Enquanto a malária sobe, prefeito de Cruzeiro do Sul Ilderlei demite agentes de endemias

Nas próximas horas, devem ser processadas mais demissões na Prefeitura de Cruzeiro do Sul, principalmente na área da saúde.

Por Tião Maia

Na coordenadoria de combate às endemias, vinculada à secretaria municipal de saúde, as demissões devem alcançar pelo 50 pessoas.

As demissões, além do clamor social, se tornariam ainda mais grave porque são os agentes de endemias eu ajudam no combate à proliferação de doenças como malária, endêmica na região e já alcançando índices de epidemia.

Um servidor da área, ao perceber o descontrole dos índices da doença no município, anunciou ter pedido a própria demissão.
“O incompetente do prefeito de Cruzeiro do Sul demite 300 funcionários.

Entre esses 50 foram da área de endemias, enquanto a malária se alastra ele demite funcionários, sem penam nem dó de Cruzeiro do Sul, principalmente os moradores dos ramais.

Com o tempo chuvoso, a malária está subindo de vento em popa, sem falar na falta de medicamentos para a cura da malária em crianças (primaquina de 5 mg)”, disse a pessoa que pediu para não ser identificada.

A secretária Vanísia Nery negou que as demissões cheguem ao número de 300 pessoas e que, na área de endemias, também sejam da ordem de 50 agentes.

Segundo ela, para que as coisas sejam devidamente esclarecidas, o prefeito Ilderlei Cordeiro deve conceder uma entrevista coletiva, nesta ‪sexta-feira 18 de maio‬, para falar sobre o assunto.

Acusado de matar homem a pauladas tenta fugir após abrir algema em viatura

Depois de algumas horas, o mesmo foi localizado e levado para o Fórum, onde se deu continuidade a audiência.

Jossymar terá que explicar como abriu sua algema dentro da viatura. Cezário faleceu depois de quatro dias hospitalizado.

Um homem acusado de participar na morte brutal na cidade de Xapuri ocorrido em agosto de 2017, foi levado para sua audiência de instrução e julgamento na Comarca do Município. Se acreditava que tudo iria ocorrer dentro das normalidades de sempre.

Para a surpresa dos agentes quando abriram a porta da viatura, Jossymar de Souza Laureano (19), que conseguiu (não se sabe como) abrir sua algema, saiu correndo em fuga pelas ruas da cidade, tomando rumo ignorado.

Em tempo, Jossymar é acusado de participar de um latrocínio na companhia de seu comparsa, onde resultou na morte do marreteiro Cezário Pinheiro Soares. A vítima foi morta a golpes de madeira por causa de R$ 500 reais.

No mês de setembro do mesmo ano, uma operação da Polícia Civil resultou na captura dos acusados e foram encaminhados para o presídio FOC, onde esperam julgamento e sentença.

Com ajuda de Policiais Militares, Civis e da Escolta, uma busca foi realizada pelo Bairro da Bolívia onde tentou se esconder dentro da mata. Depois de algumas horas, o mesmo foi localizado e levado para o Fórum, onde se deu continuidade a audiência.

Segundo foi informado, os agentes tiveram ajuda de populares que avisaram e alertaram por onde passou o acusado e conseguiram localizar Jossymar. Após audiência, o mesmo voltou para o presídio na capital.

Uma investigação seria aberta para descobrir como Jossymar conseguiu abrir as algemas dentro da viatura.

Veja na foto abaixo o dia da captura de Jossymar e seu comparsa Ramon Santos Correia, pela morte brutal do marreteiro em 2017.

Por Alexandre Lima / oaltoacre

IDM-Acre realiza seletivo para: Rio Branco, Brasileia, Assis Brasil e mais 6 cidades

A remuneração oferecida é no valor de R$ 2.250,00, sendo contratações para regime de 30 horas semanais.

O Instituto Estadual de Desenvolvimento da Educação Profissional e Tecnológica Dom Moacyr Grechi – IDM, no Acre, lançou processo seletivo para provimento de vagas em Rio Branco e mais 08 (oito) cidades: Assis Brasil,  Brasiléia,  Capixaba,  Epitaciolândia, Mâncio Lima, Rodrigues Alves, Senador Guiomard e Xapuri. 

Estão sendo disponibilizadas oportunidades para Mediador de Aprendizagem Mensalista (Zona Urbana e Zona Rural). Entre os requisitos, o interessado deve possuir diploma ou certidão de formação de nível superior ou técnico, conforme exigências do regulamento, e experiência profissional e qualificação conforme especificado para cada cargo.

