Agiotas em Brasiléia e na Bolívia pode inundar campanha no Acre

Conexão Cobija  Bolívia Na Frnteira Grana De Agiotas Na Bolívia Beneficia Politico No Acre  

Por Tião Vitor Aquirynoticias

Conexão Cobija  Bolívia Na Frnteira Grana De Agiotas Na Bolívia Beneficia Politico No Acre

A deixa foi dada pelo jornalista Luís Carlos Moreira Jorge na sua coluna política publicada no jornal A Gazeta do último domingo, 15. Luís Carlos anunciou que o candidato do PSDB ao governo do Estado estaria à procura de recursos internacionais para o financiamento de sua campanha e teria mantido encontro com grande empresário boliviano na semana passada.

“O candidato ao governo, Marcio Bittar (PSDB), atrás de recursos internacionais, almoçou no meio da semana com um sólido empresário boliviano da construção civil, visando uma parceria financeira para a sua campanha. Fonte da coluna disse que foi uma conversa de mão dupla. Ou alguém imagina que boliviano dá alguma coisa para alguém sem interesses futuros?”, disse o colunista.

O empresário em questão é, também, um dos grandes agiotas que atuam na região do Alto Acre em Brasiléia. Além dele, Bittar teria mantido encontro com outros agiotas que estariam dispostos a investir em sua candidatura. As cifras negociadas seria na casa dos milhões. Muito dinheiro que, supostamente, deve ser usado para influenciar o resultado das eleições no Acre.

Além de Bittar, teriam participado de encontros com os agiotas, membros do seu staff político. A ideia seria injetar dinheiro, também, na candidatura de um deputado federal próximo e de outros deputados estaduais mais chegados ao seu grupo.

Agiotagem e Crime Organizado

A região do Alto Acre, em especial a cidade de Brasileia, é onde estão estabelecidos os maiores agiotas do Estado. A maior parte deles é oriunda da cidade boliviana de Cobija, que faz fronteira com Brasileia.

O dinheiro que circula nesse tipo de operação ilegal é quase sempre dinheiro sujo, que acaba sendo lavado no Brasil através da agiotagem.

“O que se sabe por aqui é que eles pegam o dinheiro a seis porcento ou quatro porcento dos agiotas na Bolívia e empresta no Brasil cobrando juros de até dez porcento”, afirmou um pequeno comerciante de Brasileia que preferiu não ter seu nome revelado.

E é justamente esse dinheiro sujo que pode ser usado no Acre para comprar votos e alavancar a candidatura de Marcio Bittar ao governo do Acre.

O dinheiro da agiotagem ajuda a fortalecer o crime e a produção de drogas na Bolívia. O país é o maior produtor mundial de cocaína. A droga produzida ali abastece países circunvizinhos e é enviada para os Estados Unidos e Europa. A rota utilizada, quase sempre, passa pelo Acre e muito dessa coca, maconha e outras drogas, abastece as bocas-de-fumo em Rio Branco e no interior. Armas e outros contrabando também chegam ao Acre adquiridos com recursos do crime organizado o que contribui substancialmente para o aumento da criminalidade no Estado.

Justiça proíbe Prefeito Cleidson Rocha de se ausentar do município

Justiça proíbe Cleidson Rocha de frequentar boates e de se ausentar do município

0

A justiça acreana concedeu proposta de concessão condicional ao prefeito Cleidson Rocha e ao ex-secretário de obras Taveira Neto. Cleidson e Taveira respondem na justiça criminal por crimes contra a Flora (crime ambiental).

O processo 0000414-61.2014.8.01.0015 foi homologado pela juiza de Direito Adamarcia Machado Nascimento, titular da Vara, no município de Mâncio Lima.

Cleidson foi advertido a não cometer mais crimes contra a flora, e durante os próximos dois anos o prefeito terá a obrigação de reparar o dano, do qual será juntado o laudo do IMAC até o final do período de suspensão.

