Em uma reunião, na sede do Deracre de Cruzeiro do Sul, nesta terça-feira (18) representantes das associações de produtores e do Sindicato dos Trabalhadores Rurais debateram com os gestores do Deracre, da prefeitura e vereadores sobre as estratégias para a recuperação de ramais durante este ano. No encontro ficou definido que os serviços serão iniciados a partir do dia 15 de junho sob a responsabilidade do governo do estado com o apoio do município.

O Sindicato Rural convocou as lideranças das comunidades rurais e as autoridades do estado e do município para apresentar uma série de propostas dos moradores dos ramais.

Entre as solicitações estão, a manutenção de equipes permanentes para apoio aos moradores nas necessidades emergenciais, em casos de surgimento de atoleiros, queda de pontes e outras situações que comprometam o tráfego nas estradas, a recuperação, reabertura e o imediato início dos serviços de manutenção dos ramais.

O diretor do Deracre, Luciano Oliveira, afirmou que, dentro das limitações do governo, as reivindicações serão atendidas e garantiu que as máquinas estão sendo preparadas para iniciar os serviços à partir do dia 15 de junho.

Os secretários municipais de Obras, Josinaldo Batista, de Agricultura, Elenildo Nascimento e José Maria de Souza, de Articulação, representaram o prefeito Zequinha Lima diante dos produtores. “A determinação do Prefeito Zequinha Lima é que o município será aliado do governo na recuperação dos Ramais”, disse José Maria.

Além de formar parceria com o estado para melhorar os ramais mais distantes, a Prefeitura também será responsável pela recuperação das estradas mais perto, que ficam nas adjacências da cidade,”garantiu o Secretário municipal de obras Josinaldo Batista.

E veja Neste Plantão do 3 de Julho Notícias

No vídeo, a farmacêutica afirmou que a vereador Neiva faltou com a verdade quando disse que o medicamento vencido que ela portava era da farmácia, a profissional afirmou também que tratava-se de lotes diferente do da farmácia e com validade também diferente e que portanto não era o lote da farmácia e que não era o medicamento deles. Ainda no vídeo, a farmacêutica afirmou que solicitou direito de resposta na câmara e que havia registrado boletim de ocorrência por conta desta situação.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo: 

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.