Assessoria – A Polícia Civil do Acre, por meio da Delegacia de Combate a Corrupção (Deccor) deflagrou a primeira fase da “Operação Fake Bois” e desmantelou um robusto esquema de fraude no sistema de emissão de guias e controle de rebanho bovino acreano.

Durante o cumprimento de mandado de prisão e de busca e apreensão, expedidos pela 2ª  Vara Criminal da Comarca de Rio Branco, foi possível prender uma pessoa e apreender vasto material documental e material em mídia digital que comprovaram a efetividade do investigado nos crimes de corrupção passiva, inserção de dados falsos no sistema e fraude contra administração pública.

A investigação policial teve inicio após a auditoria do Instituto de Defesa Animal e Florestal (Idaf) detectar irregularidades na emissão na Guia de Transporte de Animais (GTA), na inserção de dados falsos no sistema de controle do rebanho bovino do estado e no desaparecimento de multas emitidas pelo órgão.

Ao tomar conhecimento das informações repassadas pelo Instituto de Defesa Animal e Florestal (Idaf) sobre o cometimento das irregularidades, a Polícia Civil deu início ao processo investigativo e remontou os fatos ocorridos em 2018, ano em que se coletou maior número de infrações cometidas por um funcionário cedido pelo Fundepec para trabalhar no órgão desde 2012.

A fraude se consolidava quando a inserção de dados falsos era feita no sistema de controle de animais, o que possibilitava a emissão da GTA e que por sua vez, legalizava, em tese, o rebanho e seu efetivo transporte. Outra forma fraudulenta descoberta pela equipe de investigação é a de apagar do sistema de controle multas que eram aplicadas pelo órgão a infratores. O fato ocorria quando o próprio fraudador identificava e pendência de multa no sistema, realizava contato com a pessoa que foi multada e lhe cobrava propina para que ela fosse deletada do sistema, o que possibilitava a movimentação no sistema sem restrição.

O investigado, que era responsável pelo setor de alimentação de dados do órgão, foi demitido em 2020 pela prática criminosa e preso nesta sexta por força de ordem judicial. A ação criminosa gerou prejuízos à arrecadação de impostos e possibilitou o transporte de animais sem o devido controle sanitário e possível transporte de carga viva de origem duvidosa.

E veja também no Plantão 3 de julho noticias:

Veja o Vídeo: Após a repercussão negativa da PEC 186 que tem como proposta a desvinculação de recursos da educação e da saúde criada pelo senador Márcio Bittar para ser aplicado no auxílio emergencial e que gerou uma repercussão negativa, pois querem retirar recursos de classes que já não dispõe de uma grande quantidade de verba, mas sim só do garantido por lei.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.