O gasto de dinheiro público com Hotel em Brasiléia sem justificativa e com valores elevados diante da crise da Pandemia que enfrenta o município – Foto: Assessoria PMB e Câmara de Brasileia

A prefeita do Município de Brasileia, Fernanda Hassem (PT), registrou no Diário Oficial do Estado um Pregão Presencial Sistema de Registro de Preço 003/2021, para uma futura contratação de uma Micro Empresa Individual (MEI), sendo ela Maria Olívia Lima Costa portadora do CNPJ Nº 20.125.457/0001-30.

O autor da denúncia, vereador Leomar Barbosa (PSD), disse à redação do site 3 de Julho que vai denunciar o caso no Ministério Público Estadual (MP/AC). “Isto é um absurdo o que esta administração está fazendo com o dinheiro do povo gastando mais de 90 mil com hotel. Nós vereadores não podemos nos calar diante deste caso vergonhoso, vou apurar e levar o caso adiante”, disse o parlamentar.

O registro de preços para a futura contratação da microempresa Delicias Da Tia Maria que deverá prestar serviços de hospedagens, a fim de atender as “necessidades” da Prefeitura de Brasileia, foi feito no valor total de R$ 93.000,00 (noventa e três mil reais), onde R$ 54.000,00 (cinquenta e quatro mil reais) é para hospedagem de apartamento simples (solteiro) e R$ 39.000,00 (trinta e nove mil reais) será para apartamento duplo (casal).

Vale ressaltar que a Ata do pregão no valor total de R$ 93.000,00 tem validade de 12 meses, o que significa que a prefeitura deverá suprir suas necessidades hoteleiras no prazo de um ano. Mas a pergunta que fica é. Quem irá se hospedar no que podemos deduzir ser um hotel ou outro tipo de alojamento temporário? E que local de hospedagem seria este? Já que a prefeitura não especificou.

A redação do site 3 de Julho Notícias verificou mais a fundo e percebeu que para a prefeitura de Brasileia utilizar as 600 vagas que corresponde ao valor de R$ 54.000,00 reais em um ano eles devem hospedar 50 pessoas por mês durante um ano, isso porque o valor diário do apartamento simples é de R$ 90,00 (noventa reais).

Já em se tratando do apartamento duplo (casal), a prefeitura deverá hospedar 25 casais por mês durante todo o ano ou se preferir poderá hospedar 300 casais de uma vez só. o Fato é que as 300 vagas de alojamento deverá ser ocupada em 12 meses que é o que corresponde ao valor de R$ 39.000,00 já que o valor diário do apartamento para casal é R$ 130,00 (cento e trinta reais).

A dúvida é. Quem são esses 300 casais que deverão se hospedar em Brasileia as custas da prefeitura, hospedagem estas pagas com o dinheiro do povo? Mas quem irá se hospedar nessas 900 vagas “com direito a: ar condicionado, Televisão, Frigobar, Chuveiro elétrico e café da manhã incluso” já que a prefeita tem residência fixa no município e todos os servidores da prefeitura também têm? E mesmo que não tivessem, deveriam suprir suas necessidades por conta própria.

Tomar um bom café da manhã

Será que quem tem problemas para resolver em Brasileia e não tem onde ficar deve procurar a prefeitura em busca de um local para se hospedar já que a prefeitura dispões de 900 vagas em hotel ou pousada?

Veja a documentação abaixo

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A redação do site 3 de Julho Notícias recebeu mais uma denúncia onde um vídeo, que mostra o momento exato em que uma máquina da prefeitura de Brasileia está mais uma vez realizando trabalhos particulares, nos foi enviado mostrando a veracidade dos fatos. Além de toda a demanda na infraestrutura do município de Brasileia, as máquinas da prefeitura estão tendo que atender demandas particulares na cidade. 

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.