Polícia cumpre 17 mandados de prisão contra foragidos da justiça no AC por crimes de violência contra a mulher — Foto: Tálita Sabrina/Rede Amazônica Acre

Uma operação da Polícia Civil que ocorre desde a segunda-feira (1º), em Rio Branco, resultou na prisão de 17 foragidos da justiça. Todos tinham mandados de prisão em aberto, a maioria deles por crimes de violência contra a mulher. Com informações do G1 Acre.

A “Operação Era” ocorreu em conjunto com o Núcleo de Capturas (Necap) da Polícia Civil e o Grupo de Recapturas (Recap) do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC). O balanço da operação foi apresentado nesta quinta-feira (4).

“O Necap com o Recap do Iapen juntos para a captura de foragidos da justiça, todos com mandados de prisão, principalmente em relação a crimes de violência doméstica, daí o nome da operação se chamar Era – que era a deusa protetora das mulheres – e no decorrer dos cumprimentos de mandados também contra traficantes de drogas, contra latrocidas”, disse o delegado Martin Hessel.

O delegado disse que a parceria facilita o trabalho e que as ações das especializadas devem continuar ocorrendo.

“Estas ações estão se intensificando a partir do mês de janeiro com os nossos grupos especializados nesse tipo de atividade. A gente já está com esse objetivo e durante esse início de ano, como outras operações nas especializadas e também no interior onde tivemos um incremento de pessoal com o chamamento do pessoal aprovado no concurso”, acrescentou Hessel.

Entre os casos das prisões está o caso de um latrocínio que ocorreu em 2001, quando três pessoas foram assaltar um comércio e uma pessoa foi morta. O acusado foi preso, ele tem uma condenação de 20 anos pela morte da vítima e mais nove por tráfico de drogas.

“Teve casos específicos da operação também, onde o alvo queimava a mãe com baganas de cigarro. E outro alvo que espancava a mãe para ter proventos para usar entorpecente na rua”, explicou sobre os casos, a coordenadora de capturas da Polícia Civil, Kéa Virgília.

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo: O prefeito da segunda maior cidade do Acre, Zequinha Lima, se pronunciou sobre o decreto com medidas mais rigorosas. O governador do Estado decretou o fechamento do comércio, igrejas, academias e outros. Segundo o Decreto 5.496, durante a Bandeira Vermelha estarão autorizados a funcionar estabelecimentos como supermercados, mercantis e congêneres; farmácias; clínicas médicas, psicológicas, odontológicas e veterinárias; espaços de fisioterapia; laboratórios; óticas; oficinas mecânicas no geral; bancos; hotéis; funerárias; postos de combustíveis; lojas de materiais de construção; indústria em geral com atendimento ao público mediante agendamento; além empresas de alimentos, medicamentos, águas, gás, produtos de limpeza, higiene e de EPIs.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: Um adolescente de apenas 11 anos foi resgatada acorrentado em um barril pela Polícia Militar, os militares foram surpreendidos com uma cena deplorável, tratava-se do garotinho acorrentado sem água e sem comida, apresentando subnutrição e desidratação. A polícia apurou que o garoto era mantido naquela situação há pelo menos 7 anos, quando foi adotado pela família. 

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.