A proibição de frequentar determinados lugares como bares, boates e afins; Proibição de ausentar-se da Comarca onde reside, sem autorização do Juízo por período superior a 15 dias; Proibição de mudar do endereço informado nos autos, sem prévia comunicação ao Juízo do novo local onde irá residir; e Comparecimento pessoal e obrigatório perante o Juízo, mensalmente, para informar e justificar suas atividades;

Confira a homologação do acordo:

Em 08 de abril de 2014, às 08:45h, na Sala de Audiências da Vara Única – Criminal da Comarca de Mâncio Lima, onde se encontrava o(a) Juiza de Direito Adamarcia Machado Nascimento, Titular da Vara, bem assim o(a) representante do Ministério Público, Promotor(a) de Justiça Leonardo Honorato Santos, foi realizado o pregão, observadas as formalidades legais, comparecendo as partes denunciadas Cleidson de Jesus Rocha e Francisco Taveira Neto, acompanhados do Defensor Público Marcelo Negreiros.

Declarada aberta a audiência, MM. Juíza foi realizada a leitura da denúncia e da proposta de concessão condicional do processo pelo prazo de 2 (dois) anos, e em seguida advertiu o(a) autor(a) do fato das conseqüências da prática de nova infração penal e da transgressão das condições impostas. Indagado(a) o(a) autor(a) do fato se aceitava e prometia cumprir as obrigações fixadas, tendo respondido positivamente, foi-lhe outorgada a suspensão condicional do processo nesta própria audiência.

Condições Impostas – Suspensão Condicional do Processo: Obrigação de reparar o dano, do qual será juntado o laudo do IMAC até o final do período de suspensão; Proibição de frequentar determinados lugares como bares, boates e afins; Proibição de ausentar-se da Comarca onde reside, sem autorização do Juízo por período superior a 15 dias; Proibição de mudar do endereço informado nos autos, sem prévia comunicação ao Juízo do novo local onde irá residir; e Comparecimento pessoal e obrigatório perante o Juízo, mensalmente, para informar e justificar suas atividades; Em seguida, pelo(a) Meritíssimo(a) Juiz(a) foi proferida a seguinte decisão: “HOMOLOGO a proposta formulada pelo Ministério Público, para que produza os seus jurídicos e legais efeitos e, por conseqüência, declaro suspenso o presente feito, até o cumprimento final das condições impostas, nos termos do artigo 89, da Lei n.º 9.099/95. Lance-se o nome do(a) autor(a) do fato no livro de beneficiados pela Lei n.º 9.099/95 e procedam-se às demais comunicações de praxe. Dada e publicada em audiência, ficam os presentes intimados”. Nada mais havendo, a audiência foi encerrada. E, para constar, foi determinada a lavratura do presente termo. Eu, ___________, Jaide Macson da Rocha, o digitei e subscrevo.

Escrito Por Redação Manciolima.Net

É bola ou burica: Sérgio Petecão (PSD) se meteu num cipoal de fogo

É bola ou burica 

Por Luis Carlos Moreira Jorge

Plenário do Senado

O senador Sérgio Petecão (PSD) se meteu num cipoal de cipó de fogo. Anunciou aos quatro ventos que estava tudo certo para a primeira suplente do candidato ao Senado Gladson Cameli (PP) ser a esposa do prefeito de Senador, James Gomes (PSDB), Mailza Gomes. Pois bem, a conversa parece que não é bem assim. O pau está quebrando na oposição.

Como é que vai ficar o Procurador Edmar Monteiro, que se afastou do cargo para ser o primeiro suplente? E vão dar ou não o cala-boca ao ex-deputado José Bestene, detonado na sua idéia de chapa própria do PP a Federal, indicando a sua irmã Nabiha Bestene? Uma coisa é certa: se o senador Petecão não conseguir a indicação, sairá da história desmoralizado na coligação que aderiu.

E de quebra queima o prefeito James Gomes. E se conseguir a indicação, quem sairá desmoralizado na história é o ex-deputado federal Iderley Cordeiro (PR) e a deputada federal Antonia Lúcia (PSC), que defendem outros nomes, inclusive, do Procurador Edmar Monteiro. Antonia Lúcia, por exemplo, vai perder na história para o bom de papo, mas sem votos, o Pastor Pedro Abreu. É bola ou burica.

