A deputada estadual Maria Antônia (PROS) aproveitou a sessão que aconteceu de forma virtual, para reiterar o pedido de apoio do Governo do Estado para que ajude a sede do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (MORHAN) que se encontra com muitas dificuldades em sua estrutura.

A parlamentar já havia solicitado em outro momento e hoje pediu novamente pois a situação da estrutura da Sede está muito comprometida, a ponto de não ter como receber as pessoas atingidas pela Hanseníase e estendendo esse pedido de ajuda, Maria Antônia aproveitou também para que se caso o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, sentir a sensibilidade e puder ajudar nesta causa que assim o faça.

“Este é o momento de nos ajudarmos, pois além das dificuldades que estamos enfrentando por conta da pandemia, as necessidades não param de chegar. Hoje a sede dos nossos amigos que foram afetados pela hanseníase está impedida de recebe-los, eu mesma já ajudei  e ajudo sempre que posso, sempre estou lutando por essa causa, e o morhan obteve ajuda, mas não é o suficiente! Essa é uma situação que sempre vai se repetir e nós devemos dar o apoio necessitado. Sobre a reforma da sede, espero que o governador acate nossa indicação, pois essas pessoas já passaram por muitas dificuldades e merecem nosso respeito”, destacou a parlamentar.

Vale destacar que a deputada Maria Antônia no início de seu primeiro mandato, adotou a causa do MORHAN e desde então vem caminhando junto com este projeto, defendendo os interesses deste Movimento que visa ajudar as pessoas afetadas pela doença e sobretudo valorizar a história batalhadora dessas pessoas que tanto sofreram.

O MORHAN é uma entidade sem fins lucrativos e por este motivo precisa da ajuda dos Poderes públicos das mais diferentes esferas. Suas atividades são voltadas para a eliminação da Hanseníase, através de atividades de conscientização e foco na construção de políticas públicas eficazes para a população.

E veja também no Plantão 3 de julho noticias:

Veja o Vídeo Abaixo: O prefeito de Rio Branco Tião Bocalom, permitiu o uso de sprays de pimenta e cassetetes contra trabalhadores que cobravam seu direito, pois estão com o salário atrasado e o prefeito não paga a empresa responsável. Diz Garis

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.