Assessoria – Uma equipe do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into- AC) recebeu, no último fim de semana, uma capacitação do programa Melhor em Casa sobre seu fluxo de admissão e também sobre oxigenoterapia, que é um tratamento que fornece oxigênio extra para o paciente inspirar e tem como objetivo aumentar ou manter a saturação de oxigênio acima de 90%, que é o ideal para a saúde.

O programa Melhor em Casa é desenvolvido por uma equipe multidisciplinar, dentre eles, o assistente social.  ”Um dos objetivos do programa é promover o contato mais próximo entre paciente e familiares, pois ele estará recebendo os cuidados hospitalares em sua casa. Este foi um momento de aprendizado, para conhecermos a finalidade do programa e seus critérios de acesso”, pontua a assistente social Rosiane Borges.

A apresentação visa esclarecer as dúvidas dos profissionais do Into-AC, especialmente do Serviço Social, quanto ao fluxo do programa, que funciona de segunda a sexta-feira, em horário comercial. No estado, o Melhor em Casa possui três equipes, duas em Rio Branco e uma em Cruzeiro do Sul.

O Melhor em Casa é regido por portaria do Ministério da Saúde e delimita a forma de atuação das equipes em nível nacional. “Enquanto nós atendemos os pacientes de alta complexidade, sobretudo com traqueostomia e gastrostomia ou ventilação mecânica no domicílio, o Município atende os pacientes com sonda nasoenteral ou gastrostomia”, explica Jomara Martins, coordenadora do programa.

Sobre o conhecimento adquirido e sua utilização, Rosiane Borges acrescenta: “O assistente social atua junto com a equipe multidisciplinar na inserção do paciente. O profissional é quem faz o estudo socioeconômico e da família, uma vez que não basta apenas o paciente estar dentro dos critérios de acesso, mas as condições físicas e de infraestrutura do local onde o paciente será recebido devem também seguir alguns critérios”.

E veja Também no Plantão 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O ex-secretário adjunto da SEE, Moisés, não deixou por menos e disparou: “O nosso vice-governador questiona a compra de tonner, quando não há aula presencial, mas nenhum assessor do vice lhe disse que são milhares de cartilhas entregues encadernadas aos professores? Sobre a compra de ventiladores, o Acre inteiro sabe que ainda tem muitas escolas sem ar-condicionado”, esclarece.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo: 

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.