Bolsonaro realiza novo bloqueio e corte na educação já chega a R$ 6,1 bi – Foto: Brasil.com.br

Os organizadores marcaram para o sábado dia 24 de julho um ato que além de manifestar contra as ingerências do governo Boslonaro, terá um momento de homenagem às mais de 500 mil pessoas vítimas da covid-19

No dia 19 de junho, aconteceu o primeiro ato contra Bolsonaro em Cruzeiro do Sul, que acompanhou centenas de cidades que saíram às ruas para pedir o Impeachment do presidente. Com pouca mobilização, o ato foi tímido, mas os organizadores prometem intensificar a convocação, pois querem aproveitar para repudiar aprovação do Fundão Eleitoral de 6 Bilhões aprovado pelo congresso nacional, além de questionar o desemprego, a miséria e carestia na região; que tem o Gás e Gasolina mais cara do país.

O ato deste sábado acontece em todos os estados do País, sendo convocado pela UNE – União Nacional dos Estudantes, demais entidades de Movimentos Sociais e Centrais Sindicais. Na semana passada, apoiadores do presidente Bolsonaro realizaram a primeira Motociata no Acre, reunindo centenas de motos e veículos, onde os mesmos defendiam o governo e suas poucas ações e pediam o voto impresso nas eleições de 2022.

Veja a Nota de Convocação

Neste dia 24 de julho, Cruzeiro do Sul se manifestará contra o (DES) governo de Bolsonaro! Nossa luta é, acima de tudo pela VIDA. São mais de 500.000 brasileiros mortos pela covid-19, sendo que a ciência já mostrou que pelo menos, 400.000 delas poderiam estar VIVAS, não fosse a omissão do governo federal na compra da vacina, já disponível e insistentemente oferecida. Enquanto queríamos vacina, com uma média de 3.000 mortes por dia, o (DES) governo procurava propina e isso a CPI da Pandemia já tem elementos mais do que suficientes para provar.

Somado a essa questão, lutamos também contra as políticas neoliberais privatistas, que favorecem um pequeno grupo social, ao passo que cerca de 14,8 milhões de brasileiros estão desempregados e 19 milhões passam fome. Em meio a este cenário, a base bolsonarista no Congresso Nacional aprova a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que praticamente triplica o montante previsto para o Fundo Eleitoral, passando de cerca de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões. Para além disso, a educação pública, as Instituições de Ensino Superior e em especial as Universidade públicas que são responsáveis por mais de 95% da produção científica no Brasil estão sendo duramente atacadas por esse (DES) governo. Ataques das mais diversas ordens, que vão desde os drásticos cortes de recursos orçamentários, à perseguição de professores que se opõem a este cenário de desmonte dos direitos sociais.

Vamos mais uma vez nos unir para protestar contra o NEGACIONISMO que assola esse (DES) governo, que para além dos atos acima elencados, instituiu uma política antiambientalista de destruição da Amazônia, que tem cerca de 12 milhões de hectares de florestas tropicais desaparecidas em 2018.

Como não nos revoltarmos contra os crimes, o genocídio, os preços abusivos – principalmente dos alimentos – e o negacionismo desse (DES) governo? É por todas essas causas mais do que justas, que voltaremos às ruas neste sábado, dia 24 de julho. Você que, assim como nós, é contra todo esse desmonte, junte-se a nós. Nossa manifestação terá início às 16:30h, na Escola São José. Ao final da caminhada, faremos uma homenagem às mais de 500 mil vidas perdidas para a COVID-19.

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo: Um vídeo exclusivo foi divulgado por Leo Dias, nele o DJ Ivis aparece chorando e pedindo perdão a ex-mulher Pamella e a todas as mulheres. Segundo as informações, a gravação desse vídeo aconteceu 20 minutos antes de sua prisão. A intenção de Ivis, ao reconhecer os erros que cometeu, era pedir perdão a Pamella Holanda, sua ex-esposa, a todas as mulheres e aos fãs.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo: O Horto Florestal foi fundado como Horto Municipal em 1974 e se caracteriza como um Parque Urbano de 17 hectares de área que se localiza a 5 km do centro da cidade de Rio Branco e às margens do Igarapé São Francisco.

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.