O infectologista e deputado estadual Jenilson Leite e o enfermeiro e vereador Adailton Cruz, ambos do (PSB) acionaram ainda na noite de sexta-feira o Ministério Público Estadual contra a decisão do secretário de Saúde de Rio Branco, Frank Lima, que suspendeu a vacinação nos finais de semana, devido o Lockdown decretado pelo governo estadual.

Na ação, o deputado afirma que o Lockdown não impede a vacinação das pessoas. “Não tem cabimento suspender a vacinação nos finais de semana. Um dia que se deixa de vacinar cem pessoas, são cem que podem se infectar, adoecer e morrer, Rio Branco será a única cidade do mundo que quer trocar uma saída definitiva para resolver a pandemia, que é a vacinação, por uma medida meia boca. Lockdown não impede a circulação das pessoas a irem aos postos de saúde, no drive-thru. Por isso pedimos ao Ministério Público que seja mantido a vacinação, amanhã, no sábado (27)”, declarou o infectologista.

O vereador Adailton Cruz, diz que isso é uma falta de respeito com a população, atrasar vacinação por causa de lockdown. “Eu nunca tinha visto isso, você suspender vacina quando o mundo inteiro tá querendo ser vacinado”, finaliza.

E veja também no 3 de Julho Noticias:

Veja o Vídeo Abaixo: Bolsonaro disse por várias vezes que não iria comprar vacina. Agora está passando vexame, depois que o Brasil registrou mais de 300 mil morte. A deputada diz que Presidente Bolsonaro é culpado pelo atraso da vacinação nos Brasileiros.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.