Líder do Prefeito Sérgio Lopes na Câmara, vereador Nego também recebeu diárias da prefeitura de Epitaciolândia – Foto: Reprodução Redes Sociais – Vereador Nego

A redação do site 3 de Julho Notícias constatou através do Portal da Transparência da prefeitura de Epitaciolândia, que o líder do prefeito Sérgio Lopes (PSDB) na Câmara de Vereadores, Vereador Nego (PP), também recebeu boas diárias que juntas somam o valor exato de R$ 4.496,64 (quatro mil quatrocentos e noventa e seis reais e sessenta e quatro centavos).

Ao todos o vereador Nego recebeu onze diárias pagas pelo prefeito Sérgio Lopes neste seis primeiros meses do ano, com destinos para Porto Velho – RO e também para a zona rural do município que variam por valor unitário entre R$ 140,52 até R$ 1.030,48. Diárias estas que não estão inclusas nas matérias anteriores.

Vale destacar que além de vereador, Antônio José da Silva Batista também é servidor permanente da prefeitura, onde atua como motorista da secretaria de agricultura, mas o que chama a atenção foi o fato do motorista de agricultura transportar pacientes para o Hospital do Amor em Rondônia. 

Mas o que chamou a atenção foi que o vereador Nego se deslocou duas vezes para Porto Velho – RO com valores de diárias significativamente diferenciadas. Na sua primeira ida, o Líder do Prefeito recebeu duas diárias no valor de R$ 1.030,48 cada (R$ 2.060,96 no total), para se deslocar até Porto Velho – RO acompanhando o vice-prefeito Antônio Soares para receber insumos doados pelo TRT da 14 Região nos dias 6 e 7 de maio.

Já no mês de Julho, o vereador Nego se deslocou novamente para Porto Velho onde recebeu mais duas diárias desta vez no valor de R$ 468,40 cada (R$ 936,80 no total) para transportar os pacientes ao Hospital do Amor nos dias 12 e 13 de Julho.

Diante das duas situações fica a dúvida. Por que quando foi para o vereador Nego se deslocou para Porto Velho para acompanhar o vice-prefeito, ele recebeu duas diárias do valor de R$ 1,030,48 cada uma e quando foi para se descolar para Porto Velho com os pacientes ele recebeu duas diárias no valor de R$ 468,40 cada? Qual é o mistério?

São as mesmas viagens, com os mesmos períodos de tempo, mas com valores muito diferentes. Se descolou duas vezes para Porto Velho onde passou dois dias, em uma, Nego recebeu mais de 2 mil reais em duas diárias e na outra Nego recebeu pouco mais de R$ 900 reais em duas diárias. 

Cadê os motoristas da Secretaria de Saúde Prefeito?

Sabendo que o vereador Nego é motorista da agricultura deduzimos que este deve prestar seus relevantes serviços para a sua secretaria que é a Agricultura e não para a secretaria de saúde que deve ter seus motorista da pasta. Outra situação curiosa é o fato do transporte que leva esses pacientes para Rondônia ser abastecido pela Secretaria de Produção Abastecimento e Desenvolvimento Sustentável.

Onde estão as requisições de abastecimento da secretaria de saúde?

Se formos analisar algumas questões veremos que tem certas coisas que aparentam estar fora dos parâmetros na prefeitura de Epitaciolândia, pois a secretaria de saúde dispões de sua cota de combustível para suprir as necessidades da pasta como por exemplo abastecer veículos para transporte de pacientes em tratamento fora do domicílio. Já o transporte destes pacientes deve ser conduzido pelo motorista da saúde. 

Para entendermos melhor esta situação, tentamos contato com o vereador Líder do Prefeito na Câmara para que ele fizesse alguns esclarecimento a cerca do assunto mais até o presente momento não obtivemos êxito. Caso o vereador e o prefeito queira se pronunciar o espaço está aberto

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O município de Bujari se Limita ao norte com o Amazonas, ao sul com o município de Rio Branco, a leste com o município de Porto Acre e a oeste com o município de Sena Madureira. Sua área é de 3.467,681 km², com uma densidade demográfica (hab/km²) de 3,00 , sendo que em 2010 possuía um IDHM de 0,589.

O município de Bujari originou-se no início de 1968/1969, por remanescentes indígenas que se integraram a sociedade ali instalada, com a construção da BR 364, trecho Rio Branco/Sena Madureira. Povoado elevado à categoria de Vila, em 1986. Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Bujari, pela Lei Estadual nº 1031, de 28 de abril de 1992, alterado pela Lei Estadual nº 1066, de 9 de dezembro de 1992, que o desmembrou de Rio Branco, assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.