Situação difícil

Quem fica numa situação delicada nisso tudo é o Procurador Edmar Monteiro, que se afastou do MP certo que seria guindado à primeira suplência do candidato ao Senado, Gladson Cameli (PP) e tem a sua indicação contestada pelo grupo do senador Sérgio Petecão (PSD).

 

Tucanos Do Acre Foram Os Que Mais Ganharam Dinheiro Em 2013

De Bolso Cheio: Tucanos Do Acre Foram Os Que Mais Ganharam Dinheiro Do Fundo Partidário Em 2013

Foto : Ilustrativa

Foto : Ilustrativa

Os partidos de oposição do Acre receberam os maiores repasses provenientes do fundo partidário em 2013. O PSDB, do deputado Márcio Bittar, teve o maior volume de recursos, chegando a R$ 550 mil, seguido pelo PMDB que recebeu R$ 434 mil.
 
Os dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostram que o PT, do governador Tião Viana, recebeu da direção nacional mais de R$ 178 mil. Mais de R$ 2 milhões foram repassados a 15 legendas do Estado.
 
Na relação, o PP, do deputado Gladson Cameli, teve uma injeção de pouco mais de R$ 400 mil e o PSD, do senador Sérgio Petecão, garantiu R$ 360 mil.
 
O PCdoB, da deputada Perpétua Almeida, recebeu da direção nacional quase R$ 3 mil, mostrando que a menor quantidade de repasses foi feitos aos partidos governistas.
O PV, do deputado Henrique Afonso, que pulou da Frente Popular do Acre para a oposição, recebeu mais de R$ 60 mil.
 
Outras 16 legendas existentes no Estado não foram contempladas com o Fundo Partidário.
 
Neste ano, o recurso distribuído em todo o Brasil, nos primeiros cinco meses deste ano, chegou a R$ 25 milhões, sendo a maior quantidade de repasses distribuídos ao PT nacional (R$ 4,3 milhões).
 
O valor arrecadado de multas ultrapassou os R$ 5,5 milhões de janeiro a maio, sendo repassado quase R$ 1 milhão de reais para a sigla petista.
 
Os partidos que não prestaram contas ou que tiveram as contas reprovadas ficaram impedidos de receber o Fundo Partidário. (F.A.)
.
Fonte : Sentinela Da Fronteira

Tião Viana lança Ramais do Povo investimentos de R$ 63 milhões

Governador reforça que obras acontecerão em ramais dos 22 municípios do Acre

Por Nayanne Santana

(Foto: Gleilson Miranda/Secom)

(Foto: Gleilson Miranda/Secom)

Para dar trafegabilidade em ramais mesmo no período de chuvas e assegurar o escoamento da produção rural nos 22 municípios do Acre, o governador Tião Viana lançou neste sábado, 17, a etapa 2014 do programa Ramais do Povo, executado pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Acre (Deracre). O lançamento foi realizado na Transacreana, região com forte potencial produtivo.

Tião Viana anunciou que o governo traz uma novidade na melhoria dos ramais: a pedra rachão. Segundo ele, o insumo permitirá melhor trafegabilidade nas vias. “O passado dos ramais encerra esse ano. Daqui para frente será um trabalho com rachões que fará parte da última etapa de melhoramento de 4.200 quilômetros, 8.000 quilômetros de bueiros, 1.500 metros de pontes. Tudo isso vamos fazer esse ano”, assegurou Tião Viana.

O governador frisou que a mudança no insumo que promoverá a melhoria das estradas vicinais faz uma transição entre o modelo tradicional de obras para o inovador.

O diretor-presidente do Deracre, Ocírodo Oliveira Júnior, ressaltou que o Departamento de Estradas de Rodagem do Acre só consegue dar conta de sua missão porque conta com servidores e prestadores de serviços dedicados ao trabalho. “Não fosse a nossa equipe, o Deracre não conseguiria dar conta de tantas obras. Pessoas que dedicam suas vidas ao trabalho. A esses eu só tenho a agradecer pela dedicação”, comentou Júnior.

Ocírodo Júnior detalha que neste ano o Ramais do Povo deverá executar serviços de melhoramento, implantação de bueiros de concreto, construção de ponte (madeira), construção de ponte mista (concreto e aço), revestimento primário (piçarramento) e pavimentação asfáltica.

