Assessoria – Visando zelar pelo uso dos recursos públicos, o deputado federal Jesus Sérgio (PDT) apresentou nesta terça-feira (09) uma emenda para a Medida Provisória (MP) 1026/2021, que dispõe sobre a aquisição de vacinas, insumos hospitalares e também sobre o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19. A emenda do parlamentar retira da MP trechos que abrem brechas e que facilitam o mau uso dos recursos públicos.

De acordo com a Medida Provisória 1026, o setor público pode antecipar o pagamento para as empresas prestadoras de serviços e ainda protege as empresas caso não cumpram os contratos, fato que incentiva o mau uso do dinheiro público.

“Temos o dever de zelar os recursos públicos, e por isso, apresentamos uma emenda que suprime desta MP trechos que facilitam a corrupção e o desvio do dinheiro público. Ano passado houve diversos casos de corrupção com os recursos que foram liberados para combater o novo coronavírus, então, queremos garantir que desta vez estes recursos serão usados em benefício do povo brasileiro”, afirmou Jesus Sérgio.

 

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo: Hospitais do Acre entraram para a lista dos hospitais com 100% de sua capacidade ocupada e sofrem drasticamente devido a grande quantidade de casos graves de pacientes com covid-19. De acordo com informações, 100% dos leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, Instituto de Traumatologia do Acre (INTO) e Hospital de urgência e Emergência de Rio Branco (Pronto Socorro) estão todos ocupados.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo: O município de Bujari originou-se no início de 1968/1969, por remanescentes indígenas que se integraram a sociedade ali instalada, com a construção da BR 364, trecho Rio Branco/Sena Madureira. Povoado elevado à categoria de Vila, em 1986. Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Bujari, pela Lei Estadual nº 1031, de 28 de abril de 1992, alterado pela Lei Estadual nº 1066, de 9 de dezembro de 1992, que o desmembrou de Rio Branco, assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Veja o Vídeo: 

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.