Homem é decapitado e cabeça é exposta em poste de energia em Cruzeiro do Sul

O índices continuam a crescer com mais um assassinato cruel e que preocupa a população de Cruzeiro do Sul.

Um assassinato bárbaro foi registrado em Cruzeiro do Sul. José Maria de Souza Lima, 36 anos, residente no bairro da Olivença, foi executado brutalmente a tiros, facadas e depois teve sua cabeça decepada e exposta em frente a escola de ensino fundamental Corazita Negreiros, no bairro do Telegrafo.

A Polícia Militar foi acionada via Ciosp, após familiares terem ouvido disparos que vinham da casa onde a vítima morava. A residência foi arrombada pelos executores e quando a polícia chegou, no local encontrou José Maria com três lesões por arma de fogo calibre 9mm nos membros inferiores e uma facada no abdômen e outra na virilha.

A cabeça da vítima foi decapitada e levada pelos assassinos. Durante a noite, a Polícia realizou buscas nas mediações, mas não conseguiu encontrar a mesma.

Após realizar os devidos procedimentos no local, a Polícia Militar foi acionada novamente, já na manhã desta quinta-feira (19), por volta das 06 horas, onde a cabeça da vítima foi encontra exposta em cima de um padrão de energia e foi removida pelo IML.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) onde deve ser realizado os procedimentos legais. O caso agora deve ser investigado pela Polícia Civil de Cruzeiro do Sul.

Telejornal 3 de Julho Noticias 4ª Edição

Veja no Vídeo do telejornal da 4ª Edição: Prefeito Tião Flores gasta quase 8 mil do FUNDEB para pagar blogueiro para matar baratas. Vereador Alcione critica o prefeito Flores sobre o abandono da Rua Fontinele de Castro e da Ponte do José Hassem. Prefeito Zum e os Buracos de Assis Brasil. Polícia Civil do Quinari prende foragido da Justiça de Brasileia. Recuperação de caminhão guincho que havia sido roubado em Rio Branco e levado para a Bolívia.

Fonte: Juruá e tempo

Presidente da Uganda quer proibir sexo oral: “boca é para comer”

Museveni é conhecido por suas posições extremamente homofóbicas e chegou a aprovar lei para punir homossexuais com até a prisão perpétua, mas a regra foi anulada.

O presidente da Uganda, Yoweri Museveni, quer proibir a prática de sexo oral no país africano.

“Deixem-me lançar um aviso público sobre as práticas erradas de que algumas pessoas participam e que são promovidas por alguns estrangeiros. Uma delas é o que chamam sexo oral”, afirmou Museveni.

“A boca é para comer, não para o sexo. Nós sabemos qual é o ‘endereço’ do sexo, sabemos onde é que deve ir”, disse o presidente da Uganda.

Museveni acusou os “estrangeiros” de banalizar a prática, a qual considera “muito errada”. O presidente da Uganda deve promover uma campanha com cartazes e anúncios na TV na tentativa de criminalizar atos sexuais supostamente condenáveis.

Em 2014, Museveni chegou a aprovar lei que punia até com a prisão perpétua a prática consensual da homossexualidade. Após pressão da comunidade internacional e ameaça de sanções dos EUA, o Tribunal Constitucional do país anulou a regra em agosto do mesmo ano. Porém, ser gay ainda é crime no país africano.

Naquele ano, o presidente da Uganda já havia dito que o sexo oral causaria lombrigas e parasitas, algo não comprovado pela ciência. “Você coloca a boca lá e você volta com vermes e eles entram no seu estômago, porque (a boca) é o endereço errado”, afirmou o líder à época.

Aos 73 anos, Yoweri Museveni está no poder na Uganda desde 1986, há mais de três décadas, e aprovou leis que abolem o limite da idade máxima de um presidente. Em 2005 o país aprovou lei que retirava o limite de reeleição permitindo a Museveni permanecer no poder indefinidamente.

