Prefeitura de Brasileia realiza Saúde Itinerante no Centro do Idoso

Durante ação foram realizados testes rápidos, aferição de pressão, consultas, roda de conversa com os homens sobre os cuidados com a mulher.

Por Raylanderson Frota

A expectativa de vida tem aumentado não só no Brasil como ao redor do mundo, portanto a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomendou que fosse criado um plano de ação global para o envelhecimento saudável da população.

Pensando nisso a Prefeitura de Brasileia realizou na manhã de sexta-feira (19), no Centro de Convivência do Idoso, Saúde Itinerante com objetivo de garantir o acesso da população aos serviços básicos de saúde, melhor qualidade de vida e maior longevidade.

O secretário de saúde, Francisco Borges, falou a respeito da ação. “Trouxemos essa ação para o Centro do Idoso por ser referência em cuidar bem das pessoas no nosso município, em especial dos nossos idosos. E aproveitamos para dar uma prioridade ao trabalho de cuidado ao câncer de mama, já que esse mês é dedicado a prevenção do câncer de mama”, falou Borges.

Durante ação foram realizados testes rápidos, aferição de pressão, consultas, roda de conversa com os homens sobre os cuidados com a mulher, certificado do Curso de Fuxico encerrando com o café da manhã.

Ficar velho não significa o fim da vida social e nem necessariamente a perda da autonomia, da liberdade e da independência. A chegada à terceira idade de forma ativa e saudável já é realidade, e tem muita gente aproveitando essa fase justamente para fazer coisas inéditas.

Veja o Vídeo da entrevista com o vereador Mario Jorge

Vereador  conta um pouco sobre a sua trajetória e fala principalmente sobre o seu afastamento. Mário Jorge fala também que tinha pessoas interessadas em fazer com que ele perdesse seu mandato.

Durante a entrevista prestada pelo Vereador Mário Jorge ao 3 de Julho Entrevistas, afirmou que armaram contra ele com relação ao processo de afastamento.

Vereador acusa colega de parlamento de agredi-lo durante reunião e caso vai parar na delegacia de Cruzeiro do Sul

Ronaldo Onofre (PDT) afirma que foi agredido fisicamente pelo vereador Marivaldo Figueiredo (PP). Caso foi parar na delegacia.

Por Mazinho Rogério

O vereador Ronaldo Onofre (PP) prestou queixa na delegacia de Cruzeiro do Sul, interior do Acre, contra o vereador Marivaldo Figueiredo (PP), por acusações de agressão física que teria sofrido durante uma reunião, nesta sexta-feira (19), no gabinete do prefeito.

Figueiredo é da base de apoio do prefeito Ilderlei Cordeiro e teria ficado revoltado quando o vereador Onofre se posicionou contra a demissão de servidores municipais e o anúncio da cobrança de taxas para a coleta de lixo.

A reunião foi convocada pelo prefeito com a finalidade de explicar aos vereadores sobre os motivos da demissão de 200 servidores provisórios da prefeitura.

Além dos que já foram demitidos, o município, que gasta 61% com folha de pagamento, ainda precisa desligar mais 200 trabalhadores para atender a Lei de Responsabilidade Fiscal. Onofre começou a discordar da decisão da prefeitura, o que teria causado a revolta por parte de Figueiredo.

“Eu me posicionei sobre essas demissões e sobre as cobranças que o gestor municipal quer criar. Ele quer intensificar cobranças de taxas de limpeza pública e multas e isso eu não concordo. De repente, ele partiu pra cima e já foi me enforcando. Eu não sei o motivo”, acusa Onofre que foi à delegacia às 12h desta sexta para fazer a denúncia.

De acordo com Onofre, foi preciso a intervenção do presidente da Câmara, Romário Tavares, e de outros vereadores para conter os ânimos do colega de parlamento. O vereador afirma ainda que já teria sido ameaçado de agressão outra vez.

Durante uma sessão, em abril deste ano, os dois parlamentares teriam se desentendido na tribuna e, de acordo com Onofre, Figueiredo teria tentando agredi-lo e foi contido por seguranças. “Inclusive ele disse que se me visse na rua, ia brigar comigo. Mas, eu não sou um homem de violência. Sou uma pessoa de uma cultura diferente”, disse Onofre.

