O cartão de crédito gerou as principais dívidas das famílias – 78%, na média de 2020 – Foto: Pixabay | ABr

Brasil 247 – O Banco Central informou que as dívidas bancárias bateram um recorde em novembro do ano passado ao atingir 51% da renda acumulada das famílias nos 12 meses anteriores. Foram levadas em consideração todas as dívidas com bancos, incluindo as de financiamento imobiliário. A marca mais alta tinha sida registrada em outubro de 2020, com 49,81% dos ganhos. A série histórica começou em janeiro de 2015. 

No primeiro mês de 2019, antes da pandemia, o indicador era de 45,19%. O menor percentual registrado desde o início do levantamento é o de janeiro de 2005 (18,42%), que marca o começo da série histórica. Os dados estatísticos foram publicados pelo jornal O Estado de S.Paulo.

De acordo com estudo feito pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a média de famílias endividadas no ano passado aumentou 2,8 pontos porcentuais, em comparação com 2019 (66,5%). 

O estudo da CNC também mostrou crescimento de 1,5 ponto porcentual na proporção de famílias com contas ou dívidas em atraso, alcançando 25,5%. 

O cartão de crédito gerou as principais dívidas das famílias – 78%, na média de 2020. O carnê (16,8%) e o financiamento de carro (10,7%) ficaram em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

E veja também no Plantão 3 de julho noticias:

Veja o Vídeo Abaixo: Ruslan Sena é um jovem cruzeirense, de 31 anos, que foi acometido pela Covid-19 duas vezes. De acordo com seu relato, na primeira vez em que contraiu a doença não desenvolveu o estado grave da doença, porém em janeiro deste ano após ser reinfectado, ele achou que não sobreviveria, porém Deus foi maior na vida dele e restabeleceu a saúde deste jovem que agora aguarda ansioso a chegada no novo bebê do casal.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no Plantão 3 de julho noticias:

Veja o Vídeo abaixo: O Transtorno é imenso. Centenas de haitianos fazem protesto na ponte da Integração em Assis Brasil tentando entrar no Peru, que se encontra com a Fronteira fechada. Segundo o Prefeito Jerry Correia, os mesmos já estão fazendo greve de fome. O Exército peruano fez barreira na ponte da Integração e ninguém atravessa.

E veja também no Plantão 3 de julho noticias:

Veja o Vídeo Abaixo: Em Rodrigues Alves, a comunidade Paraná dos Mouras, considerada a maior comunidade rural, pela quantidade de famílias e de maior produção, foi a 1ª a ser atingida pelo grande volume das águas do afluentes do rio, a comunidade fica localizada às margens do rio e por esse motivo acaba sendo um dos 1ª locais a serem atingidos. Outro município atingido pela cheia dos rios é Sena Madureira que vem enfrentando grandes problemas com relação ao volume das águas do rio Iaco que transbordou. Já no município de Tarauacá, o rio que leva o mesmo nome da cidade também transbordou e pelo menos dois bairros já foram atingidos.

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.