O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) apresentou nesta quarta-feira (3) um requerimento convidando o comandante do Corpo de Bombeiros do Acre, coronel Carlos Batista; o procurador-geral do Estado João Paulo Setti, e ao secretário de Planejamento e Gestão, Ricardo Brandão, para juntos discutir a respeito do aproveitamento do cadastro de reserva da Polícia Militar pelo Corpo de Bombeiros.

“A palavra do governador foi clara e objetiva, convocar todos. Foi clara e objetiva. Eu quero primeiro parabenizar o governador pelo anúncio da primeira convocação. Acho que a gente não pode ser intolerante nesta discussão.

A angústia desses jovens e tão grande, tão intensa, e é nesse ponto que apresentei ontem um anteprojeto de lei que entrega para a Assembleia e para o governador Gladson Cameli, compartilhei inclusive com o procurador-geral João Paulo Setti, que entrega o instrumento legal ao cumprimento da palavra do governador. Qual a proposta? É algo que não é novo, porque foi discutido na Comissão. Tratamos aqui de reposição de vagas”, explicou Edvaldo Magalhães ao deixar claro que as vagas a serem preenchidas tratam-se de reposição e não aumento do quadro.

Edvaldo citou que Corpo de Bombeiros e Polícia Militar são semelhantes as atribuições e estão “regidos pelo mesmo estatuto, tem a mesma carreira”. E acrescentou: “tem até termo de ajustamento de conduta que precisa ser ajustado ainda. Se não forem preenchidas essas vagas existentes, dois pelotões vão fechar por falta de efetivo. São muitas as vagas existentes lá no Corpo de Bombeiros. Se somar as vagas de reposição do Corpo de Bombeiros, você consegue convocar todo o quadro de reserva da Polícia Militar”, pontuou.

A reunião, que será no âmbito da Comissão de Serviço Público, ainda não tem data para acontecer. A partir de agora, caberá à Mesa deliberar sobre o requerimento.

Veja Abaixo Matéria Relacionada:

Veja com exclusividade: Perpétua Almeida e Edvaldo levam centenas de cestas básicas e água potável aos desabrigados do Acre

E veja também no Plantão 3 de julho noticias:

Veja o Vídeo: Uma briga de estudantes que compareceram a uma Assembleia no bloco de Ciências Financeiras da Universidade Pública de El Alto (UPEA) terminou em tragédia. A partir de 17:00, o número de mortos subiu para sete, quatro homens e três mulheres, enquanto outros quatro estudantes universitários são hospitalizadas.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.