No país africano também há pena de morte e falta de liberdade de expressão.

Veja o momento do pronunciamento (em inglês):

Urgente veja o Vídeo abaixo do Telejornal 3 de Julho Noticias.

Assista a 3ª edição do Telejornal 3 de Julho Noticias e nos acompanhe pela página do facebook e se inscreva no canal YouTube.

Pastor do Amazonas atira mulher no chão para curar coluna e ela fica tetraplégica

Juliana Martins Costa, 28 anos, ficou tetraplégica depois de ter sido jogada no chão pelo pastor José Raimundo da Silveira, de 42 anos, para segundo ele, curá-la de um problema na coluna.

O pastor José Raimundo da Silveira, de 42 anos, foi indiciado pela Polícia de Caruari que fica a 702 quilômetros de Manaus por lesão corporal a uma fiel da igreja evangélica.

Segundo relatos de fiéis que presenciaram a cena, Juliana estava sentindo dores na coluna quando o pastor José Raimundo, durante o culto, resolveu jogar a jovem no chão para mostrar o poder da fé dele.

José Raimundo disse que ela seria curada se ele a jogasse no chão. Usando sua força e a sua fé o pastor elevou a mulher no alto e a tacou no chão.

Juliana está tetraplégica – perdeu o movimento das pernas.

A família da vítima procurou a polícia para denunciar o pastor por lesão corporal dolosa – quando há intenção de matar, mas a polícia registrou o caso apenas como lesão corporal.

Segundo o site Mixturando, o pastor disse que está sendo vítima de conspiração, enquanto isso, a mulher está impossibilitada de caminhar.

Atenção!!!!

Amigos e Amigas internautas assista agora a 1ª edição do Telejornal 3 de Julho Noticias e você pode nos acompanhar pelo canal YOUTUBE no vídeo abaixo ou pela página do Facebook, curta nossa página e saiba quais são os últimos acontecimento

Inscreva-se no canal YOUTUBE, curta nossa página no FACEBOOK e fique informado de tudo o que acontece na nossa região e no estado do Acre.

Fonte: AM POST

Sem conseguir mudar nome em certidão, criança que nasceu com 2 sexos

Criança de 3 anos foi matriculada com nome de menina, mas tanto na carteira de identificação da creche, como na lista de presença é chamado com nome de menino.

A inda sem conseguir ter o nome alterado na certidão de nascimento, a criança de 3 anos que nasceu com os dois sexos e foi registrada como menina, começou a estudar no último dia 12 de março em uma creche de Rio Branco e usa nome social. 

A criança nasceu com os dois sexos, mas a mãe descobriu a ambiguidade genital apenas depois de registrá-lo. Até os dois anos de idade, a criança foi chamada pelo nome feminino e também manteve cabelos longos e vestimenta de menina.

Apenas em agosto do ano passado, a mãe conseguiu ter acesso ao resultado do exame cariótipo – que analisa a quantidade e a estrutura dos cromossomos em uma célula – apontando que a criança é geneticamente um menino.

Mesmo a criança tendo sido matriculada com nome de menina, a carteira de identificação na creche e o nome na lista de presença é de menino, como ela se reconhece. A mãe do garoto, uma dona de casa de 45 anos, diz que ficou feliz pela criança poder usar o nome social.

“Já é alguma coisa. Ainda estamos na luta para conseguir mudar o nome dele na certidão de nascimento. Nem tem previsão para isso acontecer. Tem hora que dá vontade de desistir, porque é tudo complicado. Mas, pelo menos na creche ele é conhecido como menino pelas professoras e pelos colegas. Ele está gostando de estudar”, contou a mãe.

O presidente da Comissão de Diversidade Sexual da Ordem dos Advogados do Brasil no Acre (OAB-AC), Charles Brasil, entrou com pedido de liminar para que o nome do menino seja trocado na certidão.

Em reportagem publicada em fevereiro deste ano, ele contou que levou a criança para consultas sociais e psicológicas, além de ter ido a uma geneticista que emitiu um relatório explicando a situação ao juiz.

