Bancários paralisam atividades nesta quarta-feira (10) contra reestruturação do Banco do Brasil — Foto: Arquivo/Seeb-AC

Os funcionários do Banco do Brasil paralisaram parcialmente por 24h os atendimentos nas agências do Acre, nesta quarta-feira (10), em protesto contra a reestruturação anunciada pelo banco que prevê o fechamento de agências e a demissão voluntária. Do G1 Acre.

O atendimento nesta quarta está parcial em todas as agências do Banco do Brasil no estado. Segundo o presidente do Sindicato dos Bancários do Acre, Eudo Raffael, a parte de atendimentos nos caixas não está funcionando.

O ato ocorre após a rede bancária anunciar, no dia 11 de janeiro, a abertura de dois Programas de Demissão Voluntária, com previsão de adesão de cerca de 5 mil funcionários. Também foi comunicado o fechamento de 361 unidades (112 agências, sete escritórios e 242 postos de atendimento) no primeiro semestre deste ano.

No Acre, são pelo menos quatro agências que devem ser fechadas com a reestruturação e outras duas transformadas em postos de atendimentos, segundo informou o sindicato.

Sobre a quantidade exata de unidades que devem ser afetadas com a medida no estado, a assessoria de comunicação do BB informou que os dados disponibilizados neste momento são apenas os nacionais. Já a superintendência do banco no Acre disse que as informações estão sendo repassadas apenas pela assessoria nacional e que, por isso, não se posicionaria.

No entanto, o presidente do sindicato informou que as seguintes agências vão passar por mudanças e fechamento: Agência da Avenida Ceará, em Rio Branco; da Catedral, em Cruzeiro do Sul; Assis Brasil e Bujari vão ser fechadas. A agência de Mâncio Lima vai deixar de ser agência e se tornar posto de atendimento, assim como a de Feijó.

Paralisação

Essa é a quarta manifestação feita pelos empregados do Banco do Brasil, de acordo com o presidente do sindicato. Segundo ele, desde a informação sobre a possível reestruturação, essa é a segunda paralização feita pelos bancários.

“Hoje paralisaram todos os caixas e escriturários no país inteiro, o que atingiu praticamente a totalidade das agências e dos setores do Banco do Brasil. A reivindicação é que o banco suspenda a reestruturação e chame os sindicatos para negociação. Nós tentamos uma negociação através do Ministério Público do Trabalho, mas, o Banco do Brasil e governo federal se recusaram a estabelecer uma mesa de negociação”, afirmou o sindicalista.

Programas de Demissão Voluntária

As chamadas modalidades de desligamento incentivado voluntário aos funcionários são as seguintes: Programa de Adequação de Quadros (PAQ), a fim de otimizar a distribuição da força de trabalho, equacionando as situações de vagas e excessos nas unidades do banco. Além da opção de desligamento, o PAQ incentiva movimentações laterais para unidades onde existam vagas.

Programa de Desligamento Extraordinário (PDE), disponível a todos os funcionários do BB que atenderem aos pré-requisitos e é específico para o incentivo ao desligamento, com limite de 5 mil adesões.

Os programas possuem regulamentos específicos que estabelecem as regras para adesão, que não foram especificados no fato relevante anunciado aos investidores.

O número final de adesões, assim como o impacto financeiro, serão informados ao mercado após o encerramento dos períodos de adesão, que ocorrerá até 5 de fevereiro, informa o banco.

Em ambos os programas, a adesão é voluntária e de caráter pessoal. Os incentivos variam de acordo com as condições estabelecidas por cada programa e pelas condições de cada funcionário.

Em julho de 2019, o Banco do Brasil anunciou um plano de desligamento incentivado para promover adequação nos quadros de funcionários, além de regularizar vagas e excessos em dependências e praças, otimizando a distribuição da força de trabalho nas unidades. Aderiram ao PDV 2.367 funcionários.

Em setembro de 2020, de acordo com último balanço de resultados, o Banco do Brasil tinha 92.106 funcionários, queda de 1,9% em relação a setembro de 2019 (93.872).

Fechamento de agências

O Banco do Brasil anunciou que a reorganização da rede de atendimento, incluindo o fechamento de unidades, deve trazer uma economia líquida anual estimada com despesas administrativas de R$ 353 milhões em 2021 e R$ 2,7 bilhões até 2025.

O objetivo do fechamento das unidades, segundo o banco, é trazer mais eficiência à rede de atendimento, propiciar recursos para abertura das unidades de atendimento especializado e melhorar a experiência do cliente.

O Banco do Brasil informa que manterá sua presença nos locais em que houve fechamento, seja com outras unidades próprias já existentes, em 221 municípios, ou com correspondentes bancários Mais BB nos demais.

Mudanças

As mudanças nas agências acontecem a partir de 22 de fevereiro, e os clientes dessas unidades serão informados por meio de SMS, aplicativo para celular, internet banking, terminais de autoatendimento, além de correspondências, e-mail marketing e cartazes nas agências.

A mudança de agência é automática. Os clientes não precisam fazer qualquer procedimento adicional e podem manter seus cartões e senhas para transações na nova agência, mesmo que haja alteração no número da conta.

O banco construiu um hotsite para esclarecer as medidas aos clientes. Em caso de dúvidas, poderão ser atendidos tanto via WhatsApp – (61) 4001-0001, assim como poderão entrar em contato com Central de Atendimento 0800 729 5291, de segunda a sexta-feira, das 8 às 20h.

Segundo o Banco do Brasil, a reorganização da rede de atendimento tem o objetivo de adequar ao novo perfil e comportamento dos clientes e abrange outros movimentos de revisão e redimensionamento nas diretorias, áreas de apoio e rede, privilegiando a especialização do atendimento e a ampliação da oferta de soluções digitais.

Programas de Demissão Voluntária prevê adesão de cerca de 5 mil funcionários — Foto: Anny Barbosa/G1

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo: Hospitais do Acre entraram para a lista dos hospitais com 100% de sua capacidade ocupada e sofrem drasticamente devido a grande quantidade de casos graves de pacientes com covid-19. De acordo com informações, 100% dos leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, Instituto de Traumatologia do Acre (INTO) e Hospital de urgência e Emergência de Rio Branco (Pronto Socorro) estão todos ocupados.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo: O município de Bujari originou-se no início de 1968/1969, por remanescentes indígenas que se integraram a sociedade ali instalada, com a construção da BR 364, trecho Rio Branco/Sena Madureira. Povoado elevado à categoria de Vila, em 1986. Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Bujari, pela Lei Estadual nº 1031, de 28 de abril de 1992, alterado pela Lei Estadual nº 1066, de 9 de dezembro de 1992, que o desmembrou de Rio Branco, assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Veja o Vídeo: 

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.