Sempre em defesa do serviço público e dos acreanos, o deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) disse que o governador Gladson Cameli tem a obrigação “política e moral” de convocar os aprovados no cadastro de reserva do concurso da Polícia Militar. Cameli voltou a tocar no assunto hoje (1º) durante a leitura governamental. Nesse sentido, o parlamentar frisou que não há impedimentos para que as convocações não ocorram neste mês de fevereiro.

Edvaldo frisou que o discurso do governo do Estado em dezembro, de que só poderia convocar os candidatos, caso aprovasse a nova reforma administrativa, caiu por terra quando Cameli vetou na íntegra a lei aprovada pela Aleac instituindo a nova reforma nos moldes enviados pela Casa Civil.

“O governo tem a obrigação política e moral com esses quase 500 jovens. Não existe nenhum impedimento por parte da Lei de Responsabilidade Fiscal”, disse Edvaldo Magalhães ao frisar que a Aleac foi acusada indevidamente.

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: Um adolescente de apenas 11 anos foi resgatada acorrentado em um barril pela Polícia Militar, os militares foram surpreendidos com uma cena deplorável, tratava-se do garotinho acorrentado sem água e sem comida, apresentando subnutrição e desidratação. A polícia apurou que o garoto era mantido naquela situação há pelo menos 7 anos, quando foi adotado pela família. 

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.