleac

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Élson Santiago (PEN), usou a tribuna nesta terça-feira, 3, para fazer pronunciamento comemorando o retorno das pesquisas da Petrobras no Alto Juruá. Élson lembrou que, quando ainda era um menino, nos anos 50, a empresa já estivera por três anos na Serra no Môa perfurando o solo em busca de petróleo, e agora ela retorna com a mesma missão, mas com novas tecnologias. Ele fez questão de lembrar o esforço e a dedicação do governador Tião Viana.

“Graças a Deus, o destino nos colocou numa situação em que, passados mais de 50 anos, eu tive o privilégio de participar do leilão onde a Petrobras arrematou o direito de prosseguir nas suas pesquisas. Acompanhei o governador Tião Viana neste fato histórico para a economia e o desenvolvimento do Acre”, disse ele.

“E com muita alegria venho à tribuna trazer essa notícia. A Petrobras assumiu o compromisso de, nos próximos cinco anos, realizar o aprofundamento dos estudos e iniciar efetivamente a exploração de petróleo e gás no nosso Estado, bem na fronteira do Acre com o Peru, no Alto Juruá. Ali, do lado peruano, já tem uma exploração de muito tempo. Essa exploração peruana é bem sucedida e tem pelo menos 20 poços na região do departamento de Ucayali, na cidade de Pucallpa, bem colado a Cruzeiro do Sul”, comentou Élson.

O deputado lembrou que a Petrobras vai investir, inicialmente, R$ 12 milhões, o que representa um incremento fantástico no desenvolvimento de serviços, na indústria e no comércio do Acre. “E um detalhe importante: a Petrobras será obrigada a trabalhar pelo menos 70% dos investimentos com empresas nacionais, incluindo as da região”, observou.

Élson também lembrou a definição inteligente do governador Tião Viana sobre esse momento: é a nova fronteira econômica da Amazônia que está se abrindo, disse ele. “O governador me dizia ao final da licitação, que foi dado um grande passo de uma nova caminhada. E eu acrescento, é uma nova caminhada que projeta um futuro de esperança para o Acre e principalmente para o meu querido Juruá. Eu confesso que saí daquele evento no Rio de Janeiro muito feliz, muito orgulhoso do nosso Estado e da luta pessoal do governador Tião Viana em defesa dessa causa”.

Élson disse que a comitiva do Acre, liderada pelo governador Tião Viana e formada por políticos, secretários de governo e empresários, deixou o Rio de Janeiro satisfeita com o retorno da Petrobras ao trabalho de exploração de gás natural convencional e petróleo em terras acreanas.

De acordo com ele, o governador não cansa de afirmar que “todos os estudos feitos por empresas contratadas pela ANP mostram evidências muito fortes de que o Acre pode ser uma grande reserva de petróleo e gás no Brasil.”

Agência Aleac

Ex-prefeita de Tarauacá é acusada de desviar mais de R$ 200

Ex-prefeita de Tarauacá é acusada de desviar mais de R$ 200 mil de convênios

Dell Pinheiro

MARILETE Vitorino é alvo de ação por supostas irregularidades em convênios para pavimentação de ruas - Foto: Divulgação

MARILETE Vitorino é alvo de ação por supostas irregularidades em convênios para pavimentação de ruas – Foto: Divulgação

A Procuradoria Geral do Município de Tarauacá ingressou ontem com uma Ação Civil de Improbidade Administrativa contra a ex-prefeita Marilete Vitorino de Siqueira e alguns dos membros de sua gestão. A medida tem por objetivo apurar eventuais crimes de responsabilidade e atos de improbidade administrativa.

Entre as irregularidades destaca-se a fraude em licitação e apropriação de verba pública oriunda deTermo de Compromisso PAC nº 202501/2012, celebrado com o Ministério da Educação, através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE, destinado à construção de uma unidade educacional.