Brasil informou que o processo está aguardando parecer do Ministério Público do Acre (MP-AC) há mais de 15 dias para que seja julgado pelo juiz, que também garantiu gratuidade da justiça.

“Depois da análise do MP-AC, o juiz recebe o parecer e depois julga se achar que tem elementos suficientes e pode chegar a pedir mais informações para mim ou ao MP-AC. Mas, não tem um prazo ou tempo para que isso aconteça”, explica.

Atenção!!!!

Amigos e Amigas internautas assista agora a 1ª edição do Telejornal 3 de Julho Noticias e você pode nos acompanhar pelo canal YOUTUBE no vídeo abaixo ou pela página do Facebook, curta nossa página e saiba quais são os últimos acontecimento

Inscreva-se no canal YOUTUBE, curta nossa página no FACEBOOK e fique informado de tudo o que acontece na nossa região e no estado do Acre.

Do G1 Acre

Pelo menos 12 mortos em acidente de trânsito em Potosí na Bolívia

De acordo com o relatório preliminar da polícia, o motorista do micro-ônibus adormeceu e perdeu o controle do volante. 

O acidente ocorreu por volta das hs 12:00 deste domingo na rota entre Chuquisaca e Potosí.

Um micro-ônibus colidiu  contra uma colina na estrada diagonal Jaime Mendoza , ligando os departamentos de Potosí e Chuquisaca, deixando 12 pessoas mortas e pelo menos duas feridas, informou o comandante ANF da Polícia do Norte Potosí Regional , Tenente-coronel Juan Carlos Revollo.

O chefe de polícia disse que o incidente ocorreu perto de 12:30 na altura da cidade Tomaycuri e Macha no momento em que o motorizado estava indo de Sucre para Llallagua . O veículo protagonista é de origem chinesa, cor prateada e com placa de controle 2840-TER.  

“A causa (acidente exata ainda) sob investigação, a polícia Colquechaca fazer inquéritos adequados, mas que presume que era por causa de efeitos da fadiga , ou seja, o motorista adormeceu assim que ele já não podia controlar seu veículo em uma descida e veio colidir contra a colina “, explicou.

Juan Carlos Revollo acrescentou que os dois feridos foram transferidos para o Hospital Daniel Bracamonte, em Potosí, e os corpos dos 12 mortos permaneceram no centro médico de Tomaycuri.

A lista do falecido

1._ Victor Hugo Ramirez 28  
2._ Olhe Rocío 75 anos  
3._ Andrés Vela  
4._ Sonia Flores 30 anos  
5._ Mario Medrano Avala  
6._ Wilfredo Sanchez Cabana  
7._ Juan Carlos Gomez Sempertegui 71 anos  
8._ Sacarías Ojeda Romero 38 anos  
9._ Araceli García Flores 7 anos  
10._Feminina NN  
11._ Masculino NN  
12._ Masculino NN 

Ferido

13._ Juan Carlos Ojeda 14 anos  
14._ Elmer Ojeda 11 anos 

Fonte: eldeber.com.bo

Vídeo: Irmãos são presos por chicotear funcionário que furtou oito ovos

Segunda a polícia, tortura foi gravada e publicada na internet como forma de mostrar o poder da família.

Vítima levou mais de 20 chicotadas Divulgação / Polícia Civil

Dois irmãos e um amigo foram presos suspeitos de torturar um funcionário da fazenda da família, em São Sebastião do Maranhão, a 385 quilômetros de Belo Horizonte. Segundo as investigações, a vítima foi chicoteada e golpeada com uma ferramenta por ter furtado oito ovos da propriedade. Os policiais também descobriram que os suspeitos seriam perigosos traficantes de drogas da região. Um deles é investigado por envolvimento com a facção criminosa PCC, em São Paulo.

