O prefeito Zequinha Lima e a presidente da Ageac (Agência Reguladora do Acre), Maiara Lima, se reuniram, na tarde desta terça-feira (21), para dar encaminhamento na regulamentação do projeto para o processamento dos resíduos sólidos. O município de Cruzeiro do Sul se planeja para a construção de um Aterro Sanitário, em consórcio com os demais municípios da região do Alto Juruá.

A Prefeitura de Cruzeiro do Sul já deu os primeiros passos para o projeto de construção do Aterro Sanitário e desativação do atual depósito de resíduos. O Plano Municipal de Resíduos Sólidos já foi concluído e agora, com o apoio da Ageac, a Prefeitura vai cuidar da parte da legalização necessária para pleitear recursos do Governo Federal.

“Nos próximos dias vamos apresentar uma minuta de convênio para o município e também vamos nos reunir com os outros prefeitos da região para avançar nessa cooperação entre eles e Cruzeiro do Sul. Um passo essencial agora é suprir a base legal para avançarmos nesse projeto que é tão importante para a saúde da população”, assegurou Maiara.

O secretário municipal do Meio Ambiente, Ygoor Neves, afirmou que a participação do estado é fundamental para o encaminhamento do processo de construção do Aterro.

“Assim como a união e o município, o estado também tem suas obrigações nesse processo e agora se faz presente nessas tratativas. Aqui em Cruzeiro já tivemos alguns avanços na coleta seletiva e já temos a garantia de empresas que se propõem a fazer o Aterro Sanitário de forma particular, mas a manutenção precisa dessa coletividade entre os demais municípios do Juruá, porque um município só não tem saúde financeira para isso”, disse Ygoor.

O prefeito Zequinha Lima também destacou que a parceria da Ageac se faz necessária para apoiar os municípios nesse projeto.

“Temos essa preocupação de buscar alternativas para construir o Aterro e a Ageacre vem contribuir. Precisamos de um projeto viável para o tamanho do nosso município e estamos tentando nos tornar parceiros dos municípios próximos para esse consórcio”, disse Zequinha.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O deputado Neném Almeida voltou a falar sobre a invasão de empresas de Manaus nos contratos com o governo do estado, na gestão de Gladson Cameli, pois há muito tempo não se via uma situação como esta. De acordo com o parlamentar, no atual governo é perfeitamente normal a presença de várias empresas de outros estados quando se trata de prestação de serviços junto à Administração Pública. “É legal? Talvez, mas  com certeza não é justo o que a Gestão Cameli vem fazendo com o empresários acreanos nestes últimos meses.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.