Segundo consta no processo, a ex-prefeita auxiliada por seu secretário de Finanças, Claudio Amim e José Augusto Pires, presidente da Comissão de licitação, juntamente com o representante legal da empresa Construtora Vitória Comércio e Representações Ltda, Raimundo Lima do Nascimento, sacaram da conta corrente do convênio, a importância de R$ 218.396,85 (duzentos e dezoito mil, trezentos e noventa e seis reais e oitenta e cinco centavos), sob a alegação de que se tratava da 1ª medição da obra, sem que a empresa tenha, contudo, sentado um tijolo sequer, conforme fotografias juntadas ao processo.

O que chama atenção é que, embora o pagamento tenha sido efetuado a título de medição de serviço, não houve a execução de qualquer quantitativo de obra.

Segundo a Procuradoria do Município, há fortes indícios de que o dinheiro tenha servido para custeio da campanha de Marinete, quando afirma que “diante de tantos açodamentos e ilegalidades que se evidenciam no procedimento em comento, soa crível que a negligência quanto à análise das condições para se efetuar aquele pagamento, decorreram de ordem da Ex-Prefeita que intencionava se apropriar daqueles recursos, com vistas, queremos crer, a formar um “caixa de campanha”, de o modo a custear a reta final de sua candidatura ao Cargo de Prefeita, já que o pagamento fora efetuado há, apenas, 09 (nove) dias do pleito eleitoral, situação esta que, se provada, constitui crime, passível de apuração e reprimenda no âmbito judicial adequado”.

Consta, ainda, no processo, o fato do Secretário de Finanças ter deixado de proceder à fixação dos valores devidos à Previdência Social e ao Imposto Sobre Serviço (ISS), facilitando, assim, que ditos valores fossem incorporados ao patrimônio da Empreiteira, em evidente prejuízo do erário.

As irregularidades que serão apuradas, também envolvem os membros da Comissão de Licitação, os quais, na intenção de auxiliar a ex-prefeita em seus desígnios, protagonizaram um repertório de ilegalidades, que consistiam em “montagem” do procedimento preliminar do certame, com vistas o descumprimento do prazo legal de publicação.

Fonte-Página 20.net 

Presente de natal-Bairro Jatobá e Eldorado está uma Calamidade

Um presente de natal para os bairro de Brasiléia

Alemão Monteiro

Perdido e Mau Administrado – FOTO ALEMÃO MONTEIRO

Perdido e Mau Administrado – FOTO ALEMÃO MONTEIRO

A coisa não andam nada bem para o lado dos Brasileenses que apouco se deparam com a mau administração dos Bairros jatobá e Eldorado ruas,calçada,iluminação publica e esgoto não existe,não tem limpeza e nem coleta de lixo   mas já  enfrentam  a situação dramática de ruas tomadas por lixos e muito entulhos e como se não bastasse o capim esta tão alto que você não ver as casas do referido Bairros.  

Os moradores  dos dois bairro comentam que a cidade não ha secretário de Obras e muito menos prefeito. Nas ruas onde moram, a escuridão é uma só, os entulhos estão a vários dias  e o que se percebe,o capim e o esgoto nem se fala o problema se alastrou,agora o bairro está uma porcaria…tem que rir pra não chorar”, lamenta os moradores.

A senhora Rosaria Campelo moradora do referido bairro conta também que votou em Everaldo para Prefeito e reconhece o erro.”Sinto muito prefeito Everaldo eu votei no senhor, mas agora não voto no senhor nem pra vereador, a cidade esta se acabando,disse.

Como o problema não afeta somente a rua em que mora Rosaria Campelo, outros moradores estão se reunindo para procurar o ministério publico para que tome providencia das ruas com esgoto,limpeza e coleta do lixo e iluminação publica

VEJA AS FOTOS – ALEMÃO MONTEIRO

1234567891011131214151618

Ver.de Epitaciolândia entram com pedido de CPI contra André Hassem

Vereadores de Epitaciolândia entram com pedido de CPI contra prefeito André Hassem

ase

                                                                  ESTADO DO ACRE
                                     CÂMARA MUNICIPAL DE EPITACIOLÂNDIA

Exmo. Sr.
Raimundo N. Freire Rodrigues
Presidente da Câmara Municipal, 
Epitaciolândia AC.