Gratidão da comunidade

A comunidade da Transacreana presente ao ato de lançamento da nova etapa do Ramais do Povo celebrou os anúncios feitos por Tião Viana e sua equipe. Entre os que agradeceram as ações estava o professor Valter Costa, representante comunitário. “Temos muito que agradecer o asfalto que chegou ao quilômetro 100 da Transacreana. Não podemos ser ingratos. Para quem vivia atolado na lama isso simboliza muita coisa”.

Valter Costa observou ainda que investir em ramais é importante para quem vive na zona rural trabalhando na produção de frutas, verduras, hortaliças e criação de animais.

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Rio Branco, Fátima Maciel, declarou que os trabalhadores rurais celebram o reinicio dos trabalhos nos ramais do Acre e lembrou que os avanços na produção são consideráveis na gestão de Tião Viana, por isso há gratidão da classe trabalhadora. “Sem gratidão não somos nada. Sou muito grata por tudo que é feito por esse governo”, declarou.

União que faz diferença

O prefeito da capital, Marcus Alexandre, observou que a união proporciona as mudanças na cidade e na zona rural. Marcus comenta que embora a responsabilidade de manutenção e abertura de ramais seja das prefeituras, não há como as gestões municipais darem conta da demanda sem apoio do governo.

“Prefeito sozinho não consegue trabalhar em ramal. Alguns preferem não trabalhar porque não querem buscar apoio. Nós preferimos unir forças. A união faz a diferença”, declarou.

Parlamentares também participaram do ato. Entre eles estavam a deputada federal Perpétua Almeida e os deputados estaduais Astério Moreira, Eduardo Farias e Jamyl Asfury. Para Perpétua Almeida a ação é mais que importante para melhorar os ramais.

“Hoje temos produtos no mercado porque há muito trabalho feito em outras ações do governo e reconhecem nesse ato que governo e prefeitura chamando os produtores aqui para combinar quais são as prioridades e chegar nos próximos ramais para garantir mais produção no nosso Acre. Quando a gente trabalha, o povo reconhece”, concluiu a deputada federal.

O que disseram

que-disseram-ramais-do-povo-17-05

AMAC e dez prefeitos debatem desafios de municípios

Presidente Da AMAC E Dez Prefeitos Debatem Desafios De Municípios Com Bancada Federal
.
Assessoria AMAC
6722_703478543043581_7647816282814908961_n
O prefeito de Rio Branco e presidente da Associação de Municípios do Acre (AMAC), Marcus Alexandre, participou na manhã desta quarta-feira, 14, de reunião entre prefeitos acreanos e a bancada parlamentar representada pelos deputados federais Sibá Machado, Perpétua Almeida, Taumaturgo Lima, os senadores Jorge Viana e Aníbal Diniz.
 
O encontro ocorreu no Gabinete da Vice-Presidência Senado. Os prefeitos apresentaram aos parlamentares as dificuldades enfrentadas pelas prefeituras. A proposta é estabelecer parcerias, independente de partido político, para enfrentar esses desafios. 
 
Os assuntos debatidos foram o sequestro do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) pela Receita Federal, para o qual foi proposto o adiamento da cobrança até 2015 pela situação de Emergência/Calamidade e queda de receitas do ICMS e ISS pela cheia do Madeira; renegociação das dívidas junto à Eletrobrás; liberação dos recursos da Alagação (cheia dos rios em 2014); repasses de obras em andamento, tendo como exemplo o sistema de saúde. Coordenação para a liberação de emendas e assinatura dos convênios; a questão do calendário eleitoral e as liberações; emendas de 2012;
 
 preocupação com as aprovações no Congresso impondo despesas aos municípios; apoio junto à Fundação Nacional de Saúde (FUNASA) para o Plano Municipal de Resíduos Sólidos.
 
Além do prefeito Marcus Alexandre, estiveram presentes os prefeitos Jonas Dalles, de Acrelândia; Tarauacá, Rodrigo Damasceno; Porto Acre, Carlos Portela; Bujari, Tonheiro; Sena Madureira, Mano Rufino; Santa Rosa, Evelino Mota; Plácido de Castro, Roney Firmino; Manoel Urbano Ale Anute; Marechal Thaumaturgo, Aldemir Lopes; e de Epitaciolândia, André Hassem.
 
