Veja o Vídeo:

O vereador Leomar Barbosa (PSD), durante seu pronunciamento na tribuna da Câmara nesta terça-feira (14), fez um discurso polêmico baseado de acusações contra a administração da Prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem.

De acordo com o parlamentar, a atual administração é corrupta, perseguidora, mal trata as pessoas e às engana. Na oportunidade, o mesmo trouxe ao conhecimento de todos informações a respeito do acidente que aconteceu no ramal do Pólo envolvendo duas caçambas onde uma delas prestava serviço para a prefeitura, inclusive o motorista era servidor da prefeitura.

Segundo Leomar, Beto que é servidor da prefeitura (motorista da caçamba da prefeitura) passou 70 dias internado no hospital e não teve nenhuma assistência por parte da prefeitura e muito menos por parte da prefeita. Mas o que chamou a atenção foi o fato de a prefeitura não deixar fazer a perícia do acidente. Que interesse da prefeitura de Brasileia teria na não realização da perícia?

Leomar diz ainda que a caçamba é o seu instrumento para Beto ganhar o pão de cada dia e que agora está impossibilitado, por falta de auxílio da prefeitura, Beto resolveu pedir a contribuição de amigos nas redes sociais, para poder se alimentar com a família, a partir daí, Leomar Barbosa afirma que a prefeita mandou um subordinado levar um sacolão e fazer propaganda de como a prefeita é uma pessoa boa e que iria aparecer para ajudar, mas até hoje a bondade em pessoa não apareceu.

O parlamentar afirma ainda que buscou informações e descobriu que o secretário de obras, Francisco Lima, foi fazer uma proposta para Beto. O vereador conta que Lima disse a ele que iria fazer uma “proposta” onde ninguém iria sair perdendo, todos ganhariam: a proposta seria pagar entra R$ 40.000,00 há R$ 50.000,00 na caçamba (proposta que foi recusada, pois a caçamba está avaliada entre R$ 100.000,00 há R$ 110.000,00). Será que são espertos?

Ainda na tribuna Leomar questiona de onde sairia este dinheiro, se é dos esquemas com as empresas? Na oportunidade, o vereador acrescentou ainda que a prefeitura estava praticando roubo e que esse é um caso de polícia, pois estaria tirando barro da propriedade de um servidor que na verdade não tem autorização do IMAC para explorar o barro, e a prefeitura sabe que só pode pegar barro dos barreiros credenciados pelo IMAC, isso é um crime ambiental.

“O cidadão vende o barro mais barato. Será que foi doado aquela quantidade de barro? Será que não foi pagos com notas frias? Da mesma forma como tem nota fria no caso da desobstrução de bueiro no valor de R$ 2.000,00 para um cidadão que eu vou cobrar aqui na tribuna e nem o bueiro foi desobstruído. Quando eu denunciei a primeira vez sobre o Parque Centenário, o colega vereador veio dizer em tribuna que a prefeitura deve ser parceira da empresa para tirar o barro que ficou da alagação, mentira!! É responsabilidade total da empresa executar a obra, isso é desvio de recurso público, isso é roubo!!”, concluiu Leomar.

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

O deputado estadual Antônio Pedro (DEM), um dos mais ferrenhos defensores do governo na ALEAC, disse que o secretário da Casa Civil Flávio Silva, deveria aprender com diretor da FUNDHACRE como ser humilde. O parlamentar usou o pequeno expediente na sessão desta terça-feira (14) para fazer elogios e críticas a membros do governo estadual. Antônio Pedro afirmou que ficou impressionado com a maneira humanizada com que o novo diretor da Fundação Hospitalar João Paulo, vem tratando a política de atendimento a sociedade acreana.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.