Imagens de câmeras de segurança flagraram momento em que criminosa sai do asilo com uma TV — Foto: Reprodução/Polícia Civil do Acre

A Polícia Civil concluiu o inquérito sobre o roubo e invasão no Lar Vicentino, em Rio Branco, que ocorreu em novembro do ano passado e terminou com uma idosa ferida. Quatro pessoas foram indiciadas pelo crime. Dentre eles, dois vão responder por de receptação. Com informações do G1 Acre.

Em dezembro, o Ministério da Justiça e Segurança Pública deflagraram a ‘Operação Vetus’, uma ação com o objetivo de combater a violência contra a pessoa idosa nos 26 estados e no Distrito Federal.

Na época, a Delegacia de Atendimento ao Idoso do Acre destacou que dentre os casos investigados estava de um roubo ocorrido no Lar Vicentino no dia 29 de novembro. Dois criminosos entraram no asilo pela parte da noite e roubaram televisão, ar-condicionado e demais objetos.

Além disso, a dupla ainda agrediu fisicamente uma pessoa idosa deficiente, que estava acamada, causando vários hematomas na vítima.

O titular da Delegacia do Idoso, delegado Samuel Mendes, explicou que alguns dos investigados já estão presos por outros crimes, sendo que um deles foi capturado em Senador Guiomard, no interior do estado. Já as duas pessoas que compraram os produtos roubados respondem em liberdade.

“Ocorreram vários roubos e assaltos ali. Em um deles, agrediram com socos e murros uma idosa que encontrou. Dois foram autores do roubo e furto e as outras duas compraram uma TV e um aparelho de ar-condicionado”, complementou.

Mendes falou que as equipes cumpriram os mandados de prisão na semana passada. A polícia já conseguiu recuperar os materiais e foram restituídos para o asilo. O delegado relembrou que comprar produtos roubados ou furtados é crime.

“Você encontra uma pessoa que, visivelmente, é um morador de rua e não tem emprego, que está carregando uma TV e oferece pelo preço de R$ 20 ou R$ 30, muito inferior à realidade. Ali é um produto de roubo e furto. O procedimento certo é chamar a polícia, denunciar”, aconselhou.

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: Boa parte das autoridades acreanas estão se manifestando apenas a respeito do Coronavírus, o que é de extrema importância, porém há uma outra ameaça à vida dos acreanos que é a dengue, onde o número de casos chega a ser assustador e infelizmente até óbito foi registrado. Dengue Trata-se de uma doença infecciosa causada por um vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. Ela não tem tratamento específico, causa sintomas como febre alta e dores no corpo e pode até matar. Sua incidência aumenta no verão, em dias quentes e úmidos.

Acompanhe nossas redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: Apesar do decreto do governo do estado com relação ao toque de recolher, as pessoas estão se adaptando às mudanças. Só devemos ter cuidado com as fake news para não tomarmos atitudes desnecessárias, devemos sempre nos cuidar contra a covid-19. A covid-19 é uma doença causada pelo coronavírus, denominado SARS-CoV-2, que apresenta um espectro clínico variando de infecções assintomáticas a quadros graves.

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.