O Senador Petecão que ataca jornalista, deveria se envergonhar de dizer que se humilhou por uma UTI para seu assessor que morreu de Covid-19, ao mesmo tempo que faz vista grossa para a negligencia que comete em não cobrar de Bolsonaro ação de socorro ao seu estado.

O senador Sérgio Petecão tem todo direito de externar sua dor pela perca de dois assessores que foram vítimas da Covid-19, mas não pode esquecer que esse caos na saúde local é fruto da negação de Bolsonaro, governo que ele apoia e deixa de fazer as cobranças devidas.

O Acre vive uma situação de lástima, percas e muita lamentações nas redes sociais, de pessoas anunciando a morte de amigos e familiares. O Drama vivenciado pelo senador Sérgio Petecão (PSD), que perdeu dois assessores para o vírus é de causar comoção, mas ele não pode fugir do equilíbrio e apontar alvo em Jornalistas, como fez com Assem Neto, do AcJornal.

Assem publicou uma informação de que um terceiro assessor, que por sinal é bastante conhecido; o Montana Jack estaria internado com covid, rapidamente ao saber que o mesmo estava se recuperando em casa, refez a matéria e pediu desculpas, mesmo assim recebeu ataques pejorativos do assessor e do próprio senador.

Coisas como mercenário, FDP foram alguns dos nomes recebido em um vídeo gravado pelo próprio Montana e parabenizado em mensagem de texto do senador para seu anão assessor. Respondendo aos ataques, Assem Neto gravou um áudio onde desafiou o senador a mostrar o seu esforço em ajudar a solucionar questões de mais urgência, como mais vacinas, leitos de UTI’s e médicos para o Acre.

Veja Abaixo Matéria Relacionada:

Senador de 4 milhões durante a pandemia: De 2011 a 2020, senador Petecão custou aos cofres públicos mais de 4 milhões de reais

 

Petecão ao atacar o Jornalista deveria se desculpar pela sua inércia diante do caos enfrentado, pois não abre a boca desde o início da Pandemia para cobrar a responsabilidade do presidente da República Jair Bolsonaro, que por sinal é bajulado pelos três representantes do Acre no senado.

Qual a cobrança que fez durante a vinda de Bolsonaro ao Acre no dia 24 de fevereiro? Nenhuma, fizeram uma festa diante de um cenário de guerra enfrentado pelos Acreanos, que choram a espera de uma resposta efetiva do governo desumano e criminoso de Jair Bolsonaro.

Seus assessores assim como outros mais de mil Acreanos, foram vítimas da covid-19, no País que tem um líder negando a doença e fazendo pouco esforço para comprar vacinas.

Da parte do 3 de Julho Notícias, nos solidarizamos com o jornalista Assem Neto e reafirmamos o compromisso da imprensa em noticiar os fatos e contribuir com a transparência, esta que falta em gabinetes e parte da gestão pública.

Quanto ao senador, esperamos que, depois dessas dolorosas percas, o mesmo mude sua postura e compreenda o papel de um senador de verdade.

Veja Abaixo Matéria Relacionada:

Pedido de mordaça: Terminou com fatos lamentáveis protagonizados pela senador Sérgio Petecão e a deputada Mara Rocha

E veja também no Plantão 3 de julho noticias:

Veja o Vídeo: Uma briga de estudantes que compareceram a uma Assembleia no bloco de Ciências Financeiras da Universidade Pública de El Alto (UPEA) terminou em tragédia. A partir de 17:00, o número de mortos subiu para sete, quatro homens e três mulheres, enquanto outros quatro estudantes universitários são hospitalizadas.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.