A situação do transporte coletivo em Rio Branco é caótica e a prefeitura não pode fazer como a lenda da avestruz que quando ver o perigo enfia a cabeça em um buraco.

Desde a campanha que o prefeito Tião Bocalom (PP) falava em resolver o problema abrindo a “caixa preta das empresas” que detém a concessão pública do serviço. Depois de eleito voltou a falar no problema, mas, como peixe, nada. Nada de solução. 

A Câmara de vereadores rumina o problema desde o inicio da posse da nova legislatura, mas não digere nem engole. A maioria dos parlamentares se elegeram com a promessa de melhorar a condição do transporte coletivo que, para ser justo, vem se arrastando desde gestões e anteriores. A vereadora Michelle Melo (PDT) propõe o rigor de uma CPI que, não tarará solução prática nenhuma. As pessoas querem ônibus para ontem.

A ex-prefeita Socorro Neri ainda tentou fazer um aporte financeiro no sistema, mas sua ação foi interpretada no calor da campanha, inclusive pelo atual prefeito, como se ela quisesse presentar as empresas de ônibus com recursos do contribuinte.

Neri estava amparada por estudos e tinham o aval do Ministério Público e do Conselho Tarifário. Ao que parece, o prefeito está mais perdido do que cachorro de mudança quando cai do caminhão na estrada. Ônibus já!!

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Um dos maiores críticos da gestão do Governador Gladson Cameli, Candiru, gravou um vídeo onde fez duras críticas a respeito do abandono por parte do governo do estado à principal via do bairro Joafra que é de responsabilidade do Departamento Estadual de Água e Saneamento (DEPASA).

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.