O vereador Marivaldo Figueiredo nega que teria chegado a vias de fato, mas, afirma que se defendeu de acusações feitas por Onofre.

“As acusações do vereador são levianas. Já não é a primeira vez que acusa que eu o agrido. Ele tem esse negócio e nunca provou que houve agressão. Ele gosta muito é de inventar. Eu jamais agredi o vereador Ronaldo fisicamente. O que ele faz é me agredir verbalmente e eu só me defendo. Ele leva a política para o lado pessoal e se engraçou de mim e sempre está com essa manobras para me prejudicar”, contesta figueiredo.

Figueiredo alega que estaria sendo perseguido por Onofre e, por isso, já teriam se desentendido outras vezes. Ele diz também que se sente perseguido pelo colega de parlamento.

“O que vejo nele é que, desde o começou do meu mandato, ele não aceita que um cara como eu que vem lá de dentro do povão tenha tido oportunidade. Ele acha que política e ser vereador é só para quem tem condições financeiras altas como ele”, indaga.

Veja o Vídeo da entrevista com o vereador Mario Jorge

Vereador  conta um pouco sobre a sua trajetória e fala principalmente sobre o seu afastamento. Mário Jorge fala também que tinha pessoas interessadas em fazer com que ele perdesse seu mandato.

Durante a entrevista prestada pelo Vereador Mário Jorge ao 3 de Julho Entrevistas, afirmou que armaram contra ele com relação ao processo de afastamento.

Do G1 Acre

Vídeo: Vereador afirma que tentaram tomar seu mandato e que a justiça eleitoral tentou lhe incriminar

Vereador Mário Jorge (MDB) diz que a justiça do estado do Acre não está preparada para definir situações como aconteceu com o seu afastamento.

Por Paula Alcântara

Assista a entrevista com o vereador Mário Jorge que conta um pouco sobre a sua trajetória e fala principalmente sobre o seu afastamento.

Durante a entrevista prestada pelo Vereador Mário Jorge ao 3 de Julho Entrevistas, afirmou que armaram contra ele com relação ao processo de afastamento, tendo em vista que, outros processos semelhantes ao seu demoram anos para ter andamento, já o processo de Mário, segundo ele, ocorreu com antecedência.

Mário Jorge fala também que tinha pessoas interessadas em fazer com que ele perdesse seu mandato, pois ocorrendo a perca do mandato quem assumiria a vereança seria o suplente de Mário Jorge.

O Vereador afirma ainda que que tentaram lhe incriminar a qualquer custo, inclusive e cita que a própria justiça eleitoral do município de Brasileia tentou lhe incriminar quando condenou Mário em Primeira e segunda instância.

O Nobre edil ainda faz uma ressalva importante quando diz que a justiça do estado do Acre não está preparada para definir situações como a de Mário Jorge.

Veja o Vídeo da entrevista com o vereador Mario Jorge

Prefeitura de Cruzeiro do Sul mantém salário de ex-secretário que faz Medicina em Rio Branco

A reportagem confirmou que Clemente faz o Segundo Período de Medicina, em tempo integral (dois turno), não havendo qualquer possibilidade de prestar serviços ao município de Cruzeiro do Sul.

O ex-secretário de Saúde de Cruzeiro do Sul, Edir Clemente Silva do Nascimento, recebe salário sem descontos do município, mas cursa Medicina na Uninorte, em Rio Branco. Clemente deixou o cargo de secretário para exercer as funções de enfermeiro. Porém, é tido como servidor fantasma, segundo acusou o vereador Ronaldo Onofre. “A prefeitura está bancando essa faculdade”, disse o parlamentar.

A reportagem confirmou que Clemente faz o Segundo Período de Medicina, em tempo integral (dois turno), não havendo qualquer possibilidade de prestar serviços ao município de Cruzeiro do Sul, onde é servidor efetivo com salário estimado em R$ 3 mil. A atendente do Departamento de Atendimento ao Aluno da Uninorte (o nome não será revelado) disse que Clemente está matriculado com diploma sendo egresso do Curso de Enfermagem.

