Segundo o dados do Portal de Transparência do Senado Federal, o mandato do senador Sérgio Petecão (PSD) custou aos contribuintes R$ 4.160.813,91 milhões reais, somados os valores dos recursos utilizados em sua atuação parlamentar de 2011 até 2020, ano que explodiu a pandemia do coronavírus no Brasil.

Os gastos totais de 2011 a 2020 incluem aluguel de imóveis para escritório político, aquisição de material de consumo, locomoção, hospedagem, alimentação e combustíveis, contratação de serviços de apoio ao parlamentar, divulgação da atividade parlamentar, passagens aéreas, aquáticas e terrestres nacionais  e serviços de Segurança Privada. Segundo a postagem do site, Tribuna do Acre

No Ano de 2020, o mandado do Senador Petecão custou pouco aos contribuintes. Os recursos utilizados pelo mandato do senador totalizaram R$ 204.898,90. Já o ano de 2014, os brasileiros gastaram mais com o mandato do senador Sérgio Peteção: R$ 466,253,38. 

Também, no primeiro ano de pandemia (2020) no Brasil, o senador Petecão gastou com locomoção, hospedagem, alimentação e combustíveis  R$ 42.001,73 reais. Com passagens aéreas, aquáticas e terrestres nacionais, foram gastos R$ 49.420, 96 reais. 

Petecão tem se destacado como um senador que mais manda emendas para a  construção de quadras sintéticas no Acre. 

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo: O prefeito da segunda maior cidade do Acre, Zequinha Lima, se pronunciou sobre o decreto com medidas mais rigorosas. O governador do Estado decretou o fechamento do comércio, igrejas, academias e outros. Segundo o Decreto 5.496, durante a Bandeira Vermelha.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: Um adolescente de apenas 11 anos foi resgatada acorrentado em um barril pela Polícia Militar, os militares foram surpreendidos com uma cena deplorável, tratava-se do garotinho acorrentado sem água e sem comida, apresentando subnutrição e desidratação. A polícia apurou que o garoto era mantido naquela situação há pelo menos 7 anos, quando foi adotado pela família. 

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.