Fernando Haddad e o presidente Jair Bolsonaro – Foto: Reprodução/Facebook | REUTERS/Adriano Machado

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad  qualificou as manifestações antidemocráticas convocadas por Jair Bolsonaro para esta terça-feira (7) como um “espetáculo grotesco”e defendeu que ele seja “afastado das suas funções e preso”. 

“Em um país minimamente democrático, Bolsonaro seria afastado das suas funções e preso. Só pelo espetáculo grotesco de hoje, que avacalha o Brasil diante do mundo”, postou Haddad no Twitter.

A postagem foi feita na esteira da invasão da Esplanada dos Ministérios por manifestantes bolsonaristas na noite desta segunda-feira (6). 

A invasão levou a cúpula do Supremo Tribunal Federal(STF) a avaliar a convocação das Forças Armadas para proteger a sede da Corte dos manifestantes bolsonaristas em Brasília. Fonte: Brasil 247

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: recentemente o vice-governador do Estado do Acre, Major Rocha e deputada deputada federal Mara Rocha se manifestaram contra o Projeto de Lei nº 122/2021 que determina uma quarentena de 5 anos para profissionais de segurança pública, juízes e promotores que pretendem concorrer como atualização de 2022, ou seja, para que esses profissionais possam concorrer como atualização, eles devem ter cinco anos de afastamento do serviço público.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias , seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos , seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci , seja membro e compartilhe