O governador Gladson Cameli e o presidente do Banco da Amazônia, Valdecir Tose, celebraram, nesta quarta-feira, 17, a assinatura de um protocolo de intenções com o objetivo de impulsionar o desenvolvimento do Acre por meio do Plano de Aplicação de Recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO) e do Plano de Aplicação dos Recursos Financeiros do Estado para 2021.

A iniciativa do banco estatal visa fomentar setores produtivos, como a indústria, comércio e o agronegócio, de forma sustentável para a geração de riquezas e melhoria da qualidade de vida da população acreana. 

Para este ano, a instituição financeira disponibilizará R$ 470,1 milhões em linhas de crédito somente para o Acre. Desse montante, R$ 378,4 milhões são do FNO e outros R$ 91,6 milhões para os demais programas de financiamento do banco. O Estado contará ainda com mais R$ 160,5 milhões, que poderão ser utilizados de acordo com a demanda, e os estados da região terão disponíveis R$ 10 milhões em recursos para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Em sua fala, Cameli parabenizou a disposição do Banco da Amazônia em contribuir com o progresso do Acre e afirmou que programas como esse têm o total apoio de seu governo. Para o chefe do Poder Executivo, a burocracia precisa ser superada para que mais pessoas tenham acesso ao crédito.

“Gostaria de parabenizar o Banco da Amazônia, assim como a Sudam e a Suframa, por esse importante investimento em nosso estado. São instituições que conhecem a nossa realidade e sei o quanto estão empenhadas em promover o desenvolvimento e ajudar os 27 milhões de habitantes da região. Não podemos aceitar mais que a burocracia nos impeça de crescer”, argumentou.

Gladson lembrou ainda que é possível alcançar prosperidade e respeitar o meio ambiente. Com 80% de cobertura florestal, o Acre assevera a declaração do gestor. “Temos terra fértil e muitos outros fatores que nos colocam em posição privilegiada. “Este governo apoia o agronegócio, desde que seja sustentável. Sabemos que isso é possível e apostamos muito no setor para transformar a realidade”, disse.

O presidente do Banco da Amazônia fez um retrospecto dos investimentos realizados nos estados onde a instituição atuou em 2020. Foram cerca de R$ 11 bilhões em aplicações de linha de crédito para diversos setores da economia. Somente no Acre, o valor corresponde a R$ 288 milhões.

“Do total de empréstimos realizados no Acre, o valor liberado pelo Banco da Amazônia corresponde a 33%. Queremos continuar investindo no estado com o FNO e ainda contribuindo com projetos de infraestrutura, saneamento e iluminação pública. Um dos nossos maiores desafios é contra o desmatamento e, ao mesmo tempo, apoiar atividades que sejam sustentáveis”, revelou.

Valdecir Tose pontuou também a contribuição da instituição durante a pandemia de Covid-19. A mais significativa é a suspensão do pagamento das parcelas do FNO. O gestor confirmou ainda que o Banco da Amazônia está à disposição do governo para cooperar com o desenvolvimento do estado.

Realizada por meio de videoconferência, a reunião contou com a participação do Superintendente da Zona Franca de Manaus, Algacir Polsin; do diretor de Planejamento e Articulação de Políticas da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), André Azevedo; do secretário de Produção e Agronegócio, Edivan Azevedo; da secretária de Turismo e Empreendedorismo, Eliane Sinhasique; e do secretário de Indústria, Ciência e Tecnologia, Anderson Lima.

E veja também no Plantão 3 de julho noticias:

Veja o Vídeo Abaixo: Polícia arrasta trabalhadores que protestam contra salários atrasados na Semsur; Prefeito Bocalom diz que tem irregularidades e PM diz que ação foi a pedido da prefeitura.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.