Elenilson Oliveira Assessoria – O governador Gladson Cameli participou na tarde desta segunda-feira, 9, da cerimônia de reinauguração da Unidade da Defensoria Pública da União em Rio Branco. Na ocasião, ele destacou que o executivo não está acima de ninguém e que precisa das demais instituições para governar.

No prédio da instituição, o chefe do executivo agradeceu a todos que fazem cumprir a finalidade jurisdicional da Defensoria Pública da União, na promoção dos direitos humanos e a defesa dos direitos individuais e coletivos, como estabelece a Constituição Federal.

Também reiterou o compromisso do governo do Estado com as causas da sociedade, bem como reafirmou o princípio de unidade que rege a Defensoria Pública em todas as esferas. “Por isso, o nosso governo está à disposição para reforçar as parcerias necessárias entre o Estado e a União”, disse.

O govenador ainda destacou que, em menos de um ano, inaugurou a sede da Defensoria Estadual no município de Tarauacá, autorizou a construção da unidade no município de Xapuri, visando a oferta de serviços jurídicos, cíveis e criminais para a população. Também sancionou, em 2021, leis que garantem a estrutura para o aprimoramento na qualidade dos serviços ofertado pela instituição.

Gladson aproveitou para anunciar que está empenhado em apoiar a construção da sede própria de Defensoria Pública Estadual, em rio branco, por meio da doação de um terreno pelo Governo do Estado, já com sua transferência devidamente documentada.

Falas das autoridades

O defensor público, chefe da DPU no Acre, Matheus Alves do Nascimento, falou sobre a atuação e o cumprimento do papel constitucional da instituição no Acre, como na garantia do auxílio emergencial, nas demandas referentes à crise migratória e aos soldados da borracha.

“Nós vemos o quanto temos feito com esse trabalho de cinco defensores, cinco servidores e 11 terceirizados. E queremos fazer muito mais”, disse.

“É uma honra participar deste momento, compartilhar dos avanços e melhorias dessa instituição que é essencial a função do Estado e tem como missão a orientação jurídica, a promoção dos direitos humanos e dos direitos individuais e coletivos dos necessitados”.

“É com muita satisfação que hoje, nesta data em que reinauguramos esta unidade, que assim me encontro diante de tantos colegas e autoridades que historicamente tem endossado a história da luta pela defesa, implementação e consolidação da Defensoria Pública da União. As minhas palavras são em solidariedade às pessoas que estão sofrendo pela perda de entes queridos e também aos profissionais de saúde de todo o país, especialmente aos do admirável Sistema Único de Saúde, que com abnegação e coragem vêm salvando vidas em meio a essa crise humanitária”.

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O município de Bujari se Limita ao norte com o Amazonas, ao sul com o município de Rio Branco, a leste com o município de Porto Acre e a oeste com o município de Sena Madureira. Sua área é de 3.467,681 km², com uma densidade demográfica (hab/km²) de 3,00 , sendo que em 2010 possuía um IDHM de 0,589.

O município de Bujari originou-se no início de 1968/1969, por remanescentes indígenas que se integraram a sociedade ali instalada, com a construção da BR 364, trecho Rio Branco/Sena Madureira. Povoado elevado à categoria de Vila, em 1986. Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Bujari, pela Lei Estadual nº 1031, de 28 de abril de 1992, alterado pela Lei Estadual nº 1066, de 9 de dezembro de 1992, que o desmembrou de Rio Branco, assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.