A mensalidade do Curso de Medicina custa R$ 9 mil. O vereador reclama do descaso do prefeito e seus secretário, que já receberam vários pedidos de informações sobre esta e outras irregularidades na folha de pagamento. Não sabe ainda quanto o servidor recebeu indevidamente.

“Eles (prefeito e secretários) não respondem. Se negam a dar transparência a um caso flagrante de ilegalidade. Será que é somente um caso isolado? Ou será que tem muito mais sujeira sob esse tapete?”, questiona Ronaldo Onofre, que pede intervenção do Ministério Público.

Informações funcionais do ex-secretário, servidor em atividade como enfermeiro em Cruzeiro do Sul. A Prefeitura de Cruzeiro do Sul está entre as catorze acreanas que correm o risco de serem inviabilizadas se não cortarem gratificações e demitirem comissionados até o dia 31 de dezembro. Um alerta (veja AQUI) foi lançado pela Associação dos Municípios do Acre (Amac), a fim de orientar os gestores públicos a ajustar as despesas com pessoal ao patamá máximo de 54% – do contrário não poderão assinar convênios a partir de janeiro de 2019 e perderão todos os recursos destinados provenientes de emendas alocadas pelos deputados federais e senadores acreanos.

Veja o Vídeo: 3 de Julho Entrevistas

Veja nesta entrevista o trabalho desenvolvido pelo Movimento de reintegração das Pessoas que contraíram a Hanseníase, e conheça mais sobre esta doença, Curta a nossa página do Facebook 3 de Julho Noticias – A voz da Fronteira e se inscreva no nosso canal do YouTube 3 de Julho Noticias e lembre-se de ativar as notificações clicando no sininho.

Com informações de Ac Jornal

Prefeita Fernanda Hassem participa de reunião para definir emendas ao Estado

A reunião foi realizada na sede da AMAC com a Bancada Federal do Acre e contou com a presença de 20 prefeitos e representantes de entidades.

Por Raylanderson Frota

Associação dos Municípios do Acre (AMAC) realizou na quinta-feira (18), em Rio Branco a reunião dos Prefeitos com a Bancada Federal do Acre para definirem as emendas de bancada que serão investidas no Acre em 2019.

A Prefeita Fernanda Hassem participou da reunião, dialogando com os componentes da Bancada Federal em busca de articular mais recursos para Brasileia. “O município de Brasileia não é diferente em relação às dificuldades que os demais colegas colocaram, por se tratar de um município de fronteira onde encontramos muitas problemáticas a serem resolvidas. Hoje a nossa prefeitura encontra-se adimplente e estamos trabalhando para conseguir cumprir a lei de responsabilidade fiscal e honrar, para não perder as emendas, o compromisso feito com a população, que é atender suas necessidades com melhorias para nossa querida Brasileia”, falou Fernanda.

A reunião foi realizada na sede da AMAC com a Bancada Federal do Acre e contou com a presença de 20 prefeitos e representantes de entidades. A bancada apresentou 15 propostas de emendas ao Orçamento da União de 2019, sendo que seis iniciativas são de execução obrigatória por parte do governo federal.

Veja o Vídeo: 3 de Julho Entrevistas

Veja nesta entrevista o trabalho desenvolvido pelo Movimento de reintegração das Pessoas que contraíram a Hanseníase, e conheça mais sobre esta doença, Curta a nossa página do Facebook 3 de Julho Noticias – A voz da Fronteira e se inscreva no nosso canal do YouTube 3 de Julho Noticias e lembre-se de ativar as notificações clicando no sininho.

Servidores da prefeitura de Brasileia participam de capacitação sobre o e-Social

O secretário municipal de administração, Francelio Barbosa, falou a respeito da capacitação.

Por Raylanderson Frota 

A Prefeitura de Brasileia realizou na manhã de quinta-feira (18), no Centro de Educação Permanente (CEDUP), uma capacitação com os servidores municipais a respeito do e-social, segurança e medicina no trabalho. 

