Droga estava escondida dentro de uma mochila — Foto: Asscom PRF

Um casal foi preso, na tarde dessa segunda-feira (1º), no quilômetro 123 da BR-317, em Capixaba, no interior do Acre, com pelo menos 15 quilos de cocaína. A droga estava escondida dentro de um mochila que era transportada no banco de trás do carro, no qual os dois seguiam em direção à capital acreana, Rio Branco. com informações do G1 Acre.

A apreensão ocorreu durante fiscalização de rotina da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que abordou o casal e ao fazer perguntas, eles levantaram suspeitas ao darem respostas desconexas.

Com a suspeita, os agentes fizeram buscas no veículo, quando encontraram a mochila e desconfiaram do peso, e quando o policial abriu, encontrou pelo menos 15 pacotes embalados da droga, segundo informou a PRF.

Após o flagrante, o casal e a droga apreendida foram levados para a superintendência da Polícia Federal, em Rio Branco, onde foram feitos os procedimentos cabíveis.

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo: O prefeito da segunda maior cidade do Acre, Zequinha Lima, se pronunciou sobre o decreto com medidas mais rigorosas. O governador do Estado decretou o fechamento do comércio, igrejas, academias e outros. Segundo o Decreto 5.496, durante a Bandeira Vermelha estarão autorizados a funcionar estabelecimentos como supermercados, mercantis e congêneres; farmácias; clínicas médicas, psicológicas, odontológicas e veterinárias; espaços de fisioterapia; laboratórios; óticas; oficinas mecânicas no geral; bancos; hotéis; funerárias; postos de combustíveis; lojas de materiais de construção; indústria em geral com atendimento ao público mediante agendamento; além empresas de alimentos, medicamentos, águas, gás, produtos de limpeza, higiene e de EPIs.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: Um adolescente de apenas 11 anos foi resgatada acorrentado em um barril pela Polícia Militar, os militares foram surpreendidos com uma cena deplorável, tratava-se do garotinho acorrentado sem água e sem comida, apresentando subnutrição e desidratação. A polícia apurou que o garoto era mantido naquela situação há pelo menos 7 anos, quando foi adotado pela família. 

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.