Projeto apresentado tem o objetivo de atrair chineses para a possível compra e investimentos na ZPE do Acre – Foto: Diego Gurgel

Assessoria – Em reunião com o Instituto Sociocultural Brasil-China (Ibrachina) nesta quarta-feira, 27, em São Paulo, o titular da Secretaria de Ciência e Tecnologia (Seict), Anderson Abreu; o procurador-geral do Estado do Acre, João Paulo Setti; o secretário de Estado de Saúde, Alysson Bestene; e o presidente da Ordem dos Advogados do Acre, Erick Venâncio, apresentaram um projeto com objetivo de atrair investidores chineses para a possível compra e negociações na Zona de Processamento de Exportação (ZPE) do Acre.

O Ibrachina é dedicado a promover a integração entre as culturas e os povos do Brasil, da China e de outros países que falam português. Atua na realização de palestras, workshops, intercâmbios, atividades e eventos culturais buscando preservar e divulgar a cultura chinesa, em suas várias formas de expressão. Assim, por meio do Ibrachina, representantes do Acre identificaram uma boa oportunidade para apresentar o negócio.

O secretário Anderson Abreu disse estar otimista com as projeções, tendo em vista que em audiência no dia 13 de janeiro, com o Ministério da Economia, o governador Gladson Cameli recebeu sinal verde para prosseguir com medidas para a venda da ZPE. O Estado aguarda a publicação oficial do ministério, para que possa lançar edital para a venda do empreendimento. Abreu lembrou ainda que a Indústria de Peixes da Amazônia é outro produto acreano que o Estado coloca à disposição para parcerias.

Valorizamos muito a contribuição dos chineses no Brasil, por isso, estamos aqui para pedir apoio, pois precisamos gerar emprego e renda no Acre. Estamos prontos para executar a venda da ZPE. Temos um diferencial grande, que é uma localização próxima ao Peru e Bolívia, algo que facilita muito a logística, tanto na ida quanto na vinda de produtos. E, além desses países, queremos poder levar nossos produtos para a China e trazer mais produtos chineses ao Brasil. O Acre deseja alavancar o comércio exterior. Por todas essas facilidades que o Acre oferece, podemos conquistar os mercados asiáticos e europeus”, afirmou Abreu.

Thomas Law, que é presidente do Ibrachina, disse estar maravilhado com a possibilidade da geração de riquezas para o Acre por meio da ZPE: “Vamos organizar uma reunião com o setor do comércio chinês. E fazer uma apresentação para investidores. Tenho certeza que temos muito a crescer”.

O procurador-geral João Paulo Setti esclareceu que o modelo que foi criado para a ZPE é tradicional, somente de transformação de produtos, e isso não atraiu investidores ao Acre: “O governo Gladson Cameli precisa que alguém assuma a propriedade. Estamos em momento decisivo, trazendo ao Instituto várias possibilidades e conversas para nos ajudar a movimentar economicamente a região. O governo federal já sinalizou incentivos para que haja esse desenvolvimento na região por meio da ZPE e o governo do Estado também já abriu mão de boa parte dos impostos para facilitar as negociações. Temos tudo para dar certo”.

Anderson Abreu finalizou enfatizando que o Acre está de portas abertas para criar oportunidades.

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: Boa parte das autoridades acreanas estão se manifestando apenas a respeito do Coronavírus, o que é de extrema importância, porém há uma outra ameaça à vida dos acreanos que é a dengue, onde o número de casos chega a ser assustador e infelizmente até óbito foi registrado. Dengue Trata-se de uma doença infecciosa causada por um vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. Ela não tem tratamento específico, causa sintomas como febre alta e dores no corpo e pode até matar. Sua incidência aumenta no verão, em dias quentes e úmidos.

Acompanhe nossas redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: Apesar do decreto do governo do estado com relação ao toque de recolher, as pessoas estão se adaptando às mudanças. Só devemos ter cuidado com as fake news para não tomarmos atitudes desnecessárias, devemos sempre nos cuidar contra a covid-19. A covid-19 é uma doença causada pelo coronavírus, denominado SARS-CoV-2, que apresenta um espectro clínico variando de infecções assintomáticas a quadros graves.

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro, e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro, e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro, e compartilhe.