O objetivo da capacitação é promover aos servidores melhores condições de trabalho, melhor atendimento ao publico e maior produtividade nas unidades escolares, unidades de saúde e todas as secretarias vinculadas com a gestão.

O secretário municipal de administração, Francelio Barbosa, falou a respeito da capacitação. “Essa palestra vai de acordo com as exigências do Ministério do Trabalho, onde exige a implementação e complementação de programas que irão desenvolver as atividades em cada unidade da prefeitura. E com isso melhora o atendimento e postura dos profissionais em seus locais de trabalho”, informou Francelio.

e-Social

O e-Social é um sistema informatizado da Administração Pública e todas as informações nele contidas estão protegidas por sigilo. O acesso não autorizado, a disponibilização voluntária ou acidental da senha de acesso ou de informações e a quebra do sigilo constituem infrações ou ilícitos que sujeitam o usuário a responsabilidade administrativa, penal e civil.

Veja o Vídeo: 3 de Julho Entrevistas

Veja nesta entrevista o trabalho desenvolvido pelo Movimento de reintegração das Pessoas que contraíram a Hanseníase, e conheça mais sobre esta doença, Curta a nossa página do Facebook 3 de Julho Noticias – A voz da Fronteira e se inscreva no nosso canal do YouTube 3 de Julho Noticias e lembre-se de ativar as notificações clicando no sininho.

Deputado aliado de Gladson Cameli volta a enquadrar Dnit: “chega de enxugar gelo na BR 364”

Não se pode rasgar dinheiro, principalmente, quando se trata de dinheiro público”, alerta deputado Diniz.

Integrante do Partido Progressistas, o Deputado Gerlen Diniz vem fazendo pesadas críticas ao Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (Dnit) cujo diretor, Thiago Caetano, é indicado de Gladson Cameli, governador eleito do Acre. 

O deputado do Progressistas admite que problema da rodovia são causados em boa parte pelos caminhões de comerciantes de Cruzeiro do Sul que trafegam com carga  acima do peso permitido para aquele trecho.

“O que o Dnit vem fazendo é  enxugar gelo”, tem dito o deputado. Ele destaca que não adianta fazer um trabalho de qualidade no verão e deixar de instalar balanças para regular a tonelagem dos caminhões que trafegam no trecho entre Rio Branco-Cruzeiro do Sul. “Chega o inverno e acaba com tudo o que foi feito. 

Não se pode rasgar dinheiro, principalmente, quando se trata de dinheiro público”, alerta Diniz. A BR 364 se mantém  como problema do Acre  apesar das mudanças gerenciais e Diniz pode até acionar novamente a Procuradoria Geral da República caso o Dnit permaneça indiferente aos seus apelos.

Veja o Vídeo: 3 de Julho Entrevistas

Veja nesta entrevista o trabalho desenvolvido pelo Movimento de reintegração das Pessoas que contraíram a Hanseníase, e conheça mais sobre esta doença, Curta a nossa página do Facebook 3 de Julho Noticias – A voz da Fronteira e se inscreva no nosso canal do YouTube 3 de Julho Noticias e lembre-se de ativar as notificações clicando no sininho.

Prefeitura de Cruzeiro do Sul demite único pediatra que prestava serviços para a saúde municipal

O médico pediatra demitido e Rondiney Brito, que é filho do Vereador Ronaldo Brito (PDT) de Cruzeiro do Sul.

Servidores da saúde do município de Cruzeiro do Sul, que não querem se identificar, fizeram contato com nossa redação na última quarta-feira, 17, para informar que as Unidades Básicas de Saúde – UBS, do município, encontra-se sem médico pediatra e que isso deve gerar prejuízos a população, especialmente as famílias mais carentes que dependem dos serviços dos postos de saúde.

Segundo servidores, o único pediatra que prestava serviço para o município foi demitido no dia de ontem, quarta-feira, 17. Um documento ao qual o Acre Real teve acesso assinado pela Secretaria Municipal de Saúde, no qual a gestora dispensa o profissional através de um ofício, confirma a denúncia apresentada pelos servidores.