As prisões foram feitas na última segunda-feira (19), durante a operação “Al Capone”, da Polícia Civil, que também cumpriu mandados de busca e apreensão no local. A investigação sobre a denúncia de tortura durou seis meses. O crime que aconteceu em setembro do ano passado teria sido cometido pelos irmãos Raul Soares Gomes, 38 anos, e Rodrigo Antônio Soares Mendes, 35, com participação de Alleff Fillyp Miranda., 23.

A vítima D.S.C. trabalhava em uma obra na fazenda de um dos suspeitos. O proprietário das terras soube que o rapaz havia furtado oito ovos de galinha do local. Como castigo, o fazendeiro e o irmão dele teriam torturado o funcionário com chicotadas no rosto, nas costas e nas pernas. Além disso, o homem também teria sido agredido com um alicate turquesa.

De acordo o delegado Rodrigo Antunes, da Polícia Civil de Santa Maria do Suaçuí, responsável pela operação, a vítima não tem passagem pela polícia e nem envolvimento com drogas.

— Tenho informações de que ele estava trabalhando no local e não tinha recebido o pagamento. Ele tem família e filhos pequenos.

A cena foi gravada e divulgada em redes sociais. Segundo as investigações, as imagens foram registradas por Miranda como uma forma de ameaçar os possíveis desafetos dos irmãos. No vídeo abaixo, o agressor diz o motivo do espancamento. É possível ouvir choro da vítima que levou mais de 20 chicotadas. 

Em depoimento à polícia, Miranda confessou ter gravado e publicado o vídeo na internet. Os irmãos preferiram não responder as perguntas e ficaram em silêncio. Procurado pela reportagem, Einstein Lima Lopes, o advogado dos suspeitos, disse que Miranda foi ouvido sem a presença da defesa e que ele vai pedir a anulação do depoimento. Sobre a situação irmãos Soares, o defensor informou que vai se pronunciar nos próximos dias.

O delegado Rodrigo Antunes informou que a presença do advogado na fase policial não é obrigatória e que foi dado a Miranda o direito de permanecer calado, mas ele preferiu se manifestar.

Histórico criminoso

Além das prisões, foram apreendidos R$ 6 mil em dinheiro, um cheque no valor de R$ 2 mil, roupas semelhantes ao uniforme dos Exército Brasileiro e documentos que compravam a movimentação financeira da família. Quatro automóveis, sendo um deles blindado, com indícios de adulteração e artigos de luxo como relógios e aparelhos celulares também foram levados pela polícia.

Segundo o delegado Antunes, os bens são incompatíveis com o patrimônio da família. Assim, foi aberto um novo inquérito para apurar o envolvimento deles com lavagem de dinheiro e tráfico de drogas.

Durante as investigações, os detetives descobriram que Mendes já tinha passagem pela polícia. Ele foi preso no ano passado, em São Paulo, por ligação à facção criminosa PCC.

Secretário municipal

Além dos suspeitos da tortura-castigo, o secretário do Meio Ambiente de São Sebastião do Maranhão, Zulmar Francisco Miranda, também foi levado para delegacia. Ele é pai de Alleff. Quando a polícia chegou na casa dele para cumprir o mandado de busca a apreensão, foram encontradas diversas aves silvestres. O secretário foi ouvido e liberado. A defesa informou que os animais não pertencem ao secretário e que ele aguarda apuração da polícia.

Veja o Vídeo

Fonte: noticias.r7.com

Empresa canadense cria o primeiro avião feito e movido por maconha

Quando hoje se diz que não há limites para o que é possível ser feito a partir da maconha, nem mesmo o céu é esse limite – literalmente.

A empresa canadense Hempearth, especializada em produtos derivados da planta, recentemente anunciou o primeiro avião feito e movido inteiramente por maconha.

Todas as peças que compõem a aeronave, dos assentos às asas, passando pela estrutura e chegando até aos travesseiros foram feitas da erva. O avião “de maconha” é também movido por um combustível 100% feito a partir da maconha.

