Jair Bolsonaro, ex-presidente Lula, Fernando Haddad, Luiz Henrique Mandetta, Sérgio Moro e Ciro Gomes – Foto: Divulgação

Brasil 247 – Jair Bolsonaro perderia contra quatro possíveis candidato a presidente da República em um eventual segundo turno em 2022, revela pesquisa do instituto Atlas Político divulgado nesta sexta-feira (29). 

Numa disputa contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o petista venceria por 40,9% a 37,8%, e 21,3% votariam em branco/nulo ou não souberam responder. A pesquisa foi publicada pelo site O Antagonista

Bolsonaro perderia também para o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, do PT (42% x 38%). Neste cenário, 20,0% seriam nulos, brancos ou não saberiam responder.

Na disputa contra Ciro Gomes (PDT-CE), o ex-ministro ganharia por 41,1% a 38,9% – 20,0% seria o percentual referente a branco/nulo/não soube responder.

No confronto contra Sérgio Moro, o ex-juiz venceria por 34,0% x 33,6%, e 32,4% seriam brancos, nulos ou não saberiam responder.

Na disputa contra Luiz Henrique Mandetta, o ex-ministro da Saúde de Bolsonaro venceria por 39,9% a 39,6% (20,5% de branco/nulo/não soube responder).

De acordo com a pesquisa, Bolsonaro sairia vencedor contra a ex-ministra Marina Silva (Rede-AC) por 37,1% x 34,8%, e 28,1% seriam referentes a branco/nulo/não soube responder.

Bolsonaro também teria uma vitória contra o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa por 36,1% a 32,2% e 31,7% não dariam seus votos ou não souberam responder. 

Os dados mostraram que Bolsonaro venceria o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), por 39,3% x 34,3%. Neste caso, 26,4% não saberiam responder ou votariam em branco.

No confronto contra Luciano Huck, Bolsonaro venceria o apresentador por 39,4% x 34,1% – 26,5% seria um percentual referente a branco/nulo/não soube responder.

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: Boa parte das autoridades acreanas estão se manifestando apenas a respeito do Coronavírus, o que é de extrema importância, porém há uma outra ameaça à vida dos acreanos que é a dengue, onde o número de casos chega a ser assustador e infelizmente até óbito foi registrado. Dengue Trata-se de uma doença infecciosa causada por um vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. Ela não tem tratamento específico, causa sintomas como febre alta e dores no corpo e pode até matar. Sua incidência aumenta no verão, em dias quentes e úmidos.

Acompanhe nossas redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: Apesar do decreto do governo do estado com relação ao toque de recolher, as pessoas estão se adaptando às mudanças. Só devemos ter cuidado com as fake news para não tomarmos atitudes desnecessárias, devemos sempre nos cuidar contra a covid-19. A covid-19 é uma doença causada pelo coronavírus, denominado SARS-CoV-2, que apresenta um espectro clínico variando de infecções assintomáticas a quadros graves.

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro, e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro, e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro, e compartilhe.