A mãe de um adolescente de 15 anos, que preferiu não se identificar, contou que o prefeito de São Simão, Francisco de Assis Peixoto (PSDB), fez várias videochamadas com o filho e, em uma delas, mostrou as partes íntimas. O político foi preso em Goiânia, na quarta-feira (28), durante cumprimento de mandado de prisão. Ele é investigado por suspeita de envolvimento em crime contra a dignidade sexual de menor. Do G1 Goiás.

Em nota, a assessoria de imprensa da prefeitura disse que as acusações são “infundadas” e que serão esclarecidas ao longo das investigações. A reportagem também solicitou uma posição ao partido e aguarda um retorno.

“Ele fez outra videochamada, aí mostrando as partes íntimas dele. Teve outra videochamada, só que meu filho foi tão inteligente que ele gravou a chamada. Falei: ‘meu filho, isso é caso de polícia, não está certo’”, contou a mãe.

Em um print da chamada é possível ver o rosto do prefeito. Após fazer a gravação, a mulher procurou o Conselho Municipal de Segurança Pública para pedir ajuda. A presidente do conselho, Vanessa Lima Araújo, entregou o celular do adolescente para o promotor de Justiça investigar o caso.

A mãe contou que o prefeito se aproximou do filho por meio de mensagens de celular. “Meu filho recebeu uma mensagem escrita: ‘bem-vindo’. Ele perguntou quem era. Aí ele se identificou e falou: ‘é o Assis’. Meu filho perguntou se era o prefeito. Ele respondeu que sim”, explicou.

A data de início da investigação não foi informada porque o processo corre em segredo de Justiça, mas a presidente do conselho diz que recebeu seis denúncias de abuso sexual envolvendo o nome do prefeito nos últimos seis dias.

São casos recentes e antigos, segundo a presidente, que fez comparação com o início das investigações do homem que se dizia médium e fazia atendimentos Abadiânia, também em Goiás.

“Aqui, eu falo que deu o efeito João de Deus. Uma pessoa teve coragem de se expor primeiro. Tenho recebido várias denúncias. As pessoas têm me procurado e tem procurado diretamente o MP também”, contou Vanessa Araújo.

Veja os crimes em que Assis Peixoto é investigado:

Artigo 241A do Estatuto da Criança e do Adolescente: Oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, distribuir, publicar ou divulgar por qualquer meio, inclusive por meio de sistema de informática ou telemático, fotografia, vídeo ou outro registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente. A pena é de prisão de quatro a oito anos, e multa;

Artigo 215A da Lei 2848: Praticar contra alguém e sem a sua anuência ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro, com pena de reclusão de um a cinco anos de prisão.

Busca e apreensão

Na quarta-feira (28), a promotoria de Justiça e a Polícia civil cumpriram três mandados de busca e apreensão na prefeitura e em um hotel de parentes do prefeito. O promotor Fabrício Lamas, porém, não falou quais objetos foram apreendidos.

O presidente da Câmara Municipal da cidade, Lucas Barbosa Vasconcelos, enviou um ofício à promotoria pedindo mais detalhes sobre a denúncia para que as informações sejam analisadas para futuras providências

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Seringal urbano – Localizado no bairro Seis de Agosto, região central de Rio Branco, o Parque Capitão Ciríaco é o único seringal urbano do mundo. Pertenceu ao capitão Ciríaco Joaquim de Almeida, que esteve envolvido no movimento político conhecido como Revolução Acreana (1899 – 1903). Por seu valor histórico e ambiental, o espaço foi transformado em atração turística de Rio Branco em agosto de 1994. 

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.