Para o vice-presidente do Senado, Jorge Viana, o momento é de unir esforços. “Independente de partido político, temos que trabalhar juntos para ajudar toda a população do nosso Acre. Queremos estabelecer essa parceria e garantir apoio, no que for possível, para ajudar os municípios a enfrentarem esse momento de dificuldade financeira com corte de recursos”, declarou.
 
Como encaminhamento da reunião, ficou acertado que o deputado federal Sibá Machado, um dos coordenadores da bancada em Brasília, será o responsável por levar as demandas apresentadas pelos prefeitos aos órgãos do governo federal, e a bancada fará o acompanhamento para a formalização e a liberação das emendas.
.
Gostou? Então Curta!!!

Dobra nº de denúncias no MPF sobre concurso do Ifac

Em cinco dias, 20 candidatos formalizaram reclamação sobre certame.

Instituição de ensino e empresa têm 10 dias para esclarecimentos.

Candidatos trocam mensagens de dentro da sala em concurso do Ifac (Foto: Reprodução/Whatsapp)

ffO Ministério Público Federal no Acre (MPF-AC) recebeu até esta quinta-feira (15) 20 denúncias de candidatos sobre possíveis irregularidades verificadas durante a aplicação das provas do concurso do Instituto Federal de Educação do Acre (IFAC), realizado no último domingo (11). O número dobrou em três dias. Acompanhando o caso, o MPF-AC requisitou informações, atas e outros documentos à empresa responsável pelo certame e à instituição de ensino.

O prazo de resposta dos requisitados é de 10 dias contado a partir do dia 14. Durante este período, outros candidatos que também se sentiram prejudicados de alguma forma e constataram erros durante o concurso devem procurar a Procuradoria da República para relatar o ocorrido. Também é possível registrar reclamação pela página do órgão na internet.

As irregularidades apontadas pelos candidatos tratam do envio de envelopes para locais errados, uso de celulares nas salas,  falta de cadeiras, a não-exigência do documento de identidade por parte de alguns fiscais, entre outras. As denúncias são acompanhadas pelo procurador regional dos Direitos do Cidadão, Pedro Henrique Kenne.

O MPF está analisando os casos e deve decidir qual atitude tomar diante das denúncias registradas.

Procurada pelo G1, a MS Concursos, organizadora do certame, informou, por meio do setor de atendimento ao candidato, que não foi comunicada pelo Ifac de nenhuma reclamação referente ao concurso realizado no domingo.

Em nota, a reitoria do Ifac explicou nesta quinta-feira (15) que o Ministério Público Federal requisitou informações, atas das salas de provas e outros documentos para o órgão. A Comissão Organizadora do Concurso Público afirma que fará a entrega no prazo determinado, até o dia 25 deste mês, assim que receber os documentos da empresa que realizou o certame.

O instituto informou ainda que ‘está à disposição do Ministério Público Federal no Acre – MPF/AC, no sentido de prestar esclarecimentos para que não pairem dúvidas quanto à lisura e transparência na condução dos certames por parte da Comissão Organizadora de Concursos Públicos.

Fonte:  G1 AC

Gostou? Então Curta!!!

O asfalto anunciado por André na cabeceira da ponte sumiu!

Prefeitura de Epitaciolândia e sua lampada do Aladim  

Por Alemão Monteiro

a3_dsc_0230_ponte-brasilc3a9ia_epitaciolc3a2ndia

i049845_272O prefeito André Hassem anunciou nos meios de comunicação. que através da Secretaria de Obras de Epitaciolândia,com uma bela foto da maquete da ponte que iria realizar obras no trecho da cabeceira da ponte metálica, José Augusto até o trevo, hoje já são 15 de maio e a obra era para acontecer  no dia 5 de maio a partir das hs 18.00

O prefeito pediu a compreensão da população porque seria feito a interdição, para que fosse  realizado um trabalho de compactação e asfaltamento mais já são 15 de maio e nada. Cadê o asfalto do município? Mais uma obra anunciada na gestão do PSDB  de Epitaciolândia  no comando de André que evaporou porque foi anunciado, só falta saber se o asfalto e para 2014 ou 2015

Onde está o asfalto!

