Moradores do bairro da Praia, onde fica o maior aglomerado de famílias da cidade, estão indignados com a péssima qualidade da água que receberam. “Parece que só retiraram do rio e mandaram para gente”, desabafa moradora.

A vida para quem espera benfeitorias do governo Gladson Cameli (PP), em Tarauacá é cansativa e angustiante. Os moradores não se dizem abandonados pelas instituições do estado no município, que se encontram quase todas inoperantes.

Nossa redação do 3 de Julho recebeu um vídeo (Veja Abaixo) de uma moradora do bairro da Praia em Tarauacá, onde a mesma se diz revoltada com a qualidade da água que o DEPASA mandou para as residências da comunidade.

“Eu queria que o governador bebesse dessa água, para ele ver se isso é algo para um ser humano. Olha parece que eles só retiraram água do rio e já mandaram para nossas casas, isso é falta de respeito”, desabafou.

Outros moradores fazem desabafos nas redes sociais, denunciando a demora com que o DEPASA manda água para determinados bairros da cidade.

Tentamos contato com a presidência do DEPASA no Acre, mas infelizmente não conseguimos retorno.

Recentemente a Delegacia de Combate à Corrupção (DECCOR) desencadeou uma operação nesta quarta-feira (6) que apura fraude em licitações de empresas contratadas pelo Departamento de Águas e Saneamento do Estado do Acre (Depasa), Foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão; um de sequestro de bem e sete medidas cautelares contra suspeitos em Rio Branco.

Ao todo, segundo a polícia, sete empresas se beneficiaram no esquema e há indícios da participação de servidores públicos, que teriam atuado no órgão para favorecer empresários e seus interesses escusos.

Foram autorizados ainda o bloqueio dos valores mantidos em contas bancárias de alvos da investigação, totalizando R$ 2,4 milhões de valores que teriam sido desviados dos cofres públicos.

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: D eputado Neném Almeida mais uma vez voltou a falar do Cadastro de Reserva da Polícia Civil que aguarda sua convocação desde 2015, ao adotar esta causa como bandeira de luta, o deputado vem cobrando frequentemente, que o governador Gladson Cameli se manifeste e cumpra sua promessa de campanha que ele fez em convocar os mesmos. O parlamentar afirmou que o governador Gladson Cameli cometeu crime de campanha quando assinou um documento dizendo que se eleito fosse (e foi), chamaria ou cadastro de reserva da Polícia Civil (e não chamou).

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias , seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos , seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci , seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Notícias , seja membro e compartilhe