Inscrições devem ser efetivadas nos dias 17, 18 e 21 de maio de 2018, das 8:00h às 18:00h, em um dos seguintes locais;

  • Assis Brasil – Núcleo da Secretaria de Estado de Educação, Av. Raimundo Chaar, nº 324 – Centro;
  • Brasiléia – Núcleo da Secretaria de Estado de Educação, Av. Benjamin Constant, nº 64 – Centro;
  • Capixaba – Núcleo da Secretaria de Estado de Educação, Rua João Tecinari, s/n – Centro;
  • Epitaciolândia – Núcleo da Secretaria de Estado de Educação, Rua José de Deus/ Centro, Centro de Florestania;
  • Mâncio Lima – Núcleo da Secretaria de Estado de Educação, Av. Joaquim Generoso de Oliveira, nº 202, Centro;
  • Rio Branco – Unidade Central, Rua: Riachuelo, nº 138, Bairro: José Augusto. CEP: 69.900-809. (Ao lado da Esc. Humberto Soares);
  • Rodrigues Alves – Núcleo da Secretaria de Estado de Educação, Rua Tarauacá, nº 257 – Centro;
  • Senador Guiomard – Núcleo da Secretaria de Estado de Educação, Av. Castelo Branco nº 649 – Centro;
  • Xapuri – Núcleo da Secretaria de Estado de Educação, Rua Floriano Peixoto – Centro (Próximo ao Fórum).

Os candidatos serão classificados através de prova didática e análise curricular. A prova didática será realizada em locais e horários a serem divulgados no Edital de convocação, que será publicado no Diário Oficial do Estado do Acre, (www.diario.ac.gov.br), no site do IDM (www.idm.ac.gov.br) e corresponderá a 40 pontos.

As dúvidas poderão ser dirimidas pelo endereço eletrônico: processoseletivo.idm@gmail.com ou pelo telefone 68 2106-2801.

O processo seletivo terá validade de 01 (um) ano a partir da data de publicação do resultado final e homologação, podendo ser prorrogado por igual período, conforme necessidade da Instituição. Os candidatos classificados poderão ser chamados a qualquer momento a critério da Coordenação Geral do PRONATEC/ MEDIOTEC, devidamente motivado pelo número de turmas ou novas pactuações realizadas. A íntegra do edital saiu no Diário Oficial do Estado do Acre (DOE-AC), edição desta quinta-feira, 17, a partir da página 103. www.diario.ac.gov.br

Polícia Civil do Acre realiza operação de combate à pedofilia

A Polícia Civil do Acre participa nesta quinta-feira, 17, da Operação Luz na Infância 2, uma das maiores ações do mundo de combate à pedofilia.

Por Sandro de Brito

No Acre, estão sendo cumpridos seis mandados de busca e apreensão em Rio Branco e Xapuri, com a detenção de duas pessoas em flagrante.

As equipes procuram arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes. A força-tarefa é coordenada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública (MESP) e ocorre desde as primeiras horas da manhã, num total de 24 estados, além do Distrito Federal.

Os alvos foram identificados pelo Departamento de Inteligência da Polícia Civil e pela Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Dint/Senasp/MESP), com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais, que apresentavam indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva.

A investigação da Polícia Civil acreana durou quatro meses. Segundo a delegada Elenice Frez, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), a ação visa combater de maneira firme o crime de pedofilia.

“O objetivo da operação é encontrar material pornográfico em redes de internet. Foram seis alvos e apreendemos material que por sua vez será enviado à perícia, no sentido de identificar mais pessoas envolvidas. Tão logo esse processo seja concluso, iremos representar pela prisão preventiva delas”, declarou a delegada.

Na primeira edição da Operação Luz na Infância, realizada em 20 de outubro de 2017, foram cumpridos 157 mandados de busca e apreensão de computadores e arquivos digitais. Durante a apreensão desses materiais nos 24 estados e no DF, foram identificadas e presas 112 pessoas que utilizavam esses equipamentos para produzir, guardar ou compartilhar conteúdos de pedofilia na internet.

Nome da operação

A operação foi intitulada Luz na Infância por serem bárbaros e obscuros os crimes contra a dignidade sexual de crianças e adolescentes. Os acusados desse tipo de delito agem nas sombras da internet e devem ter a conduta elucidada e julgada como a de qualquer criminoso.

Professora casada é condenada por fazer sexo com três alunos

Tiffany Eichler, de 36 anos, professora de Edução Física em escola de ensino médio de Canton (Ohio, EUA), foi condenada por ter feito sexo com três alunos menores de idade, entre janeiro e março deste ano.

