A eleição do capitão só foi viável por causa das Forças Armadas, particularmente do Exército – Foto: ABr

Brasil 247 – Ex-deputado federal e ex-presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), José Genoino avaliou na TV 247 a participação dos militares no governo Jair Bolsonaro. Segundo ele, “as Forças Armadas estão no aparelho de Estado e não estão dispostas a sair em 2022”.

De acordo com Genoino, o porão das Forças Armadas atuou para colocar o revanchismo no poder, com o mote de que “contra o PT e a esquerda tudo vale”. Para ele, é decisivo recolocar as Forças Armadas debaixo do poder civil e eliminar a ideia de “lei e ordem” e de tutela. 

“As forças democráticas têm uma tarefa gigantesca. O golpe de 2016, a prisão do Lula e a eleição manipulada produziram um novo modelo de regime político baseado em três elementos centrais: a tutela militar, o papel da mídia corporativa e os monopólios midiáticos e o sistema de Justiça, especificamente o lawfare, da criminalização da política”, analisou o político.

Segundo Genoino, a eleição de Jair Bolsonaro é parte de uma estratégia dos militares para retornarem ao poder sem a necessidade de um novo golpe, como o que ocorreu em 1964. “A eleição do capitão só foi viável por causa das Forças Armadas, particularmente do Exército. Aí há um matrimônio inseparável. Seu governo depende desta tutela. Isso vem da campanha de 2018, veja a intervenção no Rio de Janeiro, a campanha eleitoral, a maneira como se desenvolveu a campanha, a maneira como se montou o governo, e eu acho que ele representou a possibilidade dos militares voltarem ao exercício do poder sem a necessidade de uma interrupção abrupta do ponto de vista militar e político. Essa ideia de que vem um golpe, de que vem uma crise de natureza militar acho que é uma visão que não corresponde”, disse.

Veja o Vídeo:

E veja também no Plantão 3 de julho noticias:

Veja o Vídeo Abaixo: Ruslan Sena é um jovem cruzeirense, de 31 anos, que foi acometido pela Covid-19 duas vezes. De acordo com seu relato, na primeira vez em que contraiu a doença não desenvolveu o estado grave da doença, porém em janeiro deste ano após ser reinfectado, ele achou que não sobreviveria, porém Deus foi maior na vida dele e restabeleceu a saúde deste jovem que agora aguarda ansioso a chegada no novo bebê do casal.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no Plantão 3 de julho noticias:

Veja o Vídeo abaixo: O Transtorno é imenso. Centenas de haitianos fazem protesto na ponte da Integração em Assis Brasil tentando entrar no Peru, que se encontra com a Fronteira fechada. Segundo o Prefeito Jerry Correia, os mesmos já estão fazendo greve de fome. O Exército peruano fez barreira na ponte da Integração e ninguém atravessa.

E veja também no Plantão 3 de julho noticias:

Veja o Vídeo Abaixo: Em Rodrigues Alves, a comunidade Paraná dos Mouras, considerada a maior comunidade rural, pela quantidade de famílias e de maior produção, foi a 1ª a ser atingida pelo grande volume das águas do afluentes do rio, a comunidade fica localizada às margens do rio e por esse motivo acaba sendo um dos 1ª locais a serem atingidos. Outro município atingido pela cheia dos rios é Sena Madureira que vem enfrentando grandes problemas com relação ao volume das águas do rio Iaco que transbordou. Já no município de Tarauacá, o rio que leva o mesmo nome da cidade também transbordou e pelo menos dois bairros já foram atingidos.

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.