A entrada do professor Minoru Kinpara no cenário político fazendo dobradinha para o Senado com Sérgio Petecão (PSD) {candidato ao governo}, força o PT a ter candidato competitivo a governador, levando a eleição para o 2º turno.

Minoru, que disputou a eleição para o Senado e para prefeito no ano passado, entrou no PSD afastando os petistas que queriam uma aliança informal Petecão-Jorge Viana ao Senado.

A candidatura de Minoru dará a estrutura partidária da Foz do Breu a Assis Brasil, que ele não teve quando disputou em 2018. Além disso, recebe apoio de dissidentes governistas, por exemplo, do prefeito Mazinho Serafim e outros emedebistas insatisfeitos com os rumos do partido.

Para o governador Gladson Cameli a ida de Minoru para o PSD pouco importa. Na verdade, não é tão ruim, já que os petistas apaixonados por Sérgio Petecão {com a entrada de Minoru} tiveram a primeira desilusão.

Segmentos do PT achavam que poderiam rotear a candidatura de Jorge com a de Petecão. Mais uma vez Minoru entra em rota de colisão com antigos companheiros de partido. Melou o jogo.

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Na íntegra, documentário produzido por Medeiros Filmes, em 1949, durante o governo do coronel José Guiomard dos Santos, com direção de Francisco J. Ferreira. “Este filme vem a ser um relatório cinematográfico do Território Federal do Acre cujas terras ficam muito longe do litoral brasileiro, a cerca de cinco mil quilômetros de Belém do Pará, principal mercado de abastecimento da Planície Amazônica”, explica-se logo no começo.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.