A Prefeitura de Brasileia iniciou, na terça-feira (02), a vacinação em idosos contra a Covid-19, seguindo o cronograma dos grupos prioritários.

Para a campanha, a Secretaria Municipal de Saúde definiu que o atendimento será feito, a princípio, nas residências dos idosos visando evitar a formação de filas, aglomerações e riscos à saúde do grupo de risco.

Nesse primeiro momento, Brasileia foi contemplado com 20 doses, onde foram vacinados os 20 idosos com mais idade do município. A vacinação ocorreu de maneira domiciliar e foi acompanhada pelo Secretário de Saúde, Joãozinho Melo.

“Neste primeiro momento, em virtude, do baixo quantitativo de vacinas, priorizamos os idosos acima de 80 anos, que estão em maior situação de vulnerabilidade. Todos serão atendidos, de maneira gradativa, e receberão uma equipe da secretaria de saúde em suas casas”, explicou o secretário de saúde do município, Joãozinho Melo.

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo: O prefeito da segunda maior cidade do Acre, Zequinha Lima, se pronunciou sobre o decreto com medidas mais rigorosas. O governador do Estado decretou o fechamento do comércio, igrejas, academias e outros. Segundo o Decreto 5.496, durante a Bandeira Vermelha estarão autorizados a funcionar estabelecimentos como supermercados, mercantis e congêneres; farmácias; clínicas médicas, psicológicas, odontológicas e veterinárias; espaços de fisioterapia; laboratórios; óticas; oficinas mecânicas no geral; bancos; hotéis; funerárias; postos de combustíveis; lojas de materiais de construção; indústria em geral com atendimento ao público mediante agendamento; além empresas de alimentos, medicamentos, águas, gás, produtos de limpeza, higiene e de EPIs.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: Um adolescente de apenas 11 anos foi resgatada acorrentado em um barril pela Polícia Militar, os militares foram surpreendidos com uma cena deplorável, tratava-se do garotinho acorrentado sem água e sem comida, apresentando subnutrição e desidratação. A polícia apurou que o garoto era mantido naquela situação há pelo menos 7 anos, quando foi adotado pela família. 

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.