Trabalhador da Energisa foi morto a tiros durante assalto em ramal no interior do Acre em julho do ano passado — Foto: Arquivo pessoal

Após menos de oito meses do crime, a Vara Criminal da Comarca de Capixaba condenou Wenderson Silva Oliveira a 28 anos de prisão, em regime inicial fechado, pela morte do jovem José Wilker Rodrigues, de 21 anos, que era prestador de serviços da Energisa Acre. O crime ocorreu em julho do ano passado na zona rural do município de Capixaba, no interior do Acre.

Oliveira foi condenado pelos crimes de latrocínio, ocultação de cadáver e corrupção de menor. A decisão da juíza Louise Kristina Santana foi divulgada nesta segunda-feira (22) pelo Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC).

“As circunstâncias foram relevantes para os dois crimes. Tudo foi premeditado. A subtração de pertences da vítima era conduta que estava sendo arquitetada pelo réu e seus comparsas antes. Dois meses antes dos fatos a conduta da vítima vinha sendo observada. A vítima foi alvejada com um disparo de arma de fogo que pegou a parte esquerda das costas, vindo a falecer. Trata-se de atitude covarde, não possibilitando reação da vítima, eis que foi pega de surpresa”, diz trecho da sentença.

O advogado de Oliveira, Gelson Gonçalves Junior, informou que vai recorrer da decisão de condenação.

Inscreva-se na Página do Facebook 3 de Julho Notíci, Twitter 3 de Julho Notícias e seja membro e assista aos Vídeo do Youtube no 3 de Julho Notícias.

Enterrado em cova rasa

O corpo de Rodrigues foi achado no dia 24 de julho do ano passado em uma plantação de bananas dentro de uma cova rasa. Naquele dia, o suspeito foi preso e chegou a mostrar à polícia o local onde a vítima estava e confessou o crime.

Rodrigues foi morto com um tiro no Ramal do Raildo, zona rural de Capixaba. Familiares do rapaz ficaram preocupados que ele não chegou em casa do trabalho e acionaram a polícia. A partir de então, as polícias Civil e Militar passaram a fazer buscas. Todos os meses, ele ia ao local para fazer a leitura dos padrões de energia.

Segundo o processo, após atirar no rapaz, o réu escondeu a motocicleta da vítima em um matagal e algumas peças em sua residência. Os objetos foram localizados pela polícia.

Ainda na decisão, a juíza determinou o desmembramento da condenação em relação ao outro acusado de participação no crime, Raimundo Nonato Oliveira, que, segundo ela, está foragido. Portanto, este deve ser julgado em um segundo momento.

Em nota, a Energisa lamentou a morte do rapaz, que era funcionário da empresa terceirizada Control. “A contratada Control está prestando todo o apoio à família nesse momento”, resumiu. Do G1 Acre.

E veja também no Plantão 3 de Julho Noticias:

Veja o Vídeo Abaixo: Após a forte chuva que caiu na região do Alto Acre, um trecho da BR-317, na altura do km 264, a 28 km do município de Epitaciolândia, rompeu totalmente e deixou pelo menos três cidades isolada na região: Epitaciolândia, Brasiléia e Assis Brasil.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.