Entramos em contato com a Secretária Municipal de Saúde, senhora Juliana Pereira, que disse que o município não tem como pagar o profissional. Segundo Juliana por causa da lei de responsabilidade fiscal, a AMAC recomendou aos municípios que mantivessem o limite constitucional da folha de pagamento em torno de 54% da arrecadação, hoje está em 61%.

O médico pediatra demitido, Rondiney Brito, que é filho do Vereador Ronaldo Brito (PDT), que faz oposição ao Prefeito Ilderlei Cordeiro, nas eleições do ultimo dia 7 de outubro, não apoiou o candidato do Prefeito, Rudiley Estrela (PP), e sim a filha do ex-prefeito Vagner Sales, Jessica Sales, (MDB). Em virtude desse fato e de outras demissões de apoiadores da Deputada Jessica Sales, sugiram rumores de que a demissão poderia ter ocorrido por motivação política. O fato chegou a ser externado por alguns perfis nas redes sociais.

Fizemos contato com o Médico Rondiney Brito, que disse que embora tivesse recebido com surpresa a demissão, nesse momento pós eleição, prefere não acreditar que sua demissão possa ter ocorrido por perseguição política. Brito aproveitou a oportunidade para agradecer as inúmeras manifestações de carinho recebidas da população cruzeirense e disse está a disposição para continuar o trabalho em prol da comunidade cruzeirense. “Afinal as pessoas passam e as instituições ficam”… Afirmou.

O Vereador Leandro Cândido também fez um discurso na sessão de hoje da Câmara Municipal, onde denúncia a demissão de Rondiney Brito.

Confira o Vídeo: 

Urgente: Gladson Cameli vota a favor da privatização da Eletroacre proposta por Temer

Gladson Cameli (PP) é o único senador acreano que votou a favor da privatização, ninguém sabe porquê!

Por Cesário Campelo Braga

O Ministério de Minas e Energia, presidido pelo ministro Fernando Coelho Filho (MDB) e comandado pelo presidente Temer (MDB), autorizou anteontem, 15/10, mais um aumento na tarifa de energia dos acreanos.

Estranhamente para alguns, mas esperado pelo que lhes escreve, esse aumento deveria ser feito imediatamente após ser processado a primeira movimentação tarifária. Logo após a assinatura do contrato de concessão para a empresa que comprou a Eletroacre, pela bagatela de 50 mil reais. Ou seja, o aumento ocorreria após ter sido efetivada a privatização da Eletroacre.

O processo de privatização, que já está em curso e que tem sido duramente rechaçado pelos trabalhadores da empresa, tinha como eixo central a proposta de descontos na conta de luz dos acreanos no percentual de 3,27%, porém o reajuste anunciado já mostra realmente a que veio a privatização da Eletroacre.

Nesta terça-feira, 16/10, a proposta de privatização, que está ocorrendo de forma equivocada, sem a aprovação do congresso foi votada no Senado Federal. Esse projeto previamente aprovado pela Câmara de Deputados, com o voto do acreano Flaviano Melo (MDB), que viabiliza a privatização de seis distribuidoras de energia controladas pela Eletrobras, dentre elas a nossa Eletroacre, foi ao plenário da casa e sofreu uma grande derrota.

Novamente pode parecer estranho para alguns, mas como esperado, o senador Gladson Cameli (PP), alinhado com a posição do presidente Temer (MDB) e por razões ainda desconhecidas, votou a favor da entrega (privatização) da Eletroacre. Querendo colocar a tarifa de energia do povo acreano nas mãos da empresa Energisa.

Para quem não conhece a Energisa, basta fazer uma pesquisa rápida no Google. Ela é investigada por supostas fraudes na Paraíba e suspeita de manter um mensalão no Mato Grosso do Sul.

Vocês podem até precisar do Google para conhecê-la, mas empresa é conhecidíssima por grandes lideranças do PP. O primo e sócio do atual ministro da Agricultura e Pecuária, amigo do senador Gladson Cameli (PP), ex-governador Blairo Maggi (PP), com quem divide o título de Rei da Soja, o produtor rural Eraí Maggi, é investidor também no setor de produção de energia e mantém negócios milionários e frequentes com a Energisa em Mato Grosso.

