Um homem de 59 anos foi preso nessa terça-feira (1) pela Polícia Civil em uma comunidade rural no Rio Paraná dos Mouras, zona rural de Rodrigues Alves, interior do Acre, por suspeita de estuprar a filha quando ela tinha 12 anos. O crime ocorreu em 2016 e atualmente a vítima está com 17 anos.

Conforme o delegado responsável pelo caso, José Obetaneo dos Santos, a prisão ocorreu por força de um mandado de prisão preventiva contra o suspeito por estupro de vulnerável. Antes disso, ele estava respondendo ao processo em liberdade.

A menina de 12 anos chegou a ficar grávida do pai. De acordo com o delegado, o bebê morreu antes de completar um ano de vida.

O crime foi denunciado na época à polícia por familiares e moradores da comunidade. O homem nega que tenha praticado o estupro contra a filha, no entanto, segundo o delegado, a menina passou por todos os exames, na época, que comprovaram o crime.

Para o cumprimento do mandado de prisão, foram dois dias de viagem até a casa do homem. “Agora ele foi capturado e encaminhado ao presídio de Manoel Neri, em Cruzeiro do Sul”, disse o delegado. Com informações do G1 Acre.

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Durante depoimento da médica à CPI, o senador Otto Alencar revelou que a médica conselheira de Bolsonaro não tem apreço pela ciência: “A senhora apostou em uma droga que podia dar certo ou não. E a ciência, por mais que a senhora tenha curso, não admite isso: querer apostar no escuro”.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.