Surbhi sofreu um ataque cardíaco no momento em que realizava um ritual tradicional com o futuro marido, Mangesh Kumar  – Foto: Reprodução

A Índia é conhecida por seus casamentos arranjados e pelo machismo que trata as mulheres como mercadorias. Um exemplo, é este caso que ocorreu em Uttar Pradesh, norte da Índia.

Durante a cerimônia, a nova teve um ataque cardíaco e faleceu. Eles colocaram o corpo dela em um quarto e o noivo decidiu continuar o casamento com a irmã mais nova dela.

De acordo com agência de notícias IANS, o tio da noiva afirmou casar com o novo casal foi ‘uma decisão difícil’ para sua família. “Uma filha estava morta em um quarto e o casamento de outra filha estava sendo solenizado no outro quarto. Nunca testemunhamos emoções tão confusas”, afirmou.

“A tristeza pela morte dela e a felicidade do casamento ainda não foram assimiladas”, comentou.

O irmão da nova ainda acrescentou que eles “não sabiam o que fazer naquela situação” a ​​princípio. As duas famílias se sentaram juntas e alguém sugeriu que minha irmã mais nova, Nisha, se casasse com o noivo. As famílias discutiram o assunto e ambas concordaram”.

Uma noiva morreu durante a cerimónia de casamento em Uttar Pradesh, na Índia – Foto: Getty Images

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Durante depoimento da médica à CPI, o senador Otto Alencar revelou que a médica conselheira de Bolsonaro não tem apreço pela ciência: “A senhora apostou em uma droga que podia dar certo ou não. E a ciência, por mais que a senhora tenha curso, não admite isso: querer apostar no escuro”.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.