Assessoria – A Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) instalou durante sessão remota desta terça-feira (9) a Comissão Especial de Acompanhamento da Covid-19. A proposta de autoria do deputado Daniel Zen (PT) que foi aprovada em dezembro, autoriza o Poder Legislativo a acompanhar a execução de todas as ações da pandemia bem como a acompanhar a execução orçamentária e financeira das despesas com a pandemia, sobretudo do Programa Especial de Combate à Covid-19, aprovado pelos deputados estaduais.

O presidente do parlamento acreano, deputado Nicolau Júnior (Progressistas), frisou que a “comissão especial é mais um meio legal para que os parlamentares possam acompanhar de perto a execução das ações como a aquisição de vacinas, abertura de novos leitos, a aplicação dos recursos, entre outras medidas”.

A Comissão Especial de Acompanhamento funcionará enquanto os estados de emergência e/ou de calamidade pública, decretado pelas esferas governamentais, podendo o seu funcionamento ser prorrogado por até noventa dias deste limite para fins de conclusão dos trabalhos.

Os deputados nomeados para compor a comissão foram: Gerlen Diniz (Progressistas), Cadmiel Bonfim (PSDB), Roberto Duarte (MDB), Daniel Zen (PT), Neném Almeida (SD), José Bestene (Progressistas), Wendy Lima (PSL), Antônio Pedro (DEM), Meire Serafim (MDB), e Edvaldo Magalhães (PC do B).

A eleição para a escolha do presidente, vice-presidente e relator acontecerá nesta quarta-feira (10).

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo: Hospitais do Acre entraram para a lista dos hospitais com 100% de sua capacidade ocupada e sofrem drasticamente devido a grande quantidade de casos graves de pacientes com covid-19. De acordo com informações, 100% dos leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, Instituto de Traumatologia do Acre (INTO) e Hospital de urgência e Emergência de Rio Branco (Pronto Socorro) estão todos ocupados.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo: O município de Bujari originou-se no início de 1968/1969, por remanescentes indígenas que se integraram a sociedade ali instalada, com a construção da BR 364, trecho Rio Branco/Sena Madureira. Povoado elevado à categoria de Vila, em 1986. Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Bujari, pela Lei Estadual nº 1031, de 28 de abril de 1992, alterado pela Lei Estadual nº 1066, de 9 de dezembro de 1992, que o desmembrou de Rio Branco, assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Veja o Vídeo: 

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.