Engana-se quem pensa se tratar de uma “viagem” criar esse avião. A fibra da maconha é um material incrivelmente versátil e resistente, 10 vezes mais forte que o aço. Esse material aguenta muito mais peso e, ao mesmo tempo, é muito mais leve e flexível do que, por exemplo, o alumínio ou a fibra de vidro.

Além disso, trata-se de um material que quase não agride o meio ambiente em sua produção, exigindo pouca água para ser plantado e ainda alimentando o solo de volta com nutrientes. O avião possui cerca de 11 metros de envergadura e carrega até 4 passageiros.

Segundo o presidente da Hempearth, Derek Kesek, o aspecto ambiental é o mais importante no desenvolvimento de seus produtos, incluindo a aeronave. “Esse é o tipo de futuro que desejamos para o planeta”, ele disse, sinalizando o quanto as possibilidade de uso de maconha para produtos diversos são cada vez mais infinitas.

Desde remédios revolucionários até aviões, o futuro parece mesmo necessariamente passar pela maconha – só não vê quem não olha para o céu.

Veja o Vídeo

 

Por hypeness.com

Guerra na Síria já deixou mais de mil crianças mortas ou feridas em 2018

Segundo a Unicef, uma morte infantil ocorreu a cada hora no país desde que o ano começou.  Fumaça sobre os edifícios após o bombardeio na aldeia de Mesraba, na região de Ghouta ocupada por rebeldes e sitiada nos subúrbios da capital Damasco.

A guerra na Síria já deixou mais de 1.000 crianças mortas ou gravemente feridas desde que 2018 começou, afirmou um porta-voz do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) em entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira, em Genebra, na Suíça. A estimativa é que uma criança morra a cada hora no país.

O diretor regional do Unicef para o Oriente Médio e o Norte da África, Geert Cappelaere, fez um apelo para os países acatarem a resolução tomada pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU) no último sábado, que defendeu uma pausa humanitária de pelo menos 30 dias no país.

Muitas mães e pais na Síria imediatamente pensaram que isso representaria a sobrevivência para seus filhos, pensando que suas crianças gravemente desnutridas e aqueles que precisavam de assistência médica urgente poderiam obter exatamente isso: tratamento e ajuda, um direito muito básico”, disse. “Mas, com o passar dos dias, essas esperanças se transformaram em ilusões, as janelas se fecharam abruptamente em nossos rostos. Porque, para crianças na Síria, nada mudou.”

Ele afirma que a violência continua em várias partes do país, o que faz da Síria um dos lugares mais perigosos para uma criança viver no mundo e obriga as equipes de ajuda humanitária a trabalhar “contra o relógio”. “Nós já estamos prontos com suprimentos capazes de salvar vidas, incluindo remédios, suplementos alimentares para crianças desnutridas, kits pediátricos e para fazer partos, roupas de inverno para crianças, kits de higiene e outros itens básicos”, afirma o representante.

“Esses suprimentos deveriam ser usados em Afrin, Idlib, Ghouta Oriental, Dera’a e outras áreas de difícil alcance – algumas das quais não conseguimos acessar há meses. São nesses lugares que vivem quase dois milhões de crianças.” Cappelaere estima que, ao todo, 5,3 milhões de crianças precisem de assistência humanitária na Síria.

“A Unicef chama – uma vez mais – aqueles que lutam dentro da Síria e aqueles que têm influência sobre eles para abaixar os braços e parar a guerra contra as crianças”, pede o diretor.

Na segunda-feira, o presidente russo, Vladimir Putin, anunciou a instauração de uma trégua humanitária de cinco horas por dia em Ghouta Oriental, reduto dos rebeldes que são alvo de uma intensa ofensiva na Síria. O cessar-fogo iniciou na terça-feira e tem validade entre 9 horas e 14 horas [horário local], todos dias, durante 30 dias. Ainda assim, novos ataques durante o período estipulado têm ameaçado o acordo.

Fonte: veja.abril.com

Ônibus cai em barranco e 44 passageiros morrem no sul do Peru

Socorristas vasculham ônibus em busca de corpos das vítimas da queda do veículo em um desfiladeiro na região de Ocaña, no Peru.

Pelo menos 44 pessoas morreram e 23 ficaram feridas nesta quarta-feira (21) após um ônibus cair de um penhasco na região de Arequipa, no sul do Peru, no segundo acidente do tipo no país andino desde o início deste ano.

O veículo de dois andares, da empresa Rey Latino, passou direto em uma curva da rodovia Panamericana Sul, perto de Ocoña (a 763 km de Lima) enquanto seguia de Chala a Arequipa, por volta da 0h30 local (2h30 em Brasília).

O ônibus despencou por uma ribanceira de cerca de 100 metros de altura, parando em um rio vizinho. A maioria dos corpos foi resgatada na água. Dos feridos, oito foram levados ao hospital em estado grave, incluindo o motorista.

Pela manhã o governo peruano suspendeu a licença da transportadora por 90 dias para investigações. A Rey Latino havia afirmado inicialmente que 45 passageiros estavam no ônibus, o que não condiz com o número de vítimas.

As autoridades dizem que vários passageiros não estavam registrados. A sinuosidade e a precariedade das estradas e o pouco treinamento dos motoristas são alguns dos motivos da alta frequência de acidentes no Peru.

Em 2 de janeiro, 52 pessoas morreram depois que um ônibus caiu em um desfiladeiro de mais de 100 metros de altura em Pasamayo, a norte de Lima, ao ser fechado por um caminhão que invadiu a pista contrária.

Pele de cadáver humano fica intacta após tatuagem de magia negra

Pele de cadáver permanece intacta após tatuagem relacionada à magia negra.

Pele de cadáver permanece intacta após tatuagem relacionada à magia negra

Trabalhadores de um cemitério localizado em uma área remota em Mukdahan, entre Tailândia e Laos, ficaram surpresos quando descobriram um cadáver parcialmente decomposto cuja pele teria sido preservada pelo que eles acreditam ser uma tatuagem de magia negra.

Descoberta enquanto limpavam o local, a pele marcada causou espanto ao se apresentar intacta, porém solta, ao redor do esqueleto do morto.

Ao que tudo indica, a tatuagem estava relacionada a um feitiço que eles acreditavam tornar a pele impenetrável. Acredita-se ainda que o corpo tenha pertencido a um homem que morreu de apendicite, porque sua pele era muito dura para ser cortada em cirurgia. Isso atraiu a atenção de antropólogos que pretendem estudar a questão cultural e social envolvidas nestas crenças. 

Pele permanece intacta após tatuagem relacionada à magia negra 1

Os escavadores afirmaram que a escrita sânscrita utilizada e as imagens de um tigre fazem parte da crença local antiga de que a pele não apodrecesse. A organização tailandesa, Goopaitongdaeng Jeemokkho Goopainueng Soonpaed, responsável pela divulgação do caso, compartilhou as fotos do achado na internet, juntamente com os trabalhadores ao lado do corpo.

“As autoridades limparam o cemitério com a ajuda de moradores e voluntários, que encontraram a pele de um homem que havia morrido de apendicite”, disse um porta-voz do grupo. “Ele não pôde passar por uma cirurgia porque sua pele era muito difícil de ser cortada, e acabou morrendo em razão das dores agonizantes da doença. A pele, que possuía uma série de tatuagens, não se decompôs. O feitiço para protegê-la era tão forte que impediu a realização da operação – é o que acredita os moradores locais”.

Os mais supersticiosos ficaram surpresos com as imagens. “Isso é incrível e mostra como existem coisas que ainda não compreendemos”, escreveu a usuária Suriya Rachatawet em um dos comentários.

Pele de cadáver permanece intacta após tatuagem relacionada à magia negra 1

Daily Mail