Quem sabe não seja a partir dessa relação que Gladson conheça a eficiência da empresa e por isso votou a favor da privatização. Pensando bem, isso só ele pode dizer! Vamos esperar que explique isso aos acreanos.

Veja o Vídeo: 3 de Julho Entrevistas

Veja nesta entrevista o trabalho desenvolvido pelo Movimento de reintegração das Pessoas que contraíram a Hanseníase, e conheça mais sobre esta doença, Curta a nossa página do Facebook 3 de Julho Noticias – A voz da Fronteira e se inscreva no nosso canal do YouTube 3 de Julho Noticias e lembre-se de ativar as notificações clicando no sininho.

Cooperados que prestam serviço para Prefeitura de Cruzeiro do Sul alegam atraso no pagamento de salários

Categoria fez um movimento na última segunda-feira (15). Prefeitura diz que pagamento vai ser feito em breve.

Em Cruzeiro do Sul, cerca de 30 pessoas que prestam serviço para a prefeitura em operações de tapa-buraco e recuperação asfáltica reclamam atraso no pagamento. Os prestadores de serviço são da empresa Amazônia Asfalto, que é contratada da prefeitura da cidade. A promessa é que os salários sairiam até o dia 10 deste mês, mas isso não aconteceu.

Além disso, um funcionário, que prefere não se identificar, afirma que não tem carteira assinada e que os salários não têm dia certo para sair.

“Foi assumido um compromisso que até o dia 10 o pagamento seria efetuado. Ele fala que paga um dia e não cumpre. Presto serviço, mas não tenho carteira e nada assinada, recebo em um envelope. Comecei trabalhando pela prefeitura há mais de 2 anos e há cerca de 5 meses passei para esta cooperativa. Todo mês tem desconto no salário, mas não tenho carteira assinada. O pagamento é feito quando bem entendem”, denuncia.

A pedido da categoria, o vereador Ronaldo Onofre (PDT) esteve em uma pequena manifestação que ocorreu no início da semana. Ele questiona o pagamento de impostos por parte dos trabalhadores.

“Será que parte desse dinheiro não está ficando nestas empresas contratadas. As pessoas não têm carteira assinada e têm descontos de INSS. Para onde vai esse dinheiro, se nenhum deles recebe através de banco e não tem recolhimento de FGTS? Como essas pessoas vão ter alguma garantia de aposentadoria por tempo de serviço ou ter direito há alguma rescisão contratual. Isso é injusto, a maioria deles têm mais de 10 anos trabalhados para o município, foram desvinculados e não receberam nenhuma indenização”, questiona.

A cooperativa, ainda segundo os funcionários, não tem interessa fixo na cidade mesmo com um quadro de aproximadamente 80 funcionários. Os pagamentos são feitos por uma pessoa na garagem da prefeitura em envelopes.

O secretário de Obras do Município, Ilson Enes, informou que o pagamento será efetuado em breve. “Houve um atraso no pagamento desse pessoal que será efetuado nas próximas horas. Quanto a essa questão da prestadora de serviço, temos uma licitação com a Amazônia Asfalto. Se esta empresa subcontrata algum serviço não é do meu conhecimento”, disse.

Calmette Guerin, representante da Amazônia Asfalto, diz que a subcontratação de serviços não existe. “Existe equívoco nessa reclamação. O pagamento está atrasado e será efetuado nesta quarta feira [17]. Temos uma subcontratação de serviços com essa cooperativa. Quanto a reclamações sobre carteira assinada e direitos trabalhistas, é preciso ter conhecimento da lei que rege a terceirização de serviços. Como cooperados, eles são membros da cooperativa e não funcionários”, explicou.

Veja o Vídeo: 3 de Julho Entrevistas

Veja nesta entrevista o trabalho desenvolvido pelo Movimento de reintegração das Pessoas que contraíram a Hanseníase, e conheça mais sobre esta doença, Curta a nossa página do Facebook 3 de Julho Noticias – A voz da Fronteira e se inscreva no nosso canal do YouTube 3 de Julho Noticias e lembre-se de ativar as notificações clicando no sininho.

Do G1 Acre