REQUERIMENTO SR. PRESIDENTE


O vereador que este subscreve vem na forma regimental, com base no constante Artigo 45 e 46, do Regimento Interno da Casa, e do Artigo 46, Inciso XVI da Lei Orgânica Municipal, requerer a formação de COMISSÃO PARLAMENTAR DE INQUÉRITO, com a finalidade de investigar:

1. O paradeiro dos mais de 40 lotes destinados à Prefeitura de Epitaciolândia-AC, em um total de 13.366,00m2 destinados para Áreas Institucionais, do Loteamento Miguel Borges, conforme Decreto NR. 149/2013 de 16 de julho de 2013, Art.1 parágrafo 1 inciso III – aprovando o referido Loteamento.

JUSTIFICATIVA

Temos nos deparado com as dificuldades do Poder Executivo em alocar terrenos para Instituições como PM, IFAC, SINDICATOS, etc. Para construção da UPA, MATERNIDADE, IML, etc. SECRETARIAS, ENTIDADES, além de outros.
Que os terrenos destinados à Municipalidade, são patrimônios da Prefeitura, portanto não podem serem doados, vendidos, negociados, cedidos sem o aval do poder Legislativo. 
Acompanham o presente alguns dos documentos que justificam a formação da Comissão Parlamentar de Inquérito. ( O DECRETO e OF/GAPRE/NR 592/2013 com anexos.

Sala das Sessões, Raimundo Francisco Ribeiro, 02 Novembro de 2013.

Carlos Portela Eduino
Vereador – PPS
JÁ ASSINARAM: VER. MESSIAS – MARQUINHO – DEMI SALES, 
O REQUERIMENTO ESPERA CONTAR COM O APOIO DOS DEMAIS VEREADORES SÓ TEMOS MAIS DUAS SESSÕES ESTE ANO, SÃO AS QUINTA FEIRAS ÀS 19:00h VAMOS LÁ TEMOS MUITAS MATÉRIAS DE INTERESSE DA POPULAÇÃO

Ver. Portela Pede CPI Para Investigar Destino De Lotes Da Prefeitura

Vereador De Epitaciolândia Pede CPI Para Investigar Destino De Lotes Da Prefeitura

Ver. Portela de Epitaciolândia

Ver. Portela de Epitaciolândia

Assessoria

O vereador Carlos Portela -PPS, encaminhou requerimento ao Presidente da Câmara Vereador Raimundo Freire (Raimundão), solicitando a formação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para investigar o paradeiro de mais de 40 lotes doados à Prefeitura de Epitaciolândia.

Segundo Portela, várias instituições tem encontrado dificuldades em fixar-se no município por falta de terrenos, enquanto o poder público tem esses ditos lotes no loteamento Miguel Borges.

Acompanhe abaixo cópia do oficio do Vereador Carlos Portela

01-vert

Sem obras para mostrar Everaldo se apossa das atividades dos outros

Sem ter obras Everaldo se apossa das atividades dos outros

Everaldo Gomes-Foto Alemão

Everaldo Gomes-Foto Alemão

Alemão Monteiro

O prefeito Everaldo que até hoje no final do ano de 2013 não disse a que veio está se apossando das atividades dos outros para tentar apagar a imagem negativa de sua fracassada gestão.

Primeiro foi o caso da construção de casas na zona rural, que ele anunciou ser ação da prefeitura quando na verdade era apenas um financiamento feito por um banco e a prefeitura apenas fazia o cadastro.

Depois foi um itinerante na cidade realizado pelo governo do estado e anunciado por vários dias pelo próprio governo, só que a secretaria de saúde do município arranjou uma escola para acontecer o itinerante, ai o prefeito disse que foi ele quem puxou a atividade, e a secretária pousando para fotos pra lá e pra cá, como se fosse mesmo a autora da atividade.

Por ultimo agora foi na festa dos funcionários do município, que a prefeitura só deu o ônibus para levar e trazer algumas pessoas e o prefeito ainda aparece lá querendo tirar fotos com todo mundo querendo mostrar que é o popular.