A professora fez sexo na sua sala de aula, no banco traseiro do seu carro e no porão da casa dos pais. Em uma das ocasiões, a professora, que era casada, levou um dos alunos a um estacionamento, onde os dois fizeram sexo enquanto acontecia na escola uma reunião entre pais e mestres.

As idades dos menores não foram divulgadas, de acordo com reportagem do “News5Cleveland”.

Os casos foram descobertos depois que um dos alunos envolvidos começou a chantagear a professora. Ele dizia que a irmã havia descoberto o relacionamento e que exigia dinheiro em troca do silêncio. Tiffany entrou em contato com o responsável pela segurança da escola, que, por sua vez, acionou imediatamente a polícia.

Um dos jovens teria desenvolvido doença venérea após relação sexual com a professora. Ele escreveu a ela dizendo que precisava comprar antibiótico.

Com informações do Extra

TCE-AC fecha o cerco aos servidores que acumulam cargos ilegalmente

Os auditores do Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE-AC) fecharam o cerco contra os servidores públicos que acumulam cargos irregularmente.

As maiores irregularidades foram detectadas na pasta da Saúde, Educação, inclusive em algumas prefeituras, mas o nome dos envolvidos na ilegalidade não foram divulgados. “Por enquanto, estamos comunicando os gestores dos casos detectados de acumulação de três contratos, carga horária incompatível com as duas atribuições e casos de conflito funcional”, revelou a da Diretoria de Auditoria Financeira e Orçamentária (Dafo), Semírames Maria Plácido Dias.

A secretária estadual de Gestão Administração (SGA), Sawana Carvalho esclareceu que desde de 2015, a equipe de gestão realizou uma auditoria na folha de pagamento dos servidores estaduais. Durante o processo de atualização cadastral dos servidores da rede estadual, segundo ela, contaram com a cooperação técnica dos auditores da Controladoria-Geral da União (CGU) e da Controladoria-Geral do Estado (CGE). .

Semírames informou ainda que o Tribunal vem fazendo uma ‘varredura’ nas folhas de pagamento dos órgãos públicos (estaduais e municipais. O processo de triagem e cruzamento de dados, busca identificar se existe na repartição pública, servidores acumulando cargos de maneira irregular, que traz prejuízo aos cofres públicos.

Esclareceu que a metodologia adotada pelo do Sistema de Controle de Atos de Pessoal (Sicap), foi regulamentado pela Resolução nº 102/16, do TCE-AC. Com base nessa legislação em vigor, os auditores do Tribunal têm autonomia para acessar essas informações da folha de pagamento dos órgãos estaduais e municipais, inclusive as despesas de pessoal, desde os atos preliminares do ingresso no serviço público, até a concessão do pedido de aposentadoria.”Cabe os jurisdicionados enviar as informações para o Sicap, a cada dois meses, com um prazo de tolerância de 30 dias”, observou

Antecipou que o cruzamento dos dados, permitiu descobrir as repartições que contam com servidores que têm acúmulo de cargos ilegais. Até o fim desse semestre, o TCE deverá encaminhar o alerta pedagógico aos gestores, para eles tomem as providências. “O nosso trabalho será pedagógico, mas o descumprimento, encaminharemos uma segunda notificação estabelecendo um prazo para que o problema possa ser solucionado”, revelou.

A diretora do Dafo disse que a “Operação Pente-Fino” visa auxiliar os gestores, que desconhecem que o servidor contratado tem outro vínculo empregatício. .As informações do Sicap estão restritas, mas a equipe trabalha para que as informações possam ser disponibilizadas no Portal do Cidadão do TCE-AC, às despesas dos órgãos públicos (estadais e municipais), com a folha de pagamento.

Cesar Negreiros

Sábado inicia quente, mas onda de frio deve chegar no final da tarde, diz Friale

O dia começa quente e abafado, com ventos de noroeste, no Acre, em Rondônia e no Amazonas, neste sábado (19).

A previsão é do pesquisador meteorológico Davi Friale, que afirma que no decorrer do dia começará a se formar nuvens escuras anunciando chuvas, que podem ser tempestuosas.

“Antes do início da noite, no horizonte sudeste, nuvens escuras avançam rapidamente e os ventos mudam, bruscamente, de direção e passam a soprar da direção sudeste, com fortes rajadas, que podem passar de 60km/h, em alguns pontos. É a frente fria que dá início à incursão de uma forte onda de frio polar”, explica Friale.

A partir deste momento, até o dia seguinte, domingo (20), esses ventos estarão soprando ininterruptamente, com fortes rajadas. A intensidade destes ventos será maior no domingo, principalmente pela manhã.

Especificamente, em Rio Branco e Brasileia, os primeiros ventos da friagem começam a soprar perto do fim da tarde deste sábado, ficando mais intensos durante a noite e na manhã do domingo.

A onda de frio polar que se aproxima é forte, porém não haverá frio intenso no Acre e Rondônia. Será uma típica friagem da Amazônia, sim, mas com intensidade moderada, tendendo a forte.

As menores temperaturas, ao amanhecer de segunda-feira e de terça-feira deverão oscilar em:
– Rio Branco e Sena Madureira, entre 14 e 17ºC;
– Brasileia e Assis Brasil, entre 12 e 15ºC;
– Vilhena e Costa Marques, entre 11 e 14ºC;
– Porto Velho e Ariquemes, entre 16 e 19ºC;
– Boca do Acre e Pauini, entre 15 e 18ºC;
– Cruzeiro do Sul e Marechal Thaumaturgo, entre 16 e 19ºC;
– Tarauacá e Feijó, entre 15 e 18ºC.

Desta vez, as temperaturas mais baixas deverão ser registradas no sul e oeste de Mato Grosso e no sul e sudoeste de Goiás, com valores que devem oscilar, por exemplo, entre 10 e 13ºC, em Cuiabá e Cáceres, e, entre 8 e 11ºC, em Itumbiara e Mineiros.

Vídeo: Ex-secretário de Everaldo Gomes pode estar fraudando licitação na Prefeitura de Assis Brasil, diz empresário

Empresário afirma que pregoeiro que é de confiança do Prefeito Antônio Barbosa (Zum) de Assis Brasil está fraudando processo licitatório.

Por Alemão Monteiro

Eli Lima de Freitas e o prefeito de Assis Brasil Antônio Barbosa / Foto Facebook

O empresário Francisco Wagner, vulgo Candiru, denunciou o Pregoeiro da Prefeitura de Assis Brasil, Eli Lima de Freitas, por estar praticando fraudes nos processos licitatórios realizados na Prefeitura de Assis Brasil durante a atual gestão do Prefeito Zum (PSDB).

Eli está atuando como pregoeiro acerca de quatro meses na Prefeitura de Assis Brasil, onde anteriormente trabalhava como contador e logo em seguida assumiu a secretaria de administração da Prefeitura de Brasileia, mas após a prisão do Ex-prefeito Everaldo, Eli foi exonerado.

Ainda como contador na Prefeitura de Brasileia, Eli foi multado no valor de R$ 3.570,00, junto de Everaldo Gomes pelo Tribunal de Contas do Estado do Acre, em razão de grave infringência às normas legais na elaboração dos Balanços Financeiro e Patrimonial e Demonstrativo da Dívida Flutuante, ou seja, irregularidades na prestação de contas do ano de 2014, além do pedido de envio de cópias ao Ministério Público e Conselho Regional do Contabilidade para apuração acerca da conduta do contador.

Candiru, que tem o mesmo nome da sua construtora, afirma que foi prejudicado em um processo licitatório que foi realizado no início de fevereiro do corrente ano em Assis Brasil, a contratação seria para a construção de módulos sanitários, Candiru mostra documentos e e-mail trocados com o Pregoeiro Eli, onde segundo Candiru, Eli estaria beneficiando empresas de Manaus- AM, Possivelmente em troca também de algum benefício.

O empresário afirmou que houve irregularidades no certame e quer que seja cancelado e feito outro novamente, segundo o procurador jurídico da Prefeitura de Assis Brasil, Dr. Amós, a construtora Candiru não tem nenhuma irregularidade que lhe impeça de participar do processo licitatório.

Já Eli, ao fazer sua defesa revida a acusação de fraude e alega que Candiru é fraudulento, e Candiru por sua vez afirma que o pregoeiro mentiu durante entrevista “tudo não passa de mentiras”, afirma o empresário; está um verdadeiro toma lá dá cá.

Gladson nega envolvimento e Ilderlei Cordeiro afirma que demissão não é relacionada a posição política de funcionário

Através de sua assessoria, o senador Gladson Cameli negou quaisquer ato de perseguição ou responsabilidade pela demissão.

Em sua conta pessoal do Facebook, Coronel Ulysses veio a denunciar que Bartolomeu Jr havia sido demitido do cargo comissionado, pelo prefeito Ilderlei Cordeiro, porque havia descumprido a orientação do governo municipal de apoiar Gladson Cameli como candidato a governador.

A mágoa de Gladson Cameli em relação a Barto Júnior, que teria ensejado sua demissão do cargo comissionado na Prefeitura – o que a assessoria do senador negou, registre-se -, deu-se porque o rapaz também é muito ligado ao pré-candidato do PP. “Eles eram vistos juntos com muita freqüência aqui em nossa cidade”, disse um amigo de ambos.

“Não posso imaginar o que causou o rompimento”, acrescentou o amigo.

Através de sua assessoria, o senador Gladson Cameli negou quaisquer ato de perseguição ou responsabilidade pela demissão do rapaz, ao qual o parlamentar não fez a menor referência. Eis o que disse, por meio da assessoria, o senador Gladson Cameli: “A assessoria de imprensa do senador Gladson Cameli informa que não irá se manifestar sobre um assunto relacionado a uma esfera de poder, no caso a municipal de Cruzeiro do Sul, que não é de sua competência”, disse a nota. “Não compete ao senador interferir ou decidir sobre assuntos de restrita competência da Prefeitura de Cruzeiro do Sul”, acrescentou.

Instada a se pronunciar sobre o assunto, a assessoria do prefeito Ilderlei Cordeiro, que assinou o decreto de demissão, também enviou nota à reportagem. Eis a íntegra da nota assinada pela jornalista Vanísia Nery, assessora de comunicação do prefeito: “A Prefeitura de Cruzeiro do Sul nega toda e qualquer tipo de perseguição política como causa de demissão deste funcionário ou de qualquer outro. Infelizmente, a Prefeitura teve que tomar a medida em razão do limite de gastos com pessoal, que está acima do estabelecido pelo Tribunal de Contas”, disse a assessora. “Assim, outros funcionários da saúde, como também de outras pastas do município, foram ou serão demitidos em razão das adequações que o município deve fazer para baixar esse índice. Inclusive, no próprio Centro de Diagnóstico, local onde o servidor era lotado, outros funcionários também foram demitidos por esta razão, não tendo o fato nenhuma ligação com perseguição política”, conclui a manifestação da Prefeitura.

Procurado, o mais novo objeto de discórdia entre Ulysses e Cameli não quis falar sobre o assunto. À amigos, ele confirmou que a origem de sua demissão seria de caráter político, uma vez que assessores do prefeito Ilderlei Cordeiro, na semana passada, teriam reunido todo os cargos de confiança da Prefeitura e exigido que seus ocupantes passassem a se manifestar, nas ruas ou em redes sociais, em defesa da candidatura de Cameli, quando então ele, Barto Júnior, havia dito que votaria em Ulysses apesar de suas relações pessoais com Gladson. Para sua surpresa, depois desta manifestação, foi convidado a se retirar do cargo.

Por Juruá e Tempo

Passeata encerra programação do Faça Bonito em Brasileia

O Promotor de Justiça Thales Ferreira destacou a importância da prevenção e conscientização das crianças e adolescentes.

A programação da campanha Faça Bonito realizada pela Prefeitura de Brasileia, através da Secretaria de Assistência Social, juntamente com o Ministério Público do Acre (MP/AC), encerrou nesta sexta-feira (18), com uma grande passeata em alusão ao Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes.

Essa é uma campanha nacional que tem como objetivo mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes. É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade de forma segura e protegida, livre do abuso e da exploração sexual.

O Promotor de Justiça Thales Ferreira destacou a importância da prevenção e conscientização das crianças e adolescentes em relação ao assédio sexual. “Prevenir a violência e exploração sexual de crianças e adolescentes é dever não somente do MP, e sim de toda a sociedade. Nós do Ministério Público estamos muito felizes em ver a participação da sociedade de Brasileia nessa passeata, conscientizando a importância em combater esse crime que é tão cruel e afeta várias crianças”, falou Thales.

A adesão de municípios, setor privado, igrejas, organizações sociais na mobilização em torno do “18 de Maio” por meio de caminhadas, audiências públicas, debates nas escolas, concursos de redação nas escolas, exibição de filmes, realização de seminários e oficinas temáticas de prevenção da violência sexual, panfletagem, criação de produtos de comunicação sobre a temática, campanhas nas rádios e entrevistas com especialistas entre outras ações, tem sido um marco fundamental para garantir avanços.

A Prefeitura de Brasileia tem como uma de suas prioridades de cuidar da população, e a prefeita Fernanda Hassem falou a respeito da programação que foi realizada no município. “Essa é uma causa impossível de ficar de fora, essa causa envolve vidas, famílias, onde crianças do Brasil inteiro e infelizmente de Brasileia sofrem com abusos e agressões sexuais.

E com intuito de combater, prevenir e conscientizar toda a população as instituições se uniram em prol da integridade de nossas crianças. A Prefeitura apoia essa causa tão nobre”, finalizou Fernanda Hassem.