O site 3dejulhonoticias.com esteve na manhã desta quinta feira dia 15 na obra de Epitaciolândia para apurar o caso do asfalto invisível, mas o secretário não estava, falamos com um motorista da obra (não podemos revelar o seu nome) e perguntamos a ele sobre a situação, e ele falou  que este asfalto e só conversa fiada é só papo, ele fala que talvez possa ser feito se o DNIT fizer através do governo federal, depois tentamos ligar na prefeitura do município com o numero  3546-xxxx mais não souberam  responde sobre o caso.

O site 3 de julho está a disposição da prefeitura de Epitaciolândia sobre a situação.

Foto do site oaltoacre

Foto do site oaltoacre

GOSTOU? ENTÃO CURTA O!

Convocação de novos PMs vai garantir reforço na segurança

PMs para iniciar o treinamento e ajudar com combate à criminalidade na capital acreana

reunido_01

O deputado Jamyl Asfury (PEN) se reuniu como o comandante da Polícia Militar, coronel José dos Reis Anastácio e com a comissão dos membros do cadastro de reserva do concurso da PM, para anunciar que o governo do Acre pretende ampliar o número de policiais militares que deverão ser convocados para integrar os esforços para conter a crescente onda de violência no estado.

O parlamentar é o autor da indicação que solicitava a convocação imediata dos alunos PMs para iniciar o treinamento e ajudar com combate à criminalidade na capital acreana. “O governador entende que a indicação é pertinente e que a PM deveria ser reforçada para dar uma resposta aos anseios da população, fazendo um policiamento preventivo e garantindo a segurança do cidadão”, diz Asfury.

Jamyl Asfury destaca que 215 alunos serão convocados para integrar os quadros da Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros também deverá ser reforçado. “A expectativa é que além destes 215, o governo possa convocar mais integrantes do Cadastro de Reserva do Corpo de Bombeiros, que terá o integral. Estamos acompanhando de perto este trabalho para garantir mais segurança”.

Segundo o deputado, apesar de ser ele ser o autor da indicação que resultou na convocação dos novos PMs, a iniciativa é fruto de uma ação de governo. “O governador demonstra o compromisso com a segurança. Sabemos que há problemas, mas estamos trabalhando para resolver todas as questões, ponto a ponto. O objetivo é garantir a tranquilidade da população acreana”, finaliza.

Ray Melo, da editoria de política de ac24horas 

GOSTOU? ENTÃO CURTA! 

Acorda André Hassem, o esgoto é na ladeira de Epitaciolândia

Acorda André Hassem! Está esperando a lampada de Aladim?

Por Alemão Monteiro

thumb

Veja o Vídeo e fotos, com mais umas das várias e outras calamidades de Epitaciolândia na administração do PSDB, no comando de André Hassem; esgoto a céu aberto e muitos lixos no município virou moda  agora, na Rua Alexandre estevão Filho é a Avenida mais movimentada  no centro da cidade, o lixo nem se fala, a coleta não existe o caminhão da secretaria de obras sumiu, ou seja, desapareceu do mapa.

Acorda PSDB. 

Prefeito cadê você? Da alguma solução para a população do município ou está esperando a lampada de Aladim e seus três desejos para solucionar o problema de Epitaciolândia se a prefeitura, ou seja, a secretaria de obras não soluciona a limpeza pública do município imagina construir ruas, escolas, postos de saúde e etc; não da conta  da limpeza que dirá do esgoto de uma admirada Epitaciolândia.  

Veja o Video

Foto: Alemão Monteiro

Foto: Alemão Monteiro

Foto: Alemão Monteiro

Foto: Alemão Monteiro

Foto: Alemão monteiro

Foto: Alemão monteiro

Foto: Alemão Monteiro

Foto: Alemão Monteiro

Foto: Alemão Monteiro

Foto: Alemão Monteiro

Foto: Alemão Monteiro

Foto: Alemão Monteiro

GOSTOU? ENTÃO CURTA!