A Polícia iniciou as investigações do fato. Por meio de comunicado, a UPEA compromete-se a custear as despesas médicas e de sepultamento das vítimas – Foto: APG

Na manhã de terça-feira, uma briga de estudantes que compareceram a uma Assembleia no bloco de Ciências Financeiras da Universidade Pública de El Alto (UPEA) terminou em tragédia. A partir de 17:00, o número de mortos subiu para sete, quatro homens e três mulheres, enquanto outros quatro estudantes universitários são hospitalizadas. As informações e do site El Deber.

A Força Especial de Combate ao Crime (Felcc) identificou os mortos e feridos. A seguir, compartilhamos as duas listas de vítimas:

Lista de feridos

1.- Limberth Lucana Arcaya, 21 anos, encontra-se internada no Hospital Norte.

2.- Iván Paredes Chambi, 20 anos, está internado no hospital de Cordes.

3.- Carla Quispe Valdez, 20 anos, está internada no hospital de Cordes.

4.- Ascencia Marisol Verástegui, 27 anos, está internada no hospital Cordes.

Lista de falecidos

1.- Raúl Cadena Choque, 21 anos, falecido na UPEA.

2.- Genius Estaban Mamani Justo, 21, morreu no hospital holandês.

3.- Saúl Yerko Mamani Sirpa, 23 anos, faleceu no hospital holandês.

4.- Dany César Jaño Rodrigo, 23 anos, faleceu no hospital holandês.

5.- Tânia Roque Choque, 22 anos, faleceu no Hospital Cordes

6.- Laila Suazo Machaca, 21 anos, faleceu na UPEA.

7.- Anahi Chipana Lifonso, 21 anos, faleceu na UPEA.

O que aconteceu? O momento da briga estudantil foi registrado pelas câmeras de segurança da universidade, cujos vídeos já estão em poder da Polícia. As imagens mostram entre outras coisas, a luta de dois jovens, um deles caiu ao solo, de 16,7 metros de altura, depois de a grade ceder devido ao tumulto causado pelo confronto entre as duas partes.

O comandante nacional da instituição verde oliva, Jhonny Aguilera, disse que a jovem será chamada a depor, assim como os restantes protagonistas da rixa, que já estão a ser identificados.

“Neste momento, entende-se que houve uma disputa em duas frentes, o que fez com que a liderança que convocou esta reunião ficasse no quinto andar”, disse Aguilera, em conferência de imprensa.

Três seguranças dessa universidade pública, localizada no município de El Alto, em La Paz, também serão convocados para prestar declarações.

Sete falecidos

Dos sete universitários que morreram, três morreram na hora após a queda, enquanto outros dois morreram antes do meio-dia, no hospital Boliviano Holandes. Posteriormente, o Felcc informou a morte de mais dois, que até agora já chegaram a sete.

O delegado da Polícia Nacional, Jhonny Aguilera, destacou que os corpos serão entregues diretamente às famílias das vítimas para “evitar os procedimentos que podem atrasar o sepultamento caso sejam levadas ao necrotério”.

Investigação

O diretor nacional da Força Especial de Combate ao Crime (Felcc), Alberto Aguilera, disse ao EL DEBER que investigadores daquela unidade policial já foram designados para o caso e encaminhados às instalações da UPEA para esclarecer este trágico incidente.

“Foi iniciada uma investigação ex officio e esperamos identificar os responsáveis ​​por este evento, onde havia um grande número de pessoas, o que é proibido pela pandemia do coronavírus”, explicou.

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de julho noticias:

Mais uma indústria abandona o Brasil: Sony fecha fábrica em Manaus no final deste mês

E veja também no Plantão 3 de julho noticias:

Veja o Vídeo: Padre Adauto Tavares da cidade de Guaramira fez um desabafo durante uma missa, onde afirmou que o presidente Bolsonaro era um imoral, irresponsável e genocida que tem prazer em matar. ” Em Israel, o 1º Ministro sai nas ruas com um megafone pedindo para o povo ficar em casa, e esse irresponsável sai nas ruas sem máscaras, aglomerando, faltando o respeito com as leis do Brasil, é um homem que não tem moral nenhuma”, disse Padre Adauto. Já o Padre Edson Adélio Tagliaferro da paróquia Nossa Senhora das Dores, em Artur Nogueira – SP, chegou a chamar o presidente de ‘bandido’ e orientou que eleitores dele deviam se confessar. O Padre Edson recebeu apoio nas redes sociais após sofrer ataques de apoiadores de Bolsonaro e ter sido ‘enquadrado’ pelo bispo responsável pela região. O vídeo viralizou nas redes sociais. 

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.