Ao contrário do que inicialmente a comunidade científica do país acreditava, o Dr. Edson Vivanco, especialista em esqueletos, afirma que as estranhas múmias de 1.700 anos, encontradas em Nazca, no Peru, não seriam uma fraude.

“Não há nada que comprove que elas sejam uma fraude ou que os corpos tenham sido modificados de alguma maneira. Acredito que elas sejam reais”, declarou o cientista.

Vivanco faz parte de uma equipe que investiga a origem de cinco estranhas criaturas, cujos restos mumificados apresentam crânios alongados, torsos finos e membros com apenas três dedos, datados de 1.700 anos de idade. “Há muitos detalhes que indicam que os corpos são reais. E, em minha opinião, não se trata de seres humanos”, afirmou.

Diante das acusações de fraude por parte dos cientistas peruanos, Vivanco declarou que muitos médicos fizeram considerações sem estudar o corpo, ao qual não tiveram acesso.

“Se forem falsos, seremos os primeiros a dizê-lo, mas agora estamos analisando as evidências”. De acordo com o especialista, tomografias computadorizadas determinaram que não há indícios de modificações, fraturas ou fissuras que comprovem manipulação humana. Com informações de Infobae.

E veja Também no Plantão 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Em seu segundo mandato de prefeita, Fernanda Hassem está deixando a desejar. Não está cumprindo os acordos firmado inclusive este na comunidade Quixadá no km 26, e também vários espaços públicos do município estão abandonado como é o caso da quadra do bairro José Moreira, conforme foi denunciado pelo Vereador Leomar Barbosa.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo: 

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.