Flagrante foi feito nessa quarta-feira (17) na BR-317, entre as cidades de Brasileia e Assis Brasil — Foto: Arquivo/Sejusp

Mais um homem de naturalidade peruana, suspeito de atuar como coiote no transporte de imigrantes de Brasil para o Peru, foi preso nessa quarta-feira (17) no interior do Acre. A prisão ocorreu na BR-317, entre as cidades de Brasileia e Assis Brasil, no interior do Acre. Do G1 Acre.

Com o suspeito ainda foram apreendidos mais de 15 mil dólares, outros mais de R$ 200 e 140 soles peruanos. O flagrante foi feito pelo Grupo Especial de Fronteiras (Gefron).

Durante abordagem, os policiais encontraram os valores e ao questionarem o suspeito, ele não apresentou nenhuma comprovação da origem do dinheiro. Segundo a polícia, a quantia soma cerca de R$ 80 mil em valores convertidos.

O homem teria chegado ao Acre em um voo vindo de São Paulo com outros vários imigrantes. Após o flagrante, o suspeito foi levado para a Polícia Federal, onde deve ser feita a perícia dos celulares e análise de documentos apreendidos.

“Esse dinheiro eram cédulas novas e sem qualquer registro, tanto do câmbio feito aqui no país, como também registro para a transposição da fronteira. O modus operandi foi o mesmo do primeiro caso, ele veio em um voo onde vários imigrantes chegaram do estado de São Paulo e não tem qualquer comprovação dessa origem lícita desse dinheiro. Ele tentaria atravessar de forma clandestina para o Peru”, afirmou o delegado Rêmulo Diniz, coordenador do Gefron.

Essa é a segunda prisão de suspeito de atuar como coite no interior do Acre em dois dias. Na quarta-feira (15), um homem também de nacionalidade peruana foi flagrado pela equipe do Gefron na BR-317.

Imigrantes na fronteira

Mais uma vez, o fluxo de imigrantes no Acre voltou a chamar atenção. Agora, devido à tensão registrada nos últimos dias na pequena cidade de Assis Brasil, que faz fronteira com o Peru. O município, que tem 7.534 habitantes, tem registrado um grande fluxo de imigrantes retidos porque o Peru fechou a fronteira e o grupo, que sai do Sudeste, Sul, Centro-Oeste e Sudoeste do país, não consegue deixar o Brasil.

No domingo (14), cerca de 400 imigrantes deixaram os abrigos que ocupavam em Assis Brasil e se concentraram na Ponte da Integração, na fronteira com o Peru. Os imigrantes tentavam deixar o país, mas foram barrados pelas autoridades peruanas.

Na terça-feira (16), os imigrantes enfrentaram a polícia peruana e invadiram a cidade de Iñapari, no lado peruano da fronteira. Depois de confronto, o grupo foi reunido pelos policiais peruanos e mandado de volta para Assis Brasil. Parte do grupo aceitou voltar para os abrigos cedidos pela prefeitura, mas alguns imigrantes seguem ocupando a Ponte da Integração.

Com homem, polícia encontrou mais de 15 mil dólares e outras notas estrangeiras — Foto: Arquivo/Sejusp

E veja também no Plantão 3 de julho noticias:

Veja o Vídeo Abaixo: Aconteceu há cinco horas de Assis Brasil, o desaparecimento de um indígena que teria ido se banhas nas águas do Rio Acre e desde então teria desaparecido, o Corpo de Bombeiros fez buscas durante dois dias e na manhã desta quarta-feira, o corpo foi encontrado boiando. De acordo com familiares a vítima estaria sob efeito de bebida alcóolica.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.