O deputado federal Alan Rick (DEM), juntamente com a bancada federal acreana, participou na manhã de terça-feira, 16, de uma reunião por videoconferência com o prefeito de Assis Brasil, Jerry Correia e o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. Também participaram do encontro o secretário de Segurança Pública do Acre, Paulo César, o chefe da Casa Civil do Estado, Flávio Pereira, o Embaixador do Brasil no Peru, Rodrigo Baena e o Embaixador Pedro da Costa. 

Na pauta, a grave crise social vivida no município devido o problema dos imigrantes que se aglomeravam na fronteira com o Peru. Após forçarem a passagem para país vizinho, cerca de 400 imigrantes de diversas nacionalidades, principalmente haitianos, se encontram agora na cidade peruana de Iñapari. 

A entrada forçada dos imigrantes no Peru trouxe preocupação ao parlamentar que acabou sugerindo ao governo federal o fortalecimento das fiscalizações na fronteira a fim de evitar que novos imigrantes ficam represados no município de Assis Brasil. 

“Propus também que o governo federal esteja presente na região de forma permanente até que as fronteiras sejam reabertas”, disse o deputado ao lembrar que a migração remonta há vários anos. “Os municípios acreanos da fronteira sempre receberam essas pessoas de passagem. O problema é que desde o início da pandemia e com o fechamento das fronteiras, esses imigrantes acabaram ficando retidos nas cidades, principalmente Assis Brasil, que tem que arcar com abrigo, alimentação e Saúde. O drama social é grave e precisamos buscar uma solução para esse problema”.  

O deputado pontuou ainda que solicitou ao governador Gladson o “reforço da equipe da Saúde e da Assistência Social. A pedido do prefeito um caminhão pipa também foi enviado para melhorar o abastecimento de água nos abrigos”. E acrescentou: “pedi à ministra Damares Alves da Mulher, Família e Direitos Humanos e ao Ministro da Cidadania João Roma, apoio financeiro para o município de Assis Brasil que deve continuar recebendo imigrantes, enquanto uma solução definitiva não seja encontrada”. 

Na oportunidade, o prefeito de Assis Brasil, Jerry Correia (PT) relatou o confronto dos imigrantes com a polícia peruana. “Tivemos um clima tenso nesta terça-feira, pois os imigrantes resolveram confrontar o policiamento peruano. Eles estavam armados com paus e pedras e conseguiram ingressar em Iñapari. É um momento dramático e a população está aflita. Nos preocupa ainda o fluxo de imigrantes que continuam chegando, mas acredito que nessa reunião conseguiremos resolver essa situação. Eles enfrentaram homens fortemente armados. A polícia literalmente recuou e essas pessoas entraram no país vizinho”, disse. 

O Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, por sua vez, pontuou que a travessia forçada dos imigrantes ao Peru dificulta bastante a interlocução com o governo Peruano. “Estou pedindo para minha equipe fazer uma interlocução junto com as Nações Unidas e com a OIM (Organização Internacional para Imigrações) para solucionar essa equação. Compartilho a angústia dos senhores”, finalizou.

E veja também no Plantão 3 de julho noticias:

Veja o Vídeo Abaixo: Ruslan Sena é um jovem cruzeirense, de 31 anos, que foi acometido pela Covid-19 duas vezes. De acordo com seu relato, na primeira vez em que contraiu a doença não desenvolveu o estado grave da doença, porém em janeiro deste ano após ser reinfectado, ele achou que não sobreviveria, porém Deus foi maior na vida dele e restabeleceu a saúde deste jovem que agora aguarda ansioso a chegada no novo bebê do casal.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no Plantão 3 de julho noticias:

Veja o Vídeo abaixo: O Transtorno é imenso. Centenas de haitianos fazem protesto na ponte da Integração em Assis Brasil tentando entrar no Peru, que se encontra com a Fronteira fechada. Segundo o Prefeito Jerry Correia, os mesmos já estão fazendo greve de fome. O Exército peruano fez barreira na ponte da Integração e ninguém atravessa.

E veja também no Plantão 3 de julho noticias:

Veja o Vídeo Abaixo: Em Rodrigues Alves, a comunidade Paraná dos Mouras, considerada a maior comunidade rural, pela quantidade de famílias e de maior produção, foi a 1ª a ser atingida pelo grande volume das águas do afluentes do rio, a comunidade fica localizada às margens do rio e por esse motivo acaba sendo um dos 1ª locais a serem atingidos. Outro município atingido pela cheia dos rios é Sena Madureira que vem enfrentando grandes problemas com relação ao volume das águas do rio Iaco que transbordou. Já no município de Tarauacá, o rio que leva o mesmo nome da cidade também transbordou e pelo menos dois bairros já foram atingidos.

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.