A australiana decidiu então gravar os encontros e compartilhar esses momentos no TikTok –  Foto: Reprodução

Suzana Camargo / Conexão Planeta – Quando o número de casos de Covid-19 começou a aumentar na Austrália, no ano passado, a gerente de marketing Katrina Smith que morava em Melbourne resolveu alugar uma casa longe da cidade e rumou para a costa da região de Victoria, próximo a uma floresta.

A Austrália possui uma diversidade enorme de aves. O país é o habitat de cerca de 830 espécies e quando levado em conta as ilhas vizinhas, quase uma em cada dez das 10 mil espécies de aves vivas do mundo estão naquele lado do mundo. E aproximadamente 45% delas são endêmicas dali, ou seja, só existem lá e em nenhum outro lugar do planeta.

Então, não foi muito surpresa quando Katrina começou a receber a “visita” simpática e colorida de alguns pássaros em sua varanda. Diariamente eles apareciam ali, sem mostrar timidez nenhuma, e parecendo bem felizes com a companhia humana.

@birdsofoz

Offerings for Mabel 🌸

♬ original sound – Birds of Oz

A australiana decidiu então gravar os encontros e compartilhar esses momentos no TikTok. E o resultado foi surpreendente, como ela contou à rede BBC (assista vídeo abaixo, em inglês).

Em seu perfil nesta rede social, o Birds of Oz, Katrina já conquistou quase 650 mil seguidores. Alguns vídeos têm mais de 1,5 milhão de visualizões. Este aqui, logo a seguir, já foi assistido por 20 milhões de internautas.

Katrina conta que nunca tinha usado o TikTok antes. Não acreditou quando percebeu que seus vídeos estavam fazendo tanto sucesso. À medida que ela vai conhecendo as aves, dá nomes a elas. Cada uma tem uma cor diferente, uma característica marcante, como suas vocalizações, por exemplo.

A australiana que tinha mudado temporariamente para outra cidade e planejava voltar para Melbourne, agora não sabe bem ao certo quais são os planos para o futuro. “Descobri que somos muito privilegiados de morar aqui”, diz.

Veja o Vídeo:

E veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Será distribuído gratuitamente nas escolas municipais de Bujari o livro infanto-juvenil “Bujari. De Seringal a Município” de autoria dos irmão, Tito Torres e Mário Torres, fruto de uma parceria entre a Fundação Elias Mansour, Governo do Acre e Governo Federal. Visando levar mais conhecimento sobre a origem da cidade aos alunos.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo: 

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.