Entre os vereadores que tiveram as viagens autorizadas estão: Rutênio Sá – PP [mais assessor] e Raimundo Castro -PSDB [mais assessor] que vão participar do curso “Controle e Fiscalização dos Recursos Públicos Municipais”; e Antônio Morais – PSB e Raimundo Neném – PSB no curso “Capacitação e Treinamento”, todos na cidade de Fortaleza, com saída no dia 26 de julho e retorno no dia 31.

Já o vereador de Rio Branco, Célio Gadelha (PSDB), foi autorizado pelo presidente da Câmara Municipal (CMRB), Capitão N. Lima (Progressistas) a viajar para São Paulo onde deve participar de um curso de “Ética Moral na Administração Pública” o vereador receberá diárias de quase R$ 4 mil.

O que chama atenção é que o mesmo curso ao qual Célio Gadelha fará em São Paulo, acontecerá em João Pessoa –PB, sendo que nesse os vereadores Hildegard Pascoal (PSL) e o seu assessor Yan da Silva Lima, assim como Raimundo Castro – PSDB e seu assessor; que estarão presentes e receberão cerca de R$ 6 mil em diárias.

Como assessor de Hildegard, Yan da Silva receberá R$ 3.206,19 pelos 6,5 dias de diárias. O valor de Yan é inferior em razão dele ser lotado como servidor da Casa Legislativa.

Atualmente, uma diária de vereador vale R$ 939,54 e a de um servidor da Casa vale R$ 493,26. Com salário de R$ 12 mil, cada parlamentar tem direito à contratação de até 12 assessores cujo as somas de seus salários cheguem no máximo até 30 mil.

Questionados pela opinião pública, o presidente da casa N. Lima – PP, disse que as diárias e viagens estão previstas no orçamento e que cada um dos parlamentares tem direito a 4 viagens durante o ano.

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O município de Bujari se Limita ao norte com o Amazonas, ao sul com o município de Rio Branco, a leste com o município de Porto Acre e a oeste com o município de Sena Madureira. Sua área é de 3.467,681 km², com uma densidade demográfica (hab/km²) de 3,00 , sendo que em 2010 possuía um IDHM de 0,589.

O município de Bujari originou-se no início de 1968/1969, por remanescentes indígenas que se integraram a sociedade ali instalada, com a construção da BR 364, trecho Rio Branco/Sena Madureira. Povoado elevado à categoria de Vila, em 1986. Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Bujari, pela Lei Estadual nº 1031, de 28 de abril de 1992, alterado pela Lei Estadual nº 1066, de 9 de dezembro de 1992, que o desmembrou de Rio Branco, assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.