A Polícia Militar em 2005 formou seus primeiros oficiais, em solo acreano. Feito que se repetiu novamente, com a turma de 2017 – Foto: Arquivo PMAC.

Assessoria – Um dos maiores símbolos históricos do Acre, a Polícia Militar (PMAC) completa nesta terça-feira, 25 de maio, seus 105 anos de fundação. Com presença marcante e efetiva em cada recanto deste estado, é uma instituição que tem sua história estritamente ligada à construção, desenvolvimento e afirmação do que hoje é o nosso estado do Acre.

Composta por homens e mulheres, muitos deles filhos da nossa terra, e outros que adotaram o Acre como seu lar e aqui fixaram morada, a PMAC tem, desde os seus primórdios, em 1916, um imenso orgulho de fazer parte da história do Estado, um sentimento que remonta ao seu Patrono, Coronel Plácido de Castro, que lutou e teve como ideal tornar o Acre Brasileiro.

Cada mudança política pela qual passou o Brasil refletiu diretamente no então Território do Acre e, consequentemente, na conjuntura do que a época era o embrião da instituição, as Companhias Regionais. Perpassando pelas mudanças de nomenclaturas, Força Policial Territorial do Acre, Guarda Territorial, chegamos ao que hoje conhecemos como Polícia Militar do Acre, em 1963, após a promulgação da Primeira Constituição do Estado.

Os primeiros integrantes da corporação foram essenciais para a formação histórica e a construção propriamente dita do Estado, já que também foram empregados na construção civil, como na pavimentação de ruas e obras de prédios públicos, além de atuarem na manutenção da ordem e da segurança pública.

Fase atual

Na conjuntura atual da corporação, muitos fatos históricos foram marcantes, como, por exemplo, a formação dos primeiros policiais militares, em Taubaté, São Paulo, e de oficiais nas diferentes academias militares do país. Com a criação do Centro Integrado de Ensino e Pesquisa (Cieps), a Polícia Militar do Acre pôde proporcionar a capacitação técnica de seu corpo profissional em solo acreano, especialmente às turmas de Oficiais de 2005 e 2017, além da melhoria nos cursos de formação e de aprimoramentos da carreira.

Também marcou a história da caserna, a incorporação das mulheres nas fileiras da instituição, em 1985. As pioneiras, como são conhecidas, abriram espaço para que hoje as mulheres estejam nos mais altos postos da instituição, com tomadas de decisões importantes, bem como de serem destaque em cursos operacionais e em unidades especializadas.

Outro passo importante na história da Briosa, como é chamada carinhosamente por seus integrantes, foi a criação das unidades especializadas. Podemos citar a Companhia de Operações Especiais (COE) em 1996, que se tornou batalhão (Bope) e atualmente abriga diversas companhias, e a Companhia de Trânsito, em 2008, atual Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran).

A criação do Colégio Militar Tiradentes, era outro anseio da tropa, que se fez realidade em 2017 e se estende também a comunidade acreana, ao oferecer um ensino diferenciado, com base na doutrina de hierarquia e disciplina. A escola já é destaque no ambiente educacional do estado e do país.

Visão de futuro

Para os próximos anos, tem-se buscado cada vez mais o aprimoramento técnico da corporação e de seus profissionais. Em 2020, o comando reuniu oficiais e especialistas de diversas áreas em um seminário de planejamento estratégico, no qual definiu-se objetivos a curto, médio e longo prazo, para alcançar a excelência na prestação dos serviços de Segurança Pública com ênfase na prevenção.

A mais recente conquista da PMAC foi a tão aguardada e sonhada reforma Quartel do Comando Geral (QCG), um dos prédios mais antigos do Estado, que há muito tempo apresentava vários problemas estruturais. Finalmente colocada em prática, as obras seguem a todo o vapor e devem ser concluídas no início de 2022.

Para o comandante-geral, coronel Paulo César Gomes, a corporação tem dado passos gigantes em nível de qualidade de serviço operacional, mas também na área de gestão institucional.

“A reforma do QCG é apenas mais uma das várias ações de revitalização das nossas unidades previstas para os próximos dois anos. Essas ações buscam melhorar as condições ofertadas aos policiais para prestarem seus serviços, bem como ressignificar nossa presença em todos os municípios. Quanto à qualificação, sabemos que possuímos uma tropa altamente preparada, mas temos sempre que buscar novas técnicas, ações e tecnologias para melhor ofertar segurança pública à população do nosso estado”, afirma o comandante.

E veja no Plantão 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O senador Márcio Bittar fala sobre o orçamento das BRs 364 e 317 ambas de responsabilidade do governo federal e complementa criticando as obras na era do